Menu
2020-01-20T18:13:52-03:00
Estadão Conteúdo
DE OLHO NOS FUNDOS

Patrimônio dos fundos cresce 15,27% e vai a R$ 5 trilhões, diz Economatica

Em dólares, a indústria de fundos se mantém acima de US$ 1 trilhão desde dezembro de 2016.

20 de janeiro de 2020
18:13
Touros e Ursos CAPA Dinheiro
Imagem: Shutterstock

A indústria de fundos do Brasil fechou o ano de 2019 com R$ 5,02 trilhões em patrimônio, aumento de 15,27% com relação ao mês de dezembro de 2018, atingindo novo marco histórico, de acordo com levantamento da Economatica. Desse total, 10,14% foram alocadas em renda variável, o maior patamar desde março de 2013.

Em dólares, a indústria de fundos se mantém acima de US$ 1 trilhão desde dezembro de 2016. O estudo da Economatica também comparou a indústria de fundos com o valor de mercado de todas as empresas listadas na B3, que em dezembro era de R$ 4,5 trilhões, ou seja, menor que o setor de fundos.

Até agosto de 2014, o tamanho dos dois mercados era muito próximo, com o setor de fundos começando a superar a Bolsa desde então.

A grande maioria dos recursos do setor de fundos está alocada em renda fixa: debêntures, depósitos a prazo de bancos, operações compromissadas e títulos públicos representavam, no mês de dezembro de 2019, 74,3% do total do patrimônio da indústria, segundo a Economatica.

Os ativos de renda variável (ações, posições doadas, BDR's, Unit's e posições short) representavam 10,1% do patrimônio. O pior momento para a renda variável no setor de fundos aconteceu em fevereiro de 2016, com somente 4,35% do patrimônio. O melhor foi em março de 2013, com 10,3%.

Dentro da renda fixa, a alocação em títulos públicos no mês de dezembro de 2019 era de 44,4% do patrimônio da indústria de fundos.

O maior porcentual foi registrado em março de 2018, com 46,25%, de acordo com o estudo. Nas debêntures, a fatia era de 3,9% do patrimônio em dezembro.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Triste marca

Brasil registra mais de 500 mil mortos por covid-19

Em 24 horas foram 2.301 óbitos e 82.288 novos casos. Em nota, Conass ressalta que o Brasil tem 2,7% da população mundial, e é responsável por 12,8% das mortes

Here comes the sun

Energia solar ruma para liderança no País até 2050

O sol será responsável por 32% da geração, ao mesmo tempo em que a participação das hidrelétricas deve cair para cerca de 30%

ESTRADA DO FUTURO

Os três setores mais lucrativos em tecnologia, e por que você deve investir neles

Integração entre softwares e Inteligência Artificial são dois dos segmentos que devem fazer parte de qualquer portfólio de investimentos vencedor

Ano de eleição

Promessas de Bolsonaro estouram “folga” do Orçamento em 2022

A ampliação do Bolsa Família e um eventual aumento de 5% nos salários do funcionalismo público já superam o espaço adicional de R$ 25 bilhões para o próximo ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies