Menu
2020-04-01T22:16:38-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Jornalista formado pela UFPR. Fez parte da oitava turma de treinamento em jornalismo econômico do Estadão.
vale a pena?

Por coronavírus, Credit Suisse derruba estimativa para ação da Ambev

Instituição estima que os papéis da companhia podem se valorizar 15,54% em 12 meses, a R$ 14,50, mas projeção anterior era de R$ 22

31 de março de 2020
12:20 - atualizado às 22:16
ambev
Imagem: Shutterstock

A gigante de produção de bebidas Ambev deve ser impactada pela pandemia do novo coronavírus e um maior custo de capital. A avaliação é dos analistas do Credit Suisse, que rebaixaram a recomendação para a ação da empresa de compra para neutra.

Os especialistas do banco norte-americano estimam que os papéis da companhia podem se valorizar 15,54% em 12 meses, a R$ 14,50 - a estimativa anterior era de R$ 22. Nesta terça-feira (31), as ações da empresa eram negociadas a R$ 12,20 na bolsa brasileira.

A instituição cortou a projeção para o ganho por ação da Ambev em 28% - deve ser de R$ 0,62 em 2020 e R$ 0,70 no ano seguinte. A mudança na estimativa, diz o Credit Suisse, foi feita após incorporar a recente queda nas vendas e a maior pressão no custo em decorrência da desvalorização cambial.

Segundo a analista Marcella Recchia, o entendimento do banco é de que os impactos da venda de cerveja na China atingirão o pico no primeiro trimestre deste ano, numa baixa de até 80%. A melhora deve ser vista nos períodos seguintes: queda de até 40% no segundo trimestre e uma possível alta na segunda metade do ano.

"Esperamos que o mercado brasileiro de cerveja tenha uma tendência amplamente alinhada com a da China, com um trimestre de atraso", diz Recchia. "Com 55% das vendas de cerveja da AmBev no Brasil provenientes do comércio, estimamos que volume, venda e Ebitda para 2020 caiam 10,2%, 8,8% e 14,4%, respectivamente".

A análise do Credit Suisse ainda inclui, para 2021, a perspectiva de fechamento de pequenos comércios, continuidade da desvalorização do real e a deterioração do cenário macroeconômico no Brasil.

"A médio e longo prazo ainda vemos o estoque como atrativo após a recente volatilidade do mercado, com sólida posição de caixa líquida de R$ 8,9 bilhões em 2019 e cerca de 5% em rendimento médio de dividendos pelos próximos três anos".

A Ambev teve lucro de R$ 4,6 bilhões no quarto trimestre de 2019, pelo critério ajustado - que desconsidera os chamados eventos extraordinários. Foi uma alta de 24,4%. O lucro líquido no ano subiu 8,5%, alcançando R$ 12,549 bilhões.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

coronavírus no brasil

Brasil passa da marca de 1,5 milhão de casos confirmados de covid-19

Do total de infectados até o momento, 868.372 já se recuperaram

ministro da Economia

Presidente está determinado a seguir em frente com reformas, diz Guedes

Guedes voltou a traçar um prognóstico positivo para a recuperação da atividade econômica após o momento mais dramático dos efeitos da pandemia do novo coronavírus

seu dinheiro na sua noite

Aqui, ali, em qualquer lugar

Os protestos surgiram logo no primeiro dia da quarentena aqui em casa. O André, meu filho mais velho, reclamou de tédio, e não demorou até ganhar a adesão da Helena. A situação se acalmou depois que a escola adotou as aulas virtuais. Mas com as férias a partir desta semana já começo a temer por novas “manifestações”. […]

gigante estatal

Petrobras aguarda autorização da ANP para avançar com diesel vegetal

A Petrobras está em fase final de desenvolvimento da tecnologia que permitirá a produção de óleo diesel de origem vegetal em suas refinarias, afirmou o diretor de Relacionamento Institucional da estatal, Roberto Ardenghy

Semana positiva

Ibovespa sobe mais de 3% na semana e dólar cai a R$ 5,31; dados positivos se sobrepõem à cautela

Indicadores econômicos mais fortes no mundo, somados a novas injeções de recursos pelos BCs e governos, levaram o Ibovespa às máximas em quase um mês e permitiram um alívio no dólar à vista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements