🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Malu Araujo
Malu Araujo
Estagiária na Empiricus Research, trabalha na empresa como redatora de Branded Content nos portais Seu Dinheiro e Money Times.
ROYALTIES MUSICAIS

Fundo que detém direitos de músicas de Beyoncé e Shakira anuncia venda de US$ 1,4 bilhão a investidor

A negociação será feita com apoio da Apollo Capital Management, parceira da Concord, gigante de private equity dos EUA

Malu Araujo
Malu Araujo
18 de abril de 2024
17:04
Direitos musicais
Imagem: Reprodução/ Divulgação

Que royalties musicais – pagamentos feitos aos detentores dos direitos autorais –  movimentam bilhões no mercado anualmente, disso ninguém duvida. Mas algumas empresas do ramo parecem não estar tão bem das “pernas” ultimamente.

A Hipgnosis Songs Fund, fundo que detém no catálogo músicas de nomes como Beyoncé e Shakira, anunciou nesta quinta-feira (18) que seu conselho recomendou a venda dos direitos musicais das divas do mundo pop, bem como de outros artistas, ao investidor Concord.

A empresa de investimento em propriedade intelectual musical, listada em Londres, comunicou que a venda está avaliada em US$ 1,4 bilhão. 

O anúncio fez as ações da Hipgnosis dispararem mais de 30% pela manhã na bolsa de Londres.

Fundo musical passa por problemas financeiros, venda de direitos musicais viria em 'boa hora'

Além de Beyoncé e Shakira, a Hipgnosis abocanhou os direitos musicais de outros artistas de destaque, como Red Hot Chili Peppers, Mark Ronson, Neil Young e Blondie. 

Mas, atualmente, a empresa se encontra até o “pescoço” em problemas nos seus relatórios financeiros, chegando a reportar um prejuízo operacional de cerca de 86,63 milhões de dólares.

A negociação da venda será feita com apoio da Apollo Capital Management, parceira da Concord, gigante de private equity dos EUA. 

De acordo com as empresas, os “criadores ligados aos direitos” se beneficiariam com o acordo. 

Além disso, ao que tudo indica, a venda será feita em uma boa hora, haja vista que a Hipgnosis afirmar está precisando de “mudanças financeiras e de governação substanciais para melhorar o seu desempenho financeiro”.

*Com informações da CNBC e The Standard

Compartilhe

HORA DE VENDER?

Rumo: por que o Goldman Sachs calcula um potencial de ganho menor para as ações RAIL3

17 de maio de 2024 - 16:19

O banco norte-americano reduziu o preço-alvo dos papéis de R$ 27 para R$ 24,50 — o que representa um potencial de valorização de 16,5% com relação ao último fechamento

CHAMA O VAR

Com mais de R$ 395 milhões em dívidas, Polishop pede recuperação judicial, mas bancões tentam reter valores

17 de maio de 2024 - 15:09

Além da recuperação judicial, a Polishop vem tentando se blindar dos credores financeiros por meio de cautela tutelar

COMPRAR OU VENDER?

A Positivo pode mais? As ações POSI3 já subiram 50% este ano e esse banco gringo conta para você se há espaço para mais

17 de maio de 2024 - 13:46

Os papéis da empresa sobem cerca de 5% nesta sexta-feira (17), embalados pela nova recomendação do UBS BB; confira se chegou o momento de colocar ou tirar esses ativos da carteira

INVESTIMENTOS

Seguro mais seguro: por que o JP Morgan elevou recomendação para IRB Re (IRBR3) mesmo com catástrofe no RS?

17 de maio de 2024 - 11:07

Nas contas do banco norte-americano, o IRB é a companhia de seguros mais exposta ao RS, podendo ter um impacto de 15% a até 30% nos lucros até o fim de 2024

PODE BEIJAR!

3R Petroleum (RRRP3) e Enauta (ENAT3) oficializam fusão e formam uma das maiores operadoras de petróleo do Brasil; ações sobem na B3

17 de maio de 2024 - 9:41

De acordo com os termos do acordo, a 3R irá incorporar a Enauta e deterá 53% da nova empresa resultante da fusão, enquanto os acionistas da segunda empresa ficarão com 47% do negócio

BATEU O MARTELO

Rede D’Or reforça imunidade financeira com venda de corretora de seguros por R$ 800 milhões

17 de maio de 2024 - 9:34

Antes disso, os especialistas do Itaú BBA haviam elevado a recomendação dos papéis de neutro para “outperform” — equivalente a compra

O AGRO NÃO É MAIS POP?

Ações da AgroGalaxy (AGXY3) tombam 16%, mas esse banco diz que é hora de comprar — e explica por quê

16 de maio de 2024 - 14:50

O Citi manteve a indicação de compra para os papéis da companhia, com preço-alvo para 12 meses de R$ 6 a ação — o que representa um potencial de valorização de 259,3% em relação ao último fechamento

ZUCKERBERG NA MIRA

Meta vira alvo de investigação na União Europeia sobre riscos à segurança infantil no Facebook e Instagram

16 de maio de 2024 - 14:07

A União Europeia suspeita que a Meta não vem fazendo o suficiente para proteger jovens e crianças, mas não é a primeira vez que dona do Facebook enfrenta investigações do tipo

PAGOU CARO?

CEO da Auren afirma que “não poderia ter transação melhor do que a aquisição da AES Brasil” — mas AURE3 cai forte na bolsa, enquanto AESB3 dispara

16 de maio de 2024 - 12:44

A Auren abocanhou na noite passada as operações AES no Brasil, em um acordo que dará origem à terceira maior empresa geradora de energia do país

DEPOIS DA TEMPESTADE

Quando Magda Chambriard assumirá o lugar de Prates? Conheça o cronograma da sucessão na Petrobras (PETR4)

16 de maio de 2024 - 10:11

A indicação precisa seguir os ritos estatutários da Petrobras até que seja apreciada pelo Conselho de Administração da companhia

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar