Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-05-27T19:41:44-03:00
seu dinheiro na sua noite

Os dias que contam no longo prazo da bolsa

27 de maio de 2020
19:41
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Semanas atrás recebi uma mensagem de um leitor espirituoso. Ele fazia menção a uma newsletter na qual eu falava sobre a característica de longo prazo nos investimentos em bolsa.

“Se é assim, então me avisa quando o longo prazo chegar que eu invisto”, ele escreveu.

Em maior ou menor grau de brincadeira, recebo várias questões semelhantes. Afinal, por quanto tempo preciso manter meu dinheiro para o investimento na bolsa valer a pena?

O problema é que o longo prazo varia na renda variável. Basta nos lembrarmos que o Ibovespa passou boa parte da década passada de lado ou em queda até entrar no “bull market” que durou até o começo deste ano.

O que eu posso dizer é que tentar acertar o momento certo de comprar e vender ações – como deseja o leitor que me mandou a mensagem – costuma ser a receita certa para perder ou deixar de ganhar dinheiro.

Ainda que a bolsa seja de fato um investimento de longo prazo, ficar de fora alguns poucos dias do mercado pode fazer a diferença no patrimônio que você pode construir ao longo do tempo.

Hoje foi mais um desses dias. O Ibovespa fechou em forte alta de 2,90%, o que representa quase tudo o que a renda fixa mais conservadora deve pagar em um ano. A valorização foi puxada por mais um caminhão de dinheiro em estímulos econômicos, desta vez por parte da União Europeia.

É importante dizer que a recuperação recente – que leva a bolsa a acumular alta de 9,24% em maio – nem de longe representa o fim da(s) crise(s) que enfrentamos.

A reação da economia na reabertura após a quarentena é só uma das incertezas no radar, sem falar na possibilidade ainda presente de uma segunda onda de casos de coronavírus.

Enquanto os investidores relevam esses riscos, o dólar segue firme na direção oposta da bolsa. A moeda norte-americana fechou em queda pelo sexto dia seguido e agora está abaixo dos R$ 5,30.

Saiba com o Victor Aguiar por que a moeda norte-americana vem rolando ladeira abaixo e tudo o que movimentou os mercados.

Chega o desemprego

Enquanto isso, na economia real, o efeito coronavírus no mercado de trabalho está ficando claro. O país perdeu 1,1 milhão de vagas com carteira assinada em dois meses, de acordo com os dados do Caged. Os números se referem ao acumulado entre os meses de abril e março, quando a pandemia paralisou atividades não essenciais. O Kaype Abreu detalha o retrato do (des)emprego nesta reportagem.

Abertura gradual

A economia de São Paulo vai voltar a funcionar. Mas aos poucos. O anúncio foi feito hoje pelo governador do Estado, João Doria, que mencionou que não se trata de “relaxamento”, mas um ajuste levando em conta peculiaridades regionais em uma “retomada consciente”. A reabertura gradual será feita em 5 fases distintas, a depender da região e da atividade econômica.

O negócio da carne vegetal

A Marfrig, não é de hoje, tem apostado no mercado de carne com base vegetal. Mais um passo nessa direção foi dado hoje: a empresa firmou acordo com a americana ADM para criar uma joint venture no ramo de produção e comercialização dos produtos. A companhia brasileira deterá 70% da companhia resultante do negócio, que espera aval de reguladores. Saiba mais detalhes sobre a operação.

Aliados na mira

Nada como um dia após o outro, com uma noite no meio. Após a Polícia Federal mirar o governador do Rio, Wilson Witzel, adversário de Jair Bolsonaro, hoje foi dia da corporação visitar aliados do presidente. O motivo? O inquérito das fake news no Supremo Tribunal Federal, que investiga ameaças, notícias falsas e ofensas à corte. Entre os alvos, estão Roberto Jefferson, Luciano Hang e o blogueiro Allan dos Santos.

A XP ficou cara

A XP Investimentos sem dúvida tem uma importância enorme para o mercado brasileiro, ao abrir uma alternativa de investimentos ao tradicional sistema bancário. Trata-se de um negócio formidável e ainda com grande potencial de crescimento. Não por acaso, atraiu todos os holofotes quando abriu o capital na Nasdaq no fim do ano passado. De todo modo, tudo tem um preço, e para o nosso colunista Felipe Miranda hoje não vale mais a pena comprar as ações da corretora. Saiba as razões nesta análise que ele preparou.

Uma ótima noite para você!

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Sextou com o Ruy

Existe vida na bolsa depois do topo, mas é preciso tomar cuidado com o “tudo ou nada”

O que os gestores vencedores têm de diferente das pessoas comuns é a capacidade de ajustar o portfólio de acordo com as condições de mercado e suas convicções

seu dinheiro na sua noite

Em fevereiro não tem Carnaval

Moro num país tropical, que eu já não sei se é abençoado por Deus, mas que é bonito por natureza. Mas no próximo mês de fevereiro, ao contrário do que diz a canção do Jorge Ben, não tem Carnaval. A festa foi cancelada pela pandemia. Mas tem outro evento muito aguardado, pelo menos para os […]

JOINT VENTURE

Wiz cria corretora de seguros com a distribuidora de veículos Caoa

Nova companhia terá direito de comercializar com exclusividade, na rede de distribuição controlada pela Caoa, produtos e serviços de seguridade por 20 anos

rodovias estaduais

BNDES aprova R$ 3 bi para lote PiPa, maior concessão rodoviária do País

Banco de fomento informou que o empréstimo cobrirá 58% do total de investimentos previstos nos sete primeiros anos de concessão

Fechamento

De novo ele! Risco fiscal não dá trégua e Ibovespa tem queda firme; dólar sobe a R$ 5,36

Lá fora, o dia foi misto, com os investidores pesando o entusiasmo com Biden e a cautela com a situação econômica na Europa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies