Menu
2020-04-01T22:16:38-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
vale a pena?

Por coronavírus, Credit Suisse derruba estimativa para ação da Ambev

Instituição estima que os papéis da companhia podem se valorizar 15,54% em 12 meses, a R$ 14,50, mas projeção anterior era de R$ 22

31 de março de 2020
12:20 - atualizado às 22:16
ambev
Imagem: Shutterstock

A gigante de produção de bebidas Ambev deve ser impactada pela pandemia do novo coronavírus e um maior custo de capital. A avaliação é dos analistas do Credit Suisse, que rebaixaram a recomendação para a ação da empresa de compra para neutra.

Os especialistas do banco norte-americano estimam que os papéis da companhia podem se valorizar 15,54% em 12 meses, a R$ 14,50 - a estimativa anterior era de R$ 22. Nesta terça-feira (31), as ações da empresa eram negociadas a R$ 12,20 na bolsa brasileira.

A instituição cortou a projeção para o ganho por ação da Ambev em 28% - deve ser de R$ 0,62 em 2020 e R$ 0,70 no ano seguinte. A mudança na estimativa, diz o Credit Suisse, foi feita após incorporar a recente queda nas vendas e a maior pressão no custo em decorrência da desvalorização cambial.

Segundo a analista Marcella Recchia, o entendimento do banco é de que os impactos da venda de cerveja na China atingirão o pico no primeiro trimestre deste ano, numa baixa de até 80%. A melhora deve ser vista nos períodos seguintes: queda de até 40% no segundo trimestre e uma possível alta na segunda metade do ano.

"Esperamos que o mercado brasileiro de cerveja tenha uma tendência amplamente alinhada com a da China, com um trimestre de atraso", diz Recchia. "Com 55% das vendas de cerveja da AmBev no Brasil provenientes do comércio, estimamos que volume, venda e Ebitda para 2020 caiam 10,2%, 8,8% e 14,4%, respectivamente".

A análise do Credit Suisse ainda inclui, para 2021, a perspectiva de fechamento de pequenos comércios, continuidade da desvalorização do real e a deterioração do cenário macroeconômico no Brasil.

"A médio e longo prazo ainda vemos o estoque como atrativo após a recente volatilidade do mercado, com sólida posição de caixa líquida de R$ 8,9 bilhões em 2019 e cerca de 5% em rendimento médio de dividendos pelos próximos três anos".

A Ambev teve lucro de R$ 4,6 bilhões no quarto trimestre de 2019, pelo critério ajustado - que desconsidera os chamados eventos extraordinários. Foi uma alta de 24,4%. O lucro líquido no ano subiu 8,5%, alcançando R$ 12,549 bilhões.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

pandemia

Estudo aponta relação entre negacionismo de Bolsonaro e evolução da pandemia no Brasil

Segundo o levantamento, em cidades onde o presidente obteve mais de 50% dos votos no segundo turno das eleições de 2018, número de mortes foi 415% maior do que nos municípios onde ele perdeu o pleito

Insistência incomoda

Ex-presidente do BC Affonso Pastore acredita que ajuste parcial da Selic é insustentável

O economista defende o reconhecimento explícito de que a instituição perseguirá o ajuste integral da taxa básica de juros

Turbulência

Latam reduz prejuízo em 79% e anota perda de US$ 430,8 milhões no 1º trimestre

A receita operacional total da aérea foi de US$ 913,1 milhões no primeiro trimestre, queda de 61,2% sobre o mesmo período de 2020

Bitcoin popular

Goldman Sachs e Citibank anunciam novos investimentos em bitcoin

A ideia é tentar oferecer a maior variedade de serviços e evitar as oscilações, típicas e comuns no mundo das criptomoedas

Movimentação societária

CCR em disparada: por que a saída da Andrade Gutierrez do bloco de controle ajuda as ações?

As ações ON da CCR lideram os ganhos no Ibovespa após a Andrade Gutierrez receber proposta para a venda de sua fatia na companhia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies