Menu
2020-09-24T08:10:40-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
DECOLANDO

CVC começa a ver retomada do turismo no Brasil

Vendas totais alcançaram 35% nas últimas semanas de setembro, acima dos 8% registrados em junho

24 de setembro de 2020
8:10
CVC
Imagem: Divulgação

Uma das principais prejudicadas pela crise de covid-19, a operadora de turismo CVC informou na quarta-feira à noite (23) que está observando uma retomada das viagens dentro do país, com aumento no número de reservas e de orçamentos solicitados pelos clientes.

Após as vendas ficarem próximas a zero entre abril e junho, com a pandemia forçando o fechamento de hotéis e cancelamento de voos, a empresa começou a registrar um aumento consistente das reservas desde o início de julho. Na primeira quinzena de setembro, as reservas atingiram 40% do valor do mesmo período de 2019.

De acordo com a CVC, enquanto as vendas totais em junho representaram somente 8% do volume reservado na comparação com o mesmo mês de 2019, em setembro, até a última semana, elas alcançaram 35%.

O maior crescimento foi visto na parte de lazer doméstico, com as reservas chegando a 45% do valor em relação à primeira quinzena do ano passado. A CVC disse que os orçamentos solicitados pelos clientes do segmento atingiram nas últimas semanas deste mês 85% do volume do mesmo período do ano anterior.

Ela informou ainda que 80% dos hotéis parceiros no Brasil estão reabertos. Considerando as reservas realizadas em setembro, a CVC atingiu um volume de 85% das diárias reservadas em 2019. Ainda assim, a empresa ampliou as opções de aluguéis de casas em regiões turísticas ou com baixa oferta hoteleira.

“A companhia está preparada para a retomada integral de suas operações, com 1.200 lojas abertas nesta data e equipes trabalhando remotamente”, diz trecho do comunicado.

Já os destinos internacionais apresentam recuperação mais lenta, porque a maioria dos países ainda não está permitindo a entrada de brasileiros.

Mesmo com os sinais de retomada, a expectativa é de que a situação volte à normalidade apenas em 2023, segundo o CEO da CVC, Leonel Andrade.

Finanças

A CVC comentou ainda sobre a sua situação financeira, informando que tem implementado com sucesso ações de redução de custos, de eficiência operacional e de proteção de caixa.

Com isto, de acordo com a empresa, os gastos recorrentes, que incluem itens como folha de pagamento, impostos e investimentos, foram de R$ 52 milhões por mês no segundo trimestre. A posição de caixa e equivalentes apurada nesta terça-feira (22) era de aproximadamente R$ 1,5 bilhão.

Sobre o endividamento, que é da ordem de R$ 2 bilhões, cerca de R$ 600 milhões vencem em novembro. A CVC informou que está avaliando alternativas de captação ou rolagem desse valor.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

pacote comercial

Brasil e EUA assinam acordo para facilitar comércio e desburocratizar regulação

O Acordo de Comércio e Cooperação Econômica vinha sendo negociado pelos dois países desde 2011, mas estava em hibernação até a eleição do presidente Jair Bolsonaro

Relatório de produção

Vale: Produção de minério vai a 88,676 milhões/toneladas, alta anual de 2,3%

No relatório que divulgou nesta segunda-feira, 19, a companhia informa que está evoluindo com seu plano de estabilização e entregou uma forte produção de minério de ferro no terceiro trimestre.

Buscando eficiência

Infraestrutura anuncia início do plano de incorporação da Valec e EPL

Segundo a pasta, um dos principais objetivos da incorporação é “otimizar os gastos por meio de uma empresa mais enxuta, eficiente e sustentável”.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Segurando o teto

Hoje foi dia de descolamento entre o Ibovespa e as bolsas americanas novamente. E tudo por causa dos impasses que vêm pesando sobre as perspectivas dos investidores nos últimos tempos. Mas desta vez o jogo virou. Foi a bolsa brasileira que se saiu bem, enquanto as bolsas americanas amargaram perdas. Lá fora, o vaivém das […]

Agora vai?

Agora é oficial: CSN entra com pedido de IPO da unidade de mineração

A abertura de capital da unidade da CSN que inclui a mina Casa de Pedra é aguardada há pelo menos uma década, a ponto de ganhar status de lenda urbana no mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies