Menu
2020-03-10T12:42:59-03:00
Estadão Conteúdo
Novidade

Aneel aprova metodologia para atualização de WACC para setor elétrico

Índice representa a taxa regulatória de remuneração do capital dos segmentos

10 de março de 2020
12:42
energia elétrica
Imagem: Shutterstock

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a metodologia de cálculo e atualização do custo médio ponderado do capital (WACC) dos segmentos de geração, transmissão e distribuição. O índice representa a taxa regulatória de remuneração do capital dos segmentos. Com o processo aprovado, o WACC dos segmentos de geração e transmissão será de 6,98% em 2020. Para a distribuição, o WACC será de 7,32% em 2020.

A proposta aprovada para o segmento de geração e transmissão ficou maior que a atualmente vigente, de 6,64%, e também superior ao inicialmente proposto em consulta pública, de 6,81%. Como o setor ainda passará por revisões, o WACC de 2018 dos segmentos será de 7,66%, e de 2019, 7,39%. No caso do setor de geração, o índice só se aplica às usinas cotistas, já que os preços são negociados livremente.

Para o segmento de distribuição, o novo índice também ficou superior ao WACC que está em vigor hoje, de 8,09%, e à proposta inicial da consulta pública, de 7,17%.

O processo recebeu 171 contribuições de 22 empresas e, segundo a Aneel, 28% foram acatadas, segundo o relator do processo, diretor Rodrigo Limp.

O diretor-geral da Aneel, André Pepitone, afirmou que esse era o principal item da pauta regulatória da agência, pois envolve decisões de investimento de longo prazo. "Buscamos remunerar adequadamente os investimentos, vis a vis o ônus tarifário ao consumidor", disse.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Pesquisa da FGV

Presente mais caro: inflação do Dia das Mães é a maior dos últimos quatro anos

Levantamento da FGV mostra que a inflação no Dia das Mães é a maior desde 2017; eletrodomésticos e passagens aéreas tiveram maiores saltos

Expansão

SPX Capital assume operações do Carlyle no país

As operações do Carlyle no Brasil serão absrovidas pela SPX Capital. Com isso, a gestora de Rogério Xavier se expande em private equity

ESTRADA DO FUTURO

Um pé no abismo e outro na casca de banana: como identificar ações de empresas decadentes

Excesso de otimismo, planos mirabolantes e desprezo pela inovação estão entre as receitas para uma empresa falhar, segundo o gestor que se dedicou a descobrir empresas terríveis

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies