Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-10-26T18:38:57-03:00
Rafael Lara
Rafael Lara
Estudante de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero de São Paulo. Trabalhou em empresas como: TV Gazeta, Suno Research e Portal iG.
Vai entrar?

Ant Group, de Jack Ma, deve levantar US$ 35 bi no maior IPO da história

Antes de seu IPO, a Ant será avaliada em aproximadamente US$ 280 bilhões.

26 de outubro de 2020
17:10 - atualizado às 18:38
jack-ma
Jack Ma - Imagem: Shutterstock

A gigante asiática Ant Group, de Jack Ma, levantará cerca de US$ 35 bilhões em suas ofertas públicas iniciais em Xangai e Hong Kong, na listagem que tem potencial de se tornar a maior oferta de ações da história.

Leia também:

A empresa de tecnologia precificou suas ações na bolsa de Xangai a 68,8 yuans (por volta de US$ 10,27 ou R$ 57,81) e na bolsa de Hong Kong a 80 dólares de Hong Kong (cerca de US$ 10,32). Antes de seu IPO, a fintech será avaliada em aproximadamente US$ 280 bilhões. Além disso, levantará cerca de US$ 34,5 bilhões nas duas cidades asiáticas antes de utilizar sua opção de lote suplementar. A decisão foi tomada, nesta segunda-feira (26), com base nos documentos regulatórios divulgados.

Assim, a expectativa do mercado é que este IPO supere a oferta inicial de ações da Saudi Aramco, de US$ 29 bilhões, realizada em 2019.

Além disso, a companhia poderá levantar outros US$ 5,17 bilhões se exercer as opções de lote adicional de Hong Kong e Xangai. Caso faça isso, a Ant Group teria um valor de mercado de aproximadamente US$ 320 bilhões, maior do que o de empresas como JPMorgan Chase e quatro vezes acima da capitalização da Goldman Sachs.

Em sua consulta preliminar de preços em Xangai, de acordo com o anúncio da venda de ações classe A da Ant, os investidores subscreveram mais de 76 bilhões de ações, ou 284 vezes a tranche da oferta inicial offline.

Ant está de olho nas eleições dos EUA

As ações devem começar a ser negociadas após a eleição norte-americana no dia 3 de novembro, dia que pode provocar volatilidade do mercado caso a votação seja contestada ou a contagem atrasada.

Além disso, quem irá liderar o IPO em Xangai será a China International Capital Corp. e a CSC Financial Co. Já em Hong Kong, quem coordenará a oferta serão as empresas: CICC, Citigroup, JPMorgan Chase e Morgan Stanley. Os atuais acionistas da Ant são proibidos de vender suas ações por seis meses, segundo os documentos.

A companhia emitirá até 1,67 bilhão de ações na China, 5,5% do total em circulação antes do lote adicional, segundo prospecto enviado à Xangai. A Ant emitirá a mesma quantidade para a oferta de Hong Kong, cerca de 3,3 bilhões de ações no total. A listagem em Hong Kong acontecerá no dia 5 de novembro.

O Alibaba Group, que foi cofundado por Ma e que atualmente tem cerca de um terço da Ant, concordou em subscrever 730 milhões de ações de Xangai, sendo listadas sob o código "688688", segundo o prospecto. Após o IPO, o Alibaba terá aproximadamente 32% das ações da Ant Group.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

DUPLO DOWNGRADE

UBS rebaixa Vale (VALE3) de ‘compra’ para ‘venda’ e corta preço-alvo do ADR

Banco suíço considera que distribuição de dividendos pela mineradora brasileira torna-se menos atraente com a cotação do minério de ferro abaixo de US$ 100

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro abre em queda com susto de aumento de imposto e exterior negativo; dólar também recua

A medida pegou os investidores de surpresa e o vencimento de opções em Nova York coloca o exterior sob pressão

O melhor do seu dinheiro

Uma ação para lucrar com a crise hídrica, Bolsonaro eleva IOF, dividendos da Vale e outras notícias do dia

Não é de hoje que o Brasil sofre com risco de apagão e racionamento de energia. Em 2001, o país precisou recorrer a blecautes programados e obrigar famílias e empresas a economizarem energia elétrica sob pena de aumentos pesados na conta de luz. Quem viveu a época lembra bem das trocas de lâmpadas incandescentes por […]

Coluna do jojo

Bolsa hoje: dia de bruxaria nos mercados e um novo IOF para chamar de seu

Novo decreto presidencial aumentou as alíquotas do IOF sobre as operações de crédito para as pessoas físicas e jurídicas de 20 de setembro até 31 de dezembro. Se esta notícia é negativa e pode cair mal na bolsa nacional hoje, temos também a digestão da aprovação da PEC dos Precatórios

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: aumento de IOF pega investidor de surpresa e vencimento de opções no exterior deve movimentar bolsa hoje

O dia deve contar com alta volatilidade nos mercados internacionais, com o quadruple witching e o investidor fica de olho na nova medida do governo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies