Menu
2020-04-01T22:16:38-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
vale a pena?

Por coronavírus, Credit Suisse derruba estimativa para ação da Ambev

Instituição estima que os papéis da companhia podem se valorizar 15,54% em 12 meses, a R$ 14,50, mas projeção anterior era de R$ 22

31 de março de 2020
12:20 - atualizado às 22:16
ambev
Imagem: Shutterstock

A gigante de produção de bebidas Ambev deve ser impactada pela pandemia do novo coronavírus e um maior custo de capital. A avaliação é dos analistas do Credit Suisse, que rebaixaram a recomendação para a ação da empresa de compra para neutra.

Os especialistas do banco norte-americano estimam que os papéis da companhia podem se valorizar 15,54% em 12 meses, a R$ 14,50 - a estimativa anterior era de R$ 22. Nesta terça-feira (31), as ações da empresa eram negociadas a R$ 12,20 na bolsa brasileira.

A instituição cortou a projeção para o ganho por ação da Ambev em 28% - deve ser de R$ 0,62 em 2020 e R$ 0,70 no ano seguinte. A mudança na estimativa, diz o Credit Suisse, foi feita após incorporar a recente queda nas vendas e a maior pressão no custo em decorrência da desvalorização cambial.

Segundo a analista Marcella Recchia, o entendimento do banco é de que os impactos da venda de cerveja na China atingirão o pico no primeiro trimestre deste ano, numa baixa de até 80%. A melhora deve ser vista nos períodos seguintes: queda de até 40% no segundo trimestre e uma possível alta na segunda metade do ano.

"Esperamos que o mercado brasileiro de cerveja tenha uma tendência amplamente alinhada com a da China, com um trimestre de atraso", diz Recchia. "Com 55% das vendas de cerveja da AmBev no Brasil provenientes do comércio, estimamos que volume, venda e Ebitda para 2020 caiam 10,2%, 8,8% e 14,4%, respectivamente".

A análise do Credit Suisse ainda inclui, para 2021, a perspectiva de fechamento de pequenos comércios, continuidade da desvalorização do real e a deterioração do cenário macroeconômico no Brasil.

"A médio e longo prazo ainda vemos o estoque como atrativo após a recente volatilidade do mercado, com sólida posição de caixa líquida de R$ 8,9 bilhões em 2019 e cerca de 5% em rendimento médio de dividendos pelos próximos três anos".

A Ambev teve lucro de R$ 4,6 bilhões no quarto trimestre de 2019, pelo critério ajustado - que desconsidera os chamados eventos extraordinários. Foi uma alta de 24,4%. O lucro líquido no ano subiu 8,5%, alcançando R$ 12,549 bilhões.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Tudo normal?

Maioria das empresas está otimista para vendas na Black Friday, diz Boa Vista

Cerca de 66% das empresas acreditam que as vendas da Black Friday em 2020 serão iguais ou superiores às de 2019.

DINHEIRO NO BOLSO

BB Investimentos muda carteira de dividendos após resultados do 3º trimestre

Analistas avaliam que retomada da economia fomenta a expectativa de melhores resultados, resultando no maior pagamento de proventos

homem negro espancado

Carrefour tomba 6% e lidera quedas do Ibovespa após protestos e pedidos de boicote pela morte de João Alberto de Freitas

Homem negro foi assassinado por dois seguranças de um estabelecimento da rede de supermercados em Porto Alegre. Ato gerou pedidos de boicotes por artistas e usuários de redes sociais, além de manifestações em frente e dentro de lojas do Carrefour

SANGUE FRIO E CAPACITADO

‘Pessoa física deu show este ano’, diz presidente da B3

Investidor pessoa física aproveitou baixa do mercado e se posicionou para alta, enquanto institucionais e estrangeiros saíam do mercado, diz Finkelsztain

raio-x do setor

Lançamentos de imóveis no país caem no 3º tri, diz CBIC; vendas sobem

O estoque de imóveis disponíveis para venda chegou a 173.601 unidades em setembro, corte de 13% em relação ao mesmo período do ano passado.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies