Menu
2020-06-30T13:59:13-03:00
novos valores

Aneel aprova reajuste na receita anual permitida de nove transmissoras de energia

Novos números foram valorados a preços de 1º de junho de 2028 e vigoram de 1º julho de 2020 a 30 de junho de 2023

30 de junho de 2020
13:59
energia elétrica
Imagem: Shutterstock

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou os novos valores de Receita Anual Permitida (RAP) de transmissoras que tiveram seus contratos de concessão renovados nos termos da Lei 12.783/2013, antiga Medida Provisória 579/2012. Os novos números foram valorados a preços de 1º de junho de 2028 e vigoram de 1º julho de 2020 a 30 de junho de 2023.

Para a Cemig-GT, o aumento será de 9,13%, para R$ 698,189 milhões, e a Parcela de Ajuste será de R$ 170,710 milhões.

Para a Eletronorte, o reajuste será de 18,46%, para R$ 1,694 bilhão, e a Parcela de Ajuste será de R$ 933,521 milhões. Nesse caso, o valor é provisório, pois ainda será preciso concluir a validação dos valores da base de remuneração regulatória da empresa, em até 60 dias.

Para a ISA/Cteep, a alta será de 9,75%, para R$ 2,691 bilhões, e a Parcela de Ajuste será de R$ 892,078 milhões.

Para a Copel-GT, o aumento será de 10,16%, para R$ 482,916 milhões, e a Parcela de Ajuste será de R$ 150,572 milhões.

Para a CEEE-GT, o reajuste será de 15,79% para R$ 760,850 milhões, e a Parcela de Ajuste será de R$ 137,471 milhões. Nesse caso, o valor é provisório, pois ainda será preciso concluir a validação dos valores da base de remuneração regulatória da empresa, em até 60 dias.

Para a Celg-GT, a alta será de 15,66%, para R$ 143,315 milhões, e a Parcela de Ajuste será de R$ 39,220 milhões.

Para Furnas, o aumento será de 13,07%, para R$ 4,813 bilhões, e a Parcela de Ajuste será de R$ 581,540 milhões.

Para a Eletrosul, o reajuste será de 7,28%, para R$ 1,030 bilhão.

Para a Chesf, a alta será de 19,65% para R$ 3,261 bilhões. Nesse caso, o valor é provisório, pois ainda será preciso concluir a validação dos valores da base de remuneração regulatória da empresa, em até 60 dias.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Decisão cautelar

TCU proíbe governo Bolsonaro de anunciar em sites que exerçam atividades ilegais

Indícios de irregularidades na veiculação de propagandas do governo federal levaram o TCU a tomar a decisão cautelar, concedida pelo ministro Vital do Rêgo

PGR

Aras recomenda a Guedes mais transparência em gastos no combate à pandemia

A pedido de procuradores do MPF-PE, o procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou recomendações para Guedes dar transparência aos gastos federais

Setor em destaque

Estatais de saneamento querem flexibilizar regras para contratar empréstimos

Com regras mais fáceis para a entrada do setor privado, as estatais de saneamento querem que a concessão de empréstimos ao segmento seja menos rigorosa

Preocupação ambiental

Para empresários, discurso do governo sobre desmatamento mudou

Após reunião com o vice-presidente Hamilton Mourão, empresários parecem satisfeitos quanto aos compromissos firmados pelo governo a respeito do desmatamento

O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: O canto da sereia

Uma matéria alertando para os riscos do day trade foi a mais lida desta semana no Seu Dinheiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements