Menu
2020-02-20T06:50:46-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
a explicação da estatal

Angra 3 não vai onerar consumidor, diz Eletrobras

Estatal respondeu a reportagem que tratava do possível aumento nas contas de energia com a entrada em operação da usina

20 de fevereiro de 2020
6:50
Usina Nuclear de Angra dos Reis
Usina Nuclear de Angra dos Reis - Imagem: Luciano Andrade/Estadão Conteúdo

A Eletrobras respondeu a reportagem publicada pelo Valor Econômico, que tratava do possível aumento nas contas de energia com a entrada em operação da Usina Nuclear Angra 3.

Segundo a estatal, a tarifa teto estabelecida para Angra 3 é de R$ 480/MWh, enquanto que a bandeira tarifária vermelha nível 2, que determina o acionamento da termelétricas mais caras, é de R$ 770/MWh.

A Eletrobras lembra ainda que o parque térmico brasileiro tem capacidade de aproximadamente 20 mil MW, dos quais 14 mil MW são comercializados com tarifa maior que sugerida para Angra 3.

"Isso significa dizer que o preço da energia da UTN Angra 3 é significativamente competitivo para a realidade brasileira", diz a companhia no comunicado.

A companhia contesta também a comparação dos custos de Angra 3 em relação a Angra 2, que são 40% maiores.

A companhia lembra que Angra 2 foi construída durante um período de câmbio muito favorável, em que dólar valia R$ 1,21 entre 1994 e 200, enquanto a taxa base para Angra 3 é de R$ 3,77, uma diferença de 211%.

Outro ponto levantado pela estatal é sobre a situação financeira da Eletronuclear, dizendo que não há inadimplência junto ao BNDES e à Caixa Econômica Federal, além de ter seus balanços auditados.

Aditivos

Em outro comunicado, a Eletrobras informa aditivos e contratos assinados pela empresa e suas subsidiárias. Foi assinada uma confissão de dívida da Eletronet, de R$ 130 milhões, com a LT Bandeirante, Eletropar, Chesf, Eletronorte, Eletrosu e Furnas.

Além disso, foi assinado um aditivo entre a Eletronet e a Eletropar para prorrogar contratos de uso de infraestrutura e de fibras lançadas pela Eletronet usadas pelas empresas controladas pela Eletrobras. O contrato foi prorrogado para 20 de agosto de 2039.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Carteira digital

PicPay entra com pedido de IPO na Nasdaq

Aplicativo atingiu recentemente a marca de 50 milhões de usuários, mas crescimento veio acompanhado de um prejuízo de mais de R$ 800 milhões só no ano passado

Mercados hoje

Bolsas sobem em Nova York após dois dias de queda; índice de empresas brasileiras avança apesar do petróleo

Otimismo com retomada da economia norte-americana impulsiona bolsas. A maior surpresa do dia é o Nasdaq, que sobe mesmo com o peso das ações da Netflix

O varejo ferve

Renner mira compra da Dafiti com recursos da oferta de ações

Varejista anunciou captação de até R$ 6,5 bilhões na bolsa e pode usar os recursos para fazer uma proposta pelo e-commerce de moda

Pouso forçado

Demanda por voos deve encerrar o ano em menos da metade do nível pré-pandemia

O prejuízo total das companhias aéreas em 2021 deve ficar entre US$ 47 bilhões e US$ 48 bilhões, de acordo com a ação Internacional de Transporte Aéreo (Iata)

Agora vai?

Governo vai reduzir valor de arrecadação por áreas “micadas” do pré-sal em novo leilão

A arrecadação que o governo pretende receber pela exploração de dois campos do pré-sal foi reduzida em R$ 25,5 bilhões; novo leilão deve acontecer em dezembro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies