Menu
2020-03-06T19:06:18-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Missão Marte

A Nasa está contratando pela 1ª vez em quatro anos os astronautas que podem ir a Marte

Agência ainda não definiu quantas vagas estarão abertas, mas os processos seletivos anteriores ofereciam de 8 a 12 postos. Salários variam de US$ 104.898 até US$ 161,141

7 de março de 2020
10:03 - atualizado às 19:06
shutterstock_1543617113
Imagem: Shutterstock

A Nasa está contratando pela primeira vez em quatro anos os astronautas que poderão ir à Lua — e a Marte. As exigências para a vaga mudaram um pouco desde a última vez que a agência aerospacial adicionou membros à sua equipe seleta.

A Nasa ainda não definiu quantas vagas estarão abertas, mas os processos seletivos anteriores ofereciam de 8 a 12 postos. Os salários vão de US$ 104.898 até US$ 161,141.

No último processo que realizou, a agência recebeu 18 mil candidaturas.

O site da agência disponibiliza inscrições de 3 tipos: candidatos civis, candidatos com deveres militares ativos e candidatos com experiência de voo.

Ainda é necessário que os candidatos apresentem cidadania americana e dois anos de uma experiência relacionada.

Mas os astronautas das missões Artemis, programa de voo espacial da Nasa que levará a primeira mulher para a Lua, terão que fazer um algo mais: passar por uma avaliação online com a duração de 2 horas após submeter as candidaturas. É uma triagem que permite saber se eles estão aptos ou não para o cargo.

Para além, um grau de mestre em áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática também será exigido pela primeira vez, em vez de bacharel. Dois anos de trabalho em uma dessas áreas para a obtenção de um grau de doutor ou doutor em medicina, ou a conclusão de um programa de piloto teste no programa também serve como exigência, segundo a Nasa.

Segundo Brandi Dean, porta-voz da Nasa, disse à Business Insider, essas características refletem de maneira mais adequada o trabalho realizado na agência.

Processo longo

O processo de contratação é longo, e por essa razão a Nasa provavelmente não será capaz de anunciar os candidatos aprovados até 2021, disse Dean ao Business Insider.

As candidaturas consideradas mais aptas são escolhidas por atuais astronautas que, sabendo as exigências para exercer o cargo, mencionam o que "o mais difícil de ver no papel é uma experiência operacional". Isso quer dizer, em linguagem bem clara, situações de vida ou morte — como um militar ou alguém pesquisando um vírus teria.

Após a checagem de referências, aproximadamente 120 candidatos serão entrevistados, um grupo menor será convidado a voltar e um outro grupo, ainda mais enxuto, voltará para realizar testes médicos.

A partir daí, os astronautas passarão a integrar o corpo de 48 astronautas ativos hoje em dia, passando muito de seu tempo em salas de aula e treinamento intensivo — como caminhada espacial imersos na água, lições de realidade virtual e aulas de russo.

Eles também voam em jatos T-38, de treinamento militar.

Dois anos depois disso, os candidatos estão aptos para cumprir tarefas. Segundo o anúncio da Nasa, os empregos disponíveis podem envolver viver e trabalhar na Estação Espacial Internacional.

Indo a Marte

Mas também tem muito mais do que isso. "Eles também podem lançar o poderoso novo foguete espacial da NASA e a nave espacial Orion, ancorando a espaçonave na Gateway [uma estação espacial] em órbita lunar antes de levar um novo sistema de pouso humano à superfície da Lua", diz a agência.

Depois de voltar à Lua em 2024, a NASA quer uma exploração lunar sustentável até 2028. Isso preparará a agência para enviar os primeiros humanos a Marte em meados da década de 2030.

Para ser designado para uma missão desse tipo, são necessários mais dois anos de treinamento. Mas astronautas à espera de missões também são ocupados no desenvolvimento de naves espaciais e ajudar colegas que estão no espaço.

Segundo a porta-voz, a Nasa já planejava contratar astronautas, mesmo antes do estímulo dado à agência no orçamento dos Estados Unidos.

As candidaturas começaram na segunda-feira e ficarão abertas até 31 de março.

*Com informações da Business Insider

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Ganhando na contramão

Juros, dólar e investimento no exterior: os fundos multimercados que bateram o CDI em março

Um levantamento da consultoria Quantum feito a pedido do Seu Dinheiro mostra que 83 fundos conseguiram superar no mês passado o retorno de 0,34% do CDI, indicador de referência. Saiba como os gestores ganharam dinheiro no meio do furacão

C’est une révolte? Non, Sire, c’est une révolution: A melhor forma de se ter caixa

Como fica seu patrimônio diante de um aprofundamento de um quadro mais negativo? Se a situação mudou, como de fato aconteceu, as nossas carteiras devem mudar também.

IR 2020

Como declarar bitcoin e outras criptomoedas no imposto de renda

Criptoativos podem até não ser regulados, mas isso não quer dizer que seus entusiastas não precisem prestar contas ao Leão. A Receita, como era de se esperar, está de olho…

Recessão à vista

PIB do Brasil deve cair 0,7% em 2020 por coronavírus, diz S&P

S&P Global Ratings prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deve sofrer contração de 0,7% neste ano, com risco de baixa, devido aos impactos econômicos da pandemia de coronavírus

Seu Dinheiro na sua noite

Balança mas não cai?

Caro leitor, Embora a pandemia global de coronavírus ainda esteja longe de ser debelada – pelo menos com os dados e tratamentos que temos até o momento – o mercado começou a semana menos pessimista. Itália, Espanha e o estado de Nova York – três localidades críticas de disseminação da doença – mostraram, no fim […]

Embraer cortada

S&P rebaixa rating da Embraer de BBB para BBB- e mantém nota em observação

S&P diz que, em resposta à pandemia de coronavírus, muitas companhias aéreas devem tentar atrasar novas entregas de aeronaves até pelo menos o fim do terceiro trimestre de 2020, o que deve pressionar o fluxo de caixa e as métricas de crédito da empresa.

Em meio à pandemia

Telefônica, dona da Vivo, parcela fatura de inadimplentes

A Telefônica Brasil, dona da marca Vivo, decidiu flexibilizar as condições de pagamento de seus clientes de telefonia fixa e móvel, banda larga e TV por assinatura devido à crise do coronavírus

Não rolou

Clientes do Bradesco relatam instabilidade no aplicativo de internet banking

O aplicativo do Bradesco para pessoa física apresentou problemas na manhã desta segunda-feira, 6. Com o isolamento social, muitos clientes tiveram de fazer as transações via celular

Recuperação intranquila

Ibovespa passa por instabilidade com possível demissão de Mandetta, mas ainda fecha em alta firme

O Ibovespa terminou a sessão com ganhos de mais de 6%, mas ainda assim ficou distante das máximas e aquém das bolsas americanas. Tudo por causa das incertezas relacionadas à permanência do ministro da Saúde no cargo

Números atualizados

Brasil tem 553 mortes e 12 mil casos confirmados do novo coronavírus

Brasil chegou a 553 mortes em razão da pandemia do coronavírus, segundo atualização do Ministério da Saúde. Número representa um aumento de 13%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements