Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
2020-08-08T13:12:51-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: As ações preparadas para surfar a recuperação

Matéria da Ação do Mês foi a mais lida da semana no Seu Dinheiro

8 de agosto de 2020
13:12
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A taxa Selic foi reduzida a 2% ao ano na última semana, uma nova mínima histórica e, até bem pouco tempo atrás, um patamar inimaginável para os juros brasileiros. A cada dia que passa, mais e mais poupadores têm se preocupado em aprender mais sobre outros tipos de investimento que não os tradicionais fundos DI, CDBs e caderneta de poupança.

Bolsa de valores, que antes era considerado um assunto para iniciados, pessoas de espírito arrojado ou então quem tinha muito dinheiro, vem se tornando alvo de interesse até mesmo de pessoas que ainda nem bem entendem o que é de fato uma ação.

O brasileiro está passando por um processo de educação financeira que nem teria espaço quando ainda tínhamos juros de dois dígitos. Não será um processo fácil e sem percalços. Hoje mesmo, por exemplo, o nosso colunista Ricardo Mioto publicou um ótimo texto sobre as 10 mil pessoas físicas que perderam dinheiro com opções de Cogna nesta semana, muito incentivadas por influenciadores digitais e talvez sem entender direito o que estavam fazendo.

Mas, apesar da crise atual, que nos levou a esses juros tão baixos, é bom que, finalmente, estejamos aprendendo e mudando nossa mentalidade. Não surpreende, portanto, que frequentemente a nossa matéria sobre a ação preferida das corretoras para o mês figure na lista das mais lidas do Seu Dinheiro.

Nesta semana, a reportagem da minha colega Jasmine Olga foi a mais lida. O texto traz a indicação de uma ação que já foi patinho feio, mas virou cisne. Ela e outras três empresas muito recomendadas têm uma característica em comum, na visão dos analistas ouvidos: estão prontinhas para surfar a onda de recuperação econômica pós-crise.

A matéria da Ação do Mês é exclusiva para os assinantes Premium do Seu Dinheiro. Conheça os demais benefícios de se tornar Premium e saiba como destravar o seu acesso.

Veja as 5 notícias mais lidas da semana:

  1. As ações campeãs para o mês de agosto, segundo 13 corretoras
  2. VVAR3: Via Varejo sobe 25% em um mês e confirma previsão de analistas consultados pelo Seu Dinheiro
  3. Após defender balanço do efeito coronavírus, presidente do Bradesco mira retorno de volta aos 20%
  4. O pior já passou? Itaú tem lucro 40% menor no segundo trimestre, mas reduz provisões para perdas
  5. Spread no Tesouro Direto: o pedágio que come uma parte do seu rendimento
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

seu dinheiro na sua noite

Petróleo, minério e tudo que há de bom

Entre o fantasma do Orçamento com pedaladas, a besta da PEC “fura-teto”, o gigante da CPI da Covid e o monstro da pandemia, o Ibovespa conseguiu hoje engatar a terceira alta seguida e fechar acima dos simbólicos 120 mil pontos, marca que o índice não via desde fevereiro. Mas como pode? Bem, mais uma vez […]

hoje não

Hering rejeita proposta da Arezzo para potencial fusão

Segundo a Cia. Hering, a proposta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

FECHAMENTO

Commodities em alta levam o Ibovespa acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro; dólar recua

O clima incerto em Brasília segue assombrando os investidores, mas ainda assim a bolsa brasileira consegue fôlego com as commodities para se manter no azul

Combinação promete

Aura Minerals (AURA33): ouro e dividendos no mesmo investimento

Max Bohm, sócio e analista de Empiricus, enxerga um potencial enorme de crescimento na combinação oferecida pela mineradora

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies