Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2020-10-06T09:36:33-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

11 notícias para começar o dia bem informado

6 de outubro de 2020
9:28 - atualizado às 9:36
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Logo após o carnaval mergulhamos aqui no Brasil neste mundo estranho rodeado de álcool gel e “mascarados”. Chegou o último trimestre do ano e cá estamos ainda sem previsão de volta à normalidade.

O Matheus Spiess traz na coluna de hoje os dilemas dos mercados para os últimos meses de 2020.

De um lado, há forças que sustentam taxas de juros globais negativas. De outro, há pressões inflacionárias.

Investidores no mundo todo parecem ter de lidar com um dilema entre buscar ativos que tragam crescimento, como ações de empresas de tecnologia, ou ativos de valor, como companhias sólidas relativamente descontadas nas bolsas de valores.

Como navegar neste oceano dos mercados na reta final de 2020? Veja aqui as considerações do Matheus.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

 Com a melhora do estado de saúde do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e a promessa de que o Renda Cidadã respeitará o teto de gastos, o Ibovespa fechou a segunda-feira com alta de 2,21%, aos 96.089,19 pontos. O dólar recuou 1,82%, a R$ 5,56.

O que mexe com os mercados hoje? O alívio no cenário político doméstico e a alta do presidente Donald Trump continuam impulsionando o apetite por risco. Hoje, os investidores ficam de olho nos pronunciamentos das autoridades monetárias dos Estados Unidos, Europa e Brasil, buscando sinais de que novos estímulos monetários podem ser aplicados. As bolsas asiáticas fecharam em alta. Enquanto as principais praças europeias avançam, os índices futuros em Wall Street exibem sinais mistos.

EMPRESAS

 Em meio aos esforços para adquirir a Linx, a Stone alcançou uma participação superior a 5% no capital social da empresa.

A agência de classificação de risco Fitch Ratings rebaixou a nota de crédito do banco Original de "B" para "B-" após prejuízo no 1º semestre.

A Shell anunciou ontem que montou uma nova estrutura de negócios para comercialização e geração de energia elétrica no Brasil. O objetivo é desenvolver um modelo integrado de  soluções de energia com a marca Shell.

O Grupo Mateus reapresentou o prospecto de sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), após um acidente na unidade Mix Atacarejo, em São Luís (MA). A empresa abriu também um prazo para desistência de investidores que já tinham manifestado interesse nas ações.

ECONOMIA

 Após serem protagonistas de um conflito público, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, levantaram a bandeira branca ontem e prometeram união pelo andamento da agenda econômica no Congresso.

 O Banco Central informou que registrou até as 18h30 de ontem um total de 3,5 milhões de cadastros de chaves no Pix - o sistema brasileiro de pagamentos instantâneos.

 O preço anunciado médio dos imóveis residenciais no país teve em setembro a maior alta para o mês em seis anos, segundo Índice Fipezap.

O Brasil já tem 146.675 mortos por coronavírus e 4,92 milhões de casos confirmados, segundo dados do Ministério da Saúde.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

varejo online

B2W tem alta de 56% nas vendas e diminui prejuízo, que chega a R$ 43,8 milhões

Linha final do balanço é 57% melhor do que há um ano, enquanto mercado falava em prejuízo de R$ 60 milhões no terceiro trimestre; receita teve alta de 58,5% no período

cardápio de balanços

Suzano, Fleury e Totvs: os balanços que mexem com o mercado nesta sexta

São empresas cujas ações fazem parte da carteira teórica do Ibovespa – ou seja, os resultados das companhias ajudam a calibrar o índice

Sucessão no bancão

Milton Maluhy Filho será o novo presidente do Itaú Unibanco

Maluhy tem 44 anos e ingressou no Itaú em 2002. Após passar por diversas funções, o executivo ocupa o cargo de vice-presidente da área de riscos e finanças do maior banco privado brasileiro.

Big Techs

Resultados de Facebook, Google, Amazon, Twitter e Apple mexem com o mercado; veja números

Apesar dos resultados estarem bastante acima do esperado pelos analistas, as ações de algumas das gigantes caíram no pós-mercado em NY

Rombo

Governo Central tem déficit de R$ 76,1 bilhões em setembro

O resultado, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, sucede o déficit de R$ 96,096 bilhões de agosto.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies