Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-09-07T16:33:44-03:00
Estadão Conteúdo
Reestruturação de títulos

S&P eleva rating da Argentina de SD para CCC+, perspectiva estável

Alteração acontece depois de o país reestruturar quase 99% dos títulos em dólares e receber aval do FMI para renegociar acordo

7 de setembro de 2020
16:33
Argentina
Imagem: Shutterstock

A agência de risco S&P Global elevou de SD (calote seletivo) para CCC+ o rating da Argentina. A perspectiva é estável. A alteração acontece depois de a Argentina reestruturar quase 99% dos títulos em dólares e receber um aval do Fundo Monetário Internacional (FMI) para iniciar a renegociação de um acordo.

"Este importante passo em frente oferece a oportunidade para o governo articular um plano mais amplo para enfrentar os vários desafios macroeconômicos pós-pandemia, negociar um novo programa com o FMI e trabalhar para liquidar atrasos com o Clube de Paris", disse a S&P Global em nota.

A agência ponderou, contudo, que a perspectiva estável da nota CCC+ se deve aos permanentes riscos macroeconômicos, tais como a alta inflação, o crescimento baixo, os problemas fiscais estruturais, a alta necessidade de financiamento externo e a pressão contínua no mercado de câmbio. Tudo isso, pontuou a empresa, pesa contra uma amortização favorável do perfil da dívida argentina em um curto prazo.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Crise dos chips

Sem carro zero no mercado, preço de usados sobe até 20% e vendas disparam – carro usado chega a custar mais que um novo

Mercado enfrenta escassez de semicondutores, demanda alta por veículos e prazos longos para a entrega

sem escassez

Fábrica da Tesla em Xangai deve terminar setembro com 300 mil carros produzidos em 2021

Marca será atingida mesmo em meio a uma escassez global de semicondutores, disseram duas fontes da montadora à Reuters

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Mais recursos

Democratas aprovam pacote de US$ 3,5 tri no Comitê de Orçamento da Câmara dos EUA

Recursos serão destinados à rede de segurança social e programas relacionados a mudanças climáticas. Obtenção de quase unanimidade para aprovação no Congresso é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies