Menu
2020-01-20T18:13:52-03:00
DE OLHO NOS FUNDOS

Patrimônio dos fundos cresce 15,27% e vai a R$ 5 trilhões, diz Economatica

Em dólares, a indústria de fundos se mantém acima de US$ 1 trilhão desde dezembro de 2016.

20 de janeiro de 2020
18:13
Touros e Ursos CAPA Dinheiro
Imagem: Shutterstock

A indústria de fundos do Brasil fechou o ano de 2019 com R$ 5,02 trilhões em patrimônio, aumento de 15,27% com relação ao mês de dezembro de 2018, atingindo novo marco histórico, de acordo com levantamento da Economatica. Desse total, 10,14% foram alocadas em renda variável, o maior patamar desde março de 2013.

Em dólares, a indústria de fundos se mantém acima de US$ 1 trilhão desde dezembro de 2016. O estudo da Economatica também comparou a indústria de fundos com o valor de mercado de todas as empresas listadas na B3, que em dezembro era de R$ 4,5 trilhões, ou seja, menor que o setor de fundos.

Até agosto de 2014, o tamanho dos dois mercados era muito próximo, com o setor de fundos começando a superar a Bolsa desde então.

A grande maioria dos recursos do setor de fundos está alocada em renda fixa: debêntures, depósitos a prazo de bancos, operações compromissadas e títulos públicos representavam, no mês de dezembro de 2019, 74,3% do total do patrimônio da indústria, segundo a Economatica.

Os ativos de renda variável (ações, posições doadas, BDR's, Unit's e posições short) representavam 10,1% do patrimônio. O pior momento para a renda variável no setor de fundos aconteceu em fevereiro de 2016, com somente 4,35% do patrimônio. O melhor foi em março de 2013, com 10,3%.

Dentro da renda fixa, a alocação em títulos públicos no mês de dezembro de 2019 era de 44,4% do patrimônio da indústria de fundos.

O maior porcentual foi registrado em março de 2018, com 46,25%, de acordo com o estudo. Nas debêntures, a fatia era de 3,9% do patrimônio em dezembro.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Agenda de resultados

Em clima de Carnaval, Ambev divulga balanço anual nesta semana; veja o que esperar dos números

Cervejaria tem tudo para entregar resultados mais positivos em 2019, após sofrer com números fracos e a maior concorrência nos últimos anos

Acesso liberado

Os segredos da bolsa: ações para não ficar de ressaca na quarta-feira de cinzas

Enquanto a bolsa está fechada para o Carnaval, fique atento ao desempenho dos ADRs de companhias brasileiras nos EUA — eles darão uma pista importante sobre como será a reabertura das negociações por aqui, na quarta-feira

Clima tenso na política

Bolsonaro ainda não respondeu carta dos governadores, diz Doria

Mandatários estaduais acusam o presidente de dar declarações que ferem a democracia brasileira

Planejando o futuro

3 erros que você deve evitar ao planejar seus investimentos para aposentadoria

Fique de olho pois nesse longo caminho existem algumas ciladas que muita gente acaba caindo

Os movimentos do magnata

Warren Buffett vendeu mais de US$ 800 milhões em ações da Apple no último trimestre. Mas o que isso significa?

Conheça algumas razões para que esse volume de ações da Apple tenha saído das mãos de um dos maiores investidores do mundo

Oportunidade como poucas

‘Brasil tem potencial para ser líder em finanças verdes’, afirma presidente do UBS

Sylvia Coutinho afirma que o país pode conseguir atrair investimentos externos se souber aproveitar essa oportunidade

Produção de biogás

O ‘pré-sal caipira’: a energia que vem da criação de porcos

Dejetos dos suínos se tornaram matéria-prima para a produção de biogás

Climão no governo

Bolsonaro afirma que ‘implodiu’ Inmetro por ‘excesso de zelo’ em regra para táxis

Conflito acabou levando para a demissão da presidente do órgão, Angela Flores

IPOs no radar

Com impulso de médias empresas, bolsa pode movimentar R$ 200 bilhões

Marcas conhecidas e empresas regionais estão buscando assessoria financeira ou até já protocolaram pedido para o IPO

Epidemia mundial

Número de infectados por coronavírus no mundo passa de 78,5 mil

Do total, 77.027 foram diagnosticados somente na China

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements