Menu
2020-03-06T19:06:18-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Missão Marte

A Nasa está contratando pela 1ª vez em quatro anos os astronautas que podem ir a Marte

Agência ainda não definiu quantas vagas estarão abertas, mas os processos seletivos anteriores ofereciam de 8 a 12 postos. Salários variam de US$ 104.898 até US$ 161,141

7 de março de 2020
10:03 - atualizado às 19:06
shutterstock_1543617113
Imagem: Shutterstock

A Nasa está contratando pela primeira vez em quatro anos os astronautas que poderão ir à Lua — e a Marte. As exigências para a vaga mudaram um pouco desde a última vez que a agência aerospacial adicionou membros à sua equipe seleta.

A Nasa ainda não definiu quantas vagas estarão abertas, mas os processos seletivos anteriores ofereciam de 8 a 12 postos. Os salários vão de US$ 104.898 até US$ 161,141.

No último processo que realizou, a agência recebeu 18 mil candidaturas.

O site da agência disponibiliza inscrições de 3 tipos: candidatos civis, candidatos com deveres militares ativos e candidatos com experiência de voo.

Ainda é necessário que os candidatos apresentem cidadania americana e dois anos de uma experiência relacionada.

Mas os astronautas das missões Artemis, programa de voo espacial da Nasa que levará a primeira mulher para a Lua, terão que fazer um algo mais: passar por uma avaliação online com a duração de 2 horas após submeter as candidaturas. É uma triagem que permite saber se eles estão aptos ou não para o cargo.

Para além, um grau de mestre em áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática também será exigido pela primeira vez, em vez de bacharel. Dois anos de trabalho em uma dessas áreas para a obtenção de um grau de doutor ou doutor em medicina, ou a conclusão de um programa de piloto teste no programa também serve como exigência, segundo a Nasa.

Segundo Brandi Dean, porta-voz da Nasa, disse à Business Insider, essas características refletem de maneira mais adequada o trabalho realizado na agência.

Processo longo

O processo de contratação é longo, e por essa razão a Nasa provavelmente não será capaz de anunciar os candidatos aprovados até 2021, disse Dean ao Business Insider.

As candidaturas consideradas mais aptas são escolhidas por atuais astronautas que, sabendo as exigências para exercer o cargo, mencionam o que "o mais difícil de ver no papel é uma experiência operacional". Isso quer dizer, em linguagem bem clara, situações de vida ou morte — como um militar ou alguém pesquisando um vírus teria.

Após a checagem de referências, aproximadamente 120 candidatos serão entrevistados, um grupo menor será convidado a voltar e um outro grupo, ainda mais enxuto, voltará para realizar testes médicos.

A partir daí, os astronautas passarão a integrar o corpo de 48 astronautas ativos hoje em dia, passando muito de seu tempo em salas de aula e treinamento intensivo — como caminhada espacial imersos na água, lições de realidade virtual e aulas de russo.

Eles também voam em jatos T-38, de treinamento militar.

Dois anos depois disso, os candidatos estão aptos para cumprir tarefas. Segundo o anúncio da Nasa, os empregos disponíveis podem envolver viver e trabalhar na Estação Espacial Internacional.

Indo a Marte

Mas também tem muito mais do que isso. "Eles também podem lançar o poderoso novo foguete espacial da NASA e a nave espacial Orion, ancorando a espaçonave na Gateway [uma estação espacial] em órbita lunar antes de levar um novo sistema de pouso humano à superfície da Lua", diz a agência.

Depois de voltar à Lua em 2024, a NASA quer uma exploração lunar sustentável até 2028. Isso preparará a agência para enviar os primeiros humanos a Marte em meados da década de 2030.

Para ser designado para uma missão desse tipo, são necessários mais dois anos de treinamento. Mas astronautas à espera de missões também são ocupados no desenvolvimento de naves espaciais e ajudar colegas que estão no espaço.

Segundo a porta-voz, a Nasa já planejava contratar astronautas, mesmo antes do estímulo dado à agência no orçamento dos Estados Unidos.

As candidaturas começaram na segunda-feira e ficarão abertas até 31 de março.

*Com informações da Business Insider

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

BOMBOU NO SEU DINHEIRO

Melhores da Semana: O Halloween dos mercados

A segunda onda de coronavírus é um ‘fantasma’ que ronda os mercados desde o início do ano. Muita gente não acreditou. Nesta semana, ele mostrou as caras.

POLÍTICA

Bolsonaro grava para campanhas e aposta em 2º turno em RJ e SP

Presidente busca apoiar aliados para tentar formar base nos grandes colégios eleitorais para sua campanha de reeleição em 2022

responsabilização

JBS aprova em assembleia ação contra irmãos Batista

Processo diz respeito a prejuízos causados por crimes revelados nos acordos de colaboração e leniência firmados pela JBS com a Procuradoria Geral da República

em live

Se necessário, voltaremos a fazer transferência do BC para o Tesouro, diz secretário

Em agosto, CMN já havia autorizado o Banco Central a repassar R$ 325 bilhões para o Tesouro Nacional

Balanço do mês

Bitcoin e dólar são os melhores investimentos de outubro; ativos de risco ficaram para trás de novo

Por pouco o Ibovespa não ficou entre os melhores investimentos do mês, mas segunda onda de coronavírus na Europa derrubou as bolsas; risco fiscal, eleições americanas e indefinição quanto a estímulos fiscais nos EUA também pesaram

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies