Menu
2020-03-31T12:53:28-03:00
revisões pendentes

Aneel propõe revisão das receitas das transmissoras de energia

Devido à postergação do reajuste, baixas de ativos e alteração nas WACCs, a Aneel teve que fazer ajustes, de forma que o impacto final no ciclo 2020/2021, no agregado das transmissoras, é de 5,41%.

31 de março de 2020
12:53
leilão energia
Imagem: Shutterstock

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira, 31, abertura de consulta pública para discutir a proposta de revisão da Receita Anual Permitida (RAP) das transmissoras de energia. Todos os contratos foram prorrogados nos termos da Lei 12.783/2013 - a antiga Medida Provisória 579/2012, que definiu regras para manutenção do equilíbrio econômico-financeiro dos contratos, ajuste anual da RAP e revisão a cada 5 anos.

As revisões estavam pendentes da definição da taxa mínima de retorno (WACC) do setor de transmissão e da definição do banco de preços do setor, mas ainda é preciso fechar a consulta pública 41, sobre custos operacionais. Em 10 de março, a Aneel definiu o WACC para transmissoras em 7,66% em 2018, 7,39% em 2019 e 6,98% em 2020.

A proposta da Aneel, se aprovada, é retroativa a 1º de julho de 2018, com preços a junho de 2018. Para a Cemig-GT, o reposicionamento prevê um aumento da RAP de 5,60%; para a Eletronorte, a alta seria de 4,27%; para a CTEEP, a redução seria de 0,31%; para a Copel-GT, alta de 2,50%; para a Chesf, aumento de 12,82%; para a Eletrosul, queda de 1,71%; para Furnas, diminuição de 0,12%; para a CEEE-GT, alta de 7,17%; e para a Celg GT, aumento de 3,76%.

Devido à postergação do reajuste, baixas de ativos e alteração nas WACCs, a Aneel teve que fazer ajustes, de forma que o impacto final no ciclo 2020/2021, no agregado das transmissoras, é de 5,41%.

Para a Cemig-GT, esse impacto no ciclo 2020/2021 seria de 2,42%; para a Copel-GT, 1,65%; para a CTEEP, -1,64%; para a Eletronorte, alta de 12,93%; para a Chesf, alta de 22,42%; para a Eletrosul, -16,49%; para a CEEE-GT, alta de 20,57%; para a Celg-GT, alta de 9,56%; e para Furnas, -0,55%.

A consulta pública ficará aberta por 45 dias, entre 1.º de abril e 15 de maio.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Juliana Coelho foi a escolhida

Fiat tem primeira mulher no comando de uma fábrica no Brasil

A fábrica, inaugurada em 2015, é considerada uma das mais modernas da FCA no mundo. Produz atualmente os utilitários-esportivos Renegade e Compass, da Jeep, e picape Fiat Toro

Contendo a animação

Uma dose de otimismo, outra de cautela: Ibovespa perde força e fecha estável, acompanhando Wall Street

Dados mais fortes que o esperado no mercado de trabalho dos EUA pelo segundo mês consecutivo injetaram confiança nos investidores durante a manhã. Mas, considerando que Wall Street estará fechada nesta sexta, um tom mais prudente tomou conta do Ibovespa e das bolsas americanas

Agência Nacional do Petróleo

Produção de petróleo e gás em maio foi de 3,48 milhões de barris por dia, diz ANP

A produção total de petróleo foi de 2,765 milhões de barris por dia, o que representou uma queda de 6,5% ante o mês anterior e alta de 1,3% comparado a maio de 2019

com a palavra, Pedro Guimarães

Presidente da Caixa diz sentir retomada no setor imobiliário

“Estamos otimistas com os próximos meses em termos de economia”, afirmou Pedro Guimarães, durante coletiva virtual de imprensa

Vai uma limonada aí?

Estreante, seguradora Lemonade dispara 140% na bolsa de Nova York

As ações da empresa abriram a sessão ao preço de US$ 50,06 e, na máxima, foram negociadas a US$ 67,46. Isso avalia a empresa em US$ 3,7 bilhões, bem acima da rodada de investimentos que recebeu em 2019

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements