Menu
2020-07-04T08:13:00-03:00
Estadão Conteúdo

Conselho da Cosan aprova reorganização societária com holding única

A partir da consolidação da nova estrutura, os acionistas da própria Cosan, da CZZ e da Cosan Log vão passar a deter ações da holding, que continuará sendo controlada pela Aguassanta, veículo de investimento da família de Rubens Ometto

4 de julho de 2020
8:12 - atualizado às 8:13
Usina da Cosan
Imagem: Divulgação

A Cosan anunciou nesta sexta-feira, 3, por meio de Fato Relevante, a aprovação de uma reorganização societária das empresas que fazem parte do grupo pelos respectivos conselhos de administração. Se aprovada pelos acionistas, a operação vai tornar a Cosan S.A. como holding única, incorporando a Cosan Limited (CZZ) e a Cosan Logística, controladora da Rumo.

A partir da consolidação da nova estrutura, os acionistas da própria Cosan, da CZZ e da Cosan Log vão passar a deter ações da holding, que continuará sendo controlada pela Aguassanta, veículo de investimento da família de Rubens Ometto.

Como parte da operação, a Cosan pretende emitir, para os titulares de papéis da CZZ, American Depositary Receipts (ADRs) listados na New York Stock Exchange (Nyse) ou ações negociadas na B3. Já os acionistas da Cosan Log receberão ações da Cosan S.A., que passará a ser controladora direta da Rumo Logística.

Segundo o documento, a operação só será concluída se o valor destinado ao direito de retirada dos acionistas da Cosan Log não prejudicar a estabilidade financeira do grupo, e será estabelecido um valor fixo máximo para este direito. Os acionistas da Cosan e da CZZ não terão direito de retirada.

A companhia afirma ainda que pretende preparar suas principais subsidiárias e controladas para uma eventual oferta pública inicial de ações (IPO). "A viabilidade e o momento das potenciais ofertas de cada companhia são diferentes e a efetiva listagem dependerá de inúmeras condições que poderão ser alheias à vontade de Cosan", explica.

Para viabilizar a incorporação, a Cosan vai constituir comitês especiais independentes para negociar a relação de troca com os acionistas da CZZ e da Cosan Log. No caso da Cosan e do braço de logística, os comitês serão formados por membros independentes. No caso da DZZ, o grupo terá maioria de conselheiros independentes da companhia. A projeção é de que a operação seja concluída em aproximadamente 180 dias.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Dificuldades À vista?

Deputados falam em reduzir medidas de ajuste fiscal do texto da PEC do auxílio

Embora defenda celeridade na análise da proposta, Albuquerque admite que o texto pode ser enxugado

escolha da CEO

Investir no Brasil: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come

Confira uma seleção de matérias feita pela CEO do Seu Dinheiro, Marina Gazzoni

Efeitos da pandemia

PEC do auxílio aprovada no Senado prevê abater R$ 100 bi da dívida pública

Pelos cálculos do governo, a necessidade de financiamento da dívida pública federal (DPF) neste ano é de R$ 1,469 trilhão, valor que aumentou por causa do maior volume de títulos de curto prazo que o governo precisou emitir para conseguir captar recursos

Resolvendo pendências

STF: Petrobras não precisa se sujeitar à Lei das Licitações

Nos últimos anos, a Suprema Corte tem dado decisões relativas a Petrobras que consideram o cenário de livre competição em que opera a estatal.

Pacote fiscal aguardado

EUA: Senado aprova extensão de aumento de auxílio-desemprego

A emenda prevê a extensão da duração dos benefícios federais a desempregados, mas reduz seu valor semanal, em comparação com o projeto de lei aprovado pela Câmara dos Representantes no sábado passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies