Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-05-08T09:27:27-03:00
Estadão Conteúdo
ALAVANCA FINANCEIRA

Conselho da Natura aprova plano de aumento de capital até R$ 2 bilhões

Os recursos obtidos com a operação, segundo a companhia, serão destinados ao fortalecimento da estrutura de capital, melhora de sua posição de caixa, redução da alavancagem financeira consolidada, além de fins corporativos gerais.

8 de maio de 2020
9:27
Fachada de uma loja da Natura
Fachada de uma loja da Natura - Imagem: Divulgação

O Conselho de Administração da Natura &CO aprovou um plano de aumento de capital de, no mínimo, R$ 1 bilhão e, no máximo, R$ 2 bilhões, com emissão de no mínimo 31.250.000 ações ordinárias e no máximo 62.500.000 ao preço de R$ 32 por ação.

Os acionistas do grupo de controle da Natura &Co se comprometeram a participar da operação com investimento total mínimo de R$ 508,095 milhões, via subscrição e integralização de ações decorrentes do exercício de parte de seus direitos de subscrição. Aliado a isso, alguns investidores financeiros assumiram o compromisso firme de subscrição e integralização de ações de R$ 491,904 milhões.

Para viabilizar a subscrição pelos investidores, alguns acionistas do grupo de controle da Natura &Co cederão aos investidores parte de seus direitos de subscrição, relativos a 11.261.627 ações.

O prazo para exercício do direito de preferência para subscrição, conforme comunicado ao mercado, será entre 13 de maio e 12 de junho (inclusive). Os acionistas terão direito de preferência na proporção de 0,052592621300 nova ação ordinária para cada uma ação de que forem titulares no fechamento do pregão em 12 de maio de 2020. Em termos porcentuais, os acionistas poderão subscrever uma quantidade de novas ações que representem 5,2592621300% do que possuírem no fechamento do pregão da data de corte.

Os recursos obtidos com a operação, segundo a companhia, serão destinados ao fortalecimento da estrutura de capital, melhora de sua posição de caixa, redução da alavancagem financeira consolidada, além de fins corporativos gerais.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Ventos contrários

Renova Energia não consegue “proteção” contra minoritários da própria empresa

Empresa perdeu ação no TJ-SP que tentata impedir os acionistas de produzirem provas contra a empresa, relativas à investigação sobre desvio de recursos

Preocupação

Vidas secas? Bolsonaro admite que Brasil vive “enorme crise hidrológica”

Presidente citou a falta de chuvas como um dos grandes problemas econômicos do país, juntamente com os efeitos causados pela pandemia

MESA QUADRADA

“Não me arrependo de nada. Só não posso dar conselhos financeiros para ninguém”, diz Bob Wolfenson, o fotógrafo das celebridades entrevistado no 7º episódio do Mesa Quadrada

Em em conversa para o podcast Mesa Quadrada, Dan Stulbach, Teco Medina e Caio Mesquita, conversam sobre dinheiro e carreira com Bob Wolfenson, ícone da fotografia brasileira

Situação preocupante

Cuidado com as luzes acesas! Aneel mantém taxa adicional mais alta na contas de agosto

Tarifa cobrada na bandeira vermelha nível 2 é de R$ 9,49 por 100 quilowatts-hora (kWh), e agência continua avaliando se vai elevar o valor

O melhor do Seu Dinheiro

Os melhores investimentos do mês e as notícias que foram destaque na semana

lém do ranking, tivemos o Ibovespa em queda de 2,60, e uma entrevista exclusiva com o CEO da Ânima Educação, que busca um “modelo Magalu”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies