Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-15T11:21:06-03:00
Mais lidas

O caminho dos fundos imobiliários

15 de fevereiro de 2020
11:21
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Ontem eu publiquei uma matéria no Seu Dinheiro sobre como até as melhores aplicações ultraconservadoras (aquelas com liquidez diária e mínimo risco de calote) estão perdendo da inflação ou ficando no zero a zero. Você pode conferi-la aqui.

Mas por que estou falando deste assunto? A reportagem não ficou entre as mais lidas da semana, mas serve para ilustrar que, com a Selic em 4,25% ao ano, essas aplicações financeiras só estão servindo mesmo para abrigar nossas reservas de emergência.

Os órfãos do CDI estão tendo que se voltar para outros tipos de investimento, tanto para multiplicar o patrimônio quanto para gerar renda - se você é aposentado ou está perto de se aposentar, por exemplo, certamente esta é a sua maior preocupação no momento.

Neste cenário de juros baixos, um dos investimentos que despontaram foram os fundos imobiliários. Apesar de o investimento em ações também ser capaz de gerar renda, bem sabemos que o brasileiro não é lá muito afeito a este nível de risco. Os FII surgem, então, como uma alternativa “no meio do caminho” entre a renda fixa e a renda variável.

Afinal, fundos imobiliários são capazes de gerar renda periódica - muitos pagam rendimentos mensalmente -, com um grande grau de previsibilidade e do jeito que o brasileiro mais gosta: com isenção de imposto de renda.

Além disso, eles investem em um tipo de ativo que o brasileiro historicamente adora: imóveis. Ou seja, ainda há a possibilidade de ganho com a valorização e uma proteção contra a inflação.

Só que são muitos os FII com cotas negociadas na bolsa, e escolher os melhores nem sempre é tarefa fácil. Por isso, o Seu Dinheiro começou, neste ano, a publicar os três fundos imobiliários preferidos das corretoras que analisam o segmento e divulgam carteiras recomendadas desse tipo de produto.

A matéria com as indicações de fevereiro foi a mais lida da semana. O conteúdo está disponível exclusivamente para os nossos leitores Premium. Você pode destravar o seu acesso aqui.

Veja as 5 notícias mais lidas da semana:

1 - Os melhores fundos imobiliários para investir em fevereiro, segundo 6 corretoras

2 - Elon Musk cometeu erro de US$ 6 bilhões ao usar ações da Tesla como moeda

3 - IPO da Moura Dubeux levanta R$ 1,25 bilhão e ação sai precificada por R$ 19

4 - A estratégia da Totvs para derrotar a concorrência e continuar crescendo em 2020

5 - Dá para se aposentar com R$ 1 milhão?

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

O melhor do Seu Dinheiro

A vez dos shoppings voltou: está na hora de investir na ‘praia do paulistano’

Os shopping centers foram por muitos anos apelidados de “praia de paulistano”, principalmente por quem é de fora de São Paulo. Com o tempo e a explosão desses empreendimentos pelo Brasil, o apelido jocoso perdeu força, mas ainda comunica. O fato é que a tal praia do paulistano foi uma das mais duramente afetadas quando […]

COLUNA DO JOJO

Bolsa hoje: licença para gastar

Hoje, a UE deve divulgar as proporções da dívida sobre PIB dos membros para 2020 – os valores deverão ser volumosos, repercutindo a pandemia, que mudou a relação da atuação dos governos na economia

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro amplia queda após Paulo Guedes lavar as mãos para furo no teto de gastos e dólar vai acima de R$ 5,60

No panorama doméstico, o risco fiscal permanece no radar, enquanto a temporada de balanços segue no exterior

MELOU O NEGÓCIO

Ações da Evergrande saem de suspensão e despencam em meio a desacordo sobre venda de fatia da incorporadora

A própria empreiteira chinesa cancelou um acordo para a venda de uma participação de 50,1% em unidade de serviços imobiliários para a Hopson Development Holdings

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: exterior tem dia de correção e bolsa brasileira deve ter desempenho fraco por mais um dia após fala de Paulo Guedes sobre teto de gastos

Os balanços do exterior devem movimentar os negócios, com Evergrande de volta ao radar após fracasso na venda de uma subsidiária

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies