Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-08-18T17:43:09-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
mais um na disputa

Banco Inter lança campanha de plataforma de investimentos e mete a colher na briga com corretoras

Após embate entre XP e Itaú, o Banco Inter entra na disputa. Hoje, o Inter estreou uma campanha televisiva sobre a plataforma de investimentos da instituição

18 de agosto de 2020
17:43
Banco Inter - Cartão - Celular
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O Banco Inter estreou nesta terça-feira (18) uma campanha televisiva sobre a plataforma de investimentos da instituição — demonstrando que o banco quer participar da disputa entre bancos e corretoras, mais recentemente estrelada por XP e Itaú.

A ação tem por objetivo apresentar a plataforma do Inter, que oferece produtos próprios e de terceiros, e tem o mote "Simplifica, vem para o Inter!".

As peças publicitárias serão veiculadas durante 60 dias em TV aberta e fechada e também no ambiente online, além da divulgação pelo canal oficial no YouTube e nas redes sociais do Inter, disse o banco.

No segundo trimestre de 2020, a plataforma do Banco Inter atingiu a marca de 762 mil clientes ativos, chegando a 13% da base de clientes, com um crescimento anual de 179%. São 238 mil correntistas com ações custodiadas no período, aumento de 748% no ano, segundo o Inter.

Até o fim de 2020, a instituição diz prever um crescimento de mais 30% na base de clientes.

Apresentada pela jornalista Mari Palma, a campanha de 30 segundos destaca benefícios do banco, como cashback em fundos de investimentos e home broker gratuito, entre outros.

“Queremos falar a partir da visão do cliente e explicar os benefícios de investir numa plataforma completa, que reúne os melhores produtos próprios e de terceiros, sem qualquer tipo de conflito de interesses ou taxas escondidas”, diz o CEO João Vitor Menin.

Em junho, Itaú e XP protagonizaram uma disputa pública disparada por uma campanha do bancão criticando o modelo de remuneração dos agentes autônomos.

No dia seguinte, a XP respondeu dizendo que o Itaú perdia R$ 150 milhões todo dia em recursos de clientes que migram para a corretora e pontuou que "não seria difícil imaginar" o fim do Personnalité em três anos.

No mês passado, no entanto, a XP resolveu modificar o seu modelo e passou a exibir os valores das taxas cobradas.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Nova variante vira a mesa nos mercados, bitcoin entra em ‘bear market’ e outros destaques do dia

Se você já estava pronto para tirar o pó da sua fantasia de Carnaval, talvez seja melhor esperar mais um pouco. Além de algumas cidades brasileiras terem decidido adiar a festança por mais um ano, uma reviravolta no andamento da pandemia deixou mais uma vez o mundo em pânico. A variante B.1.1.529 (batizada de ômicron […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Nova cepa do coronavírus pega mercado de surpresa; Ibovespa recua quase 4% no dia e apaga ganhos da semana

Ao longo da semana, o Ibovespa também foi pressionado pela indefinição em torno da PEC dos precatórios e a pausa para o feriado nos Estados Unidos

DINHEIRO NO FIM DO ANO

Yduqs (YDUQ3) pagará R$ 141 milhões em dividendos; confira o valor por ação

A empresa do setor de educação pagará cerca de R$ 0,40 por ação ordinária e o dinheiro cairá na conta dos acionistas em 7 de dezembro

OMICRON

5 fatos sobre a nova variante do covid que derrubou os mercados nesta sexta

O anúncio de que uma nova variante do coronavírus surgiu na África do Sul fez com que os mercados internacionais desabassem; veja o que sabemos até agora

REALIDADE AUMENTADA

Metaverso é oportunidade de US$ 1 trilhão e tem criptomoedas com alta de mais de 28.000% no ano; Facebook e Adidas já apostam

Para a gestora Grayscale, anúncios publicitários, eventos digitais e o e-commerce serão responsáveis pelo rendimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies