Menu
Ricardo Mioto
Coluna do Mioto
Ricardo Mioto
Dados da Bolsa por TradingView
2020-08-21T20:13:06-03:00
Coluna do Mioto

Last Dance: Quando investir nos afasta de amigos e familiares

Se você prefere investir seu dinheiro do que gastar sem motivo, talvez comece a achar sua própria família ou alguns amigos meio bregas

22 de agosto de 2020
7:09 - atualizado às 20:13
Michael Jordan

Se você não assistiu ainda à série documental do Netflix sobre Michael Jordan, chamada “Last Dance”, recomendo que o faça.

A série mostra um Jordan implacável, obsessivo por ganhar, cobrando duramente os colegas de time a terem o mesmo empenho. Em uma situação, implica tanto com um outro jogador do Chicago Bulls que chegam a trocar socos em um treino.

Ele era assim mesmo quando novato. Recém-chegado no time, não quis participar de festinhas com álcool e drogas dos jogadores veteranos. Achava que ia prejudicar o seu desempenho. Acabou se livrando de todos eles.

Ele não estava preocupado em perder a amizade. Se esse era o preço de ganhar em quadra, que se dane se não gostassem dele.

O que isso tem a ver com dinheiro?

Muito, como a gente discutiu no último episódio do podcast Empiricus Puro Malte, que foi ao ar ontem -- você pode ouvir no Spotify neste link.

Claro que você não vai dar soco nos outros (por favor, né), mas a construção de patrimônio pode afastá-lo de muitas pessoas, seja você um investidor ou um empreendedor.

Se você prefere investir seu dinheiro do que gastar sem motivo, talvez comece a achar sua própria família ou alguns amigos meio bregas.

De todos os e-mails de assinantes da Empiricus que já vi, o meu favorito é o de uma mulher de cerca de 50 anos. Ela contava ter uma carteira diversificada, com ações, fundos imobiliários, renda fixa e dólares. “Comecei com 228 mil e hoje estou chegando nos 700 mil”, dizia ela. “Faço aportes mensais e reinvisto tudo que entra de dividendos e renda dos fundos.”

“Mas o que eu queria contar mesmo era isto: nesta semana, conversando com minhas amigas de trabalho, uma contou que fez botox e preenchimento com ácido. A outra fez luzes no cabelo, hidratação e comprou um monte de produtos caros. Elas perguntaram: e você? Eu disse: comprei um lote de ALUP11 [Alupar, de energia elétrica] e umas cotas de fundos imobiliários. Posso não ser a mais bonita, mas com certeza sou a mais independente.”

Eu me sinto um pouco assim quando encontro alguns familiares.

Sinceramente, não tenho o menor interesse em qual carro eles compraram. Se você precisa de um carro zero financiado para se sentir amado, é melhor ir ao psicólogo do que à concessionária. Isso quando não começa o papo sobre quanto custou o metro quadrado de uma tal pedra qualquer de gosto duvidoso que a pessoa colocou no banheiro.

Se você for empreender, como apontou o Felipe Miranda no podcast, pode passar por problemas similares. Muitas vezes amigos montam uma empresa, mas o sucesso faz com que a amizade se perca porque um dos sócios quer mais desempenho e compromisso dos outros.

“A lição mais geral do Jordan é que o sucesso extremo pode ser ambivalente. Tem muitas histórias de super empreendedores que brigam com o cara que era padrinho do filho e coisas do tipo”, ele disse.

Não se trata, claro, de sugerir que você se afaste da família e dos amigos nem que brigue com os sócios. Ninguém é feliz sozinho, tenha o dinheiro que tiver, e a tolerância é uma grande virtude.

São apenas os difíceis equilíbrios da vida: não se pode ter tudo, e o sucesso em alguns campos implica desafios ou renúncias em outros. Jordan já sabia.

Escute o Empiricus Puro Malte:

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

ARQUIVADO

CVM faz acordo de R$ 660 mil com BTG Pactual para encerrar processo

Ação da autarquia era relacionada à posição do banco em BDRs da PPLA Participations

O melhor do seu dinheiro

A Selic em área de turbulência, dividendos da Weg (WEEG3), desdobramentos da Evergrande e outros destaques do dia

No jargão do setor aéreo, o Plano de Voo é o documento que traz as principais informações a respeito da rota planejada pelo piloto de uma aeronave. Chega a ser curioso o fato de o presidente do Banco Central usar a mesma expressão ao se referir ao processo de ajuste da taxa básica de juros […]

Coluna do jojo

Bolsa hoje: A boa e velha Super Quarta está de volta

Conclusão da reunião do Fed nos EUA, decisão de política monetária no Brasil, desdobramento dos precatórios e mais; confira todos os destaques que movimenta os mercados

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: exterior mantém fôlego mesmo com ‘Super Quarta’ e bolsa brasileira deve ficar de olho em precatórios e reforma do Imposto de Renda

A divulgação da política monetária do BC americano deve movimentar os negócios, enquanto no cenário local, a autoridade brasileira pode elevar ainda mais a Selic

Portfólio integrado

Vitreo vai permitir importação de investimentos de fundos para aplicativo de consolidação da carteiras e Real Valor

A corretora será a primeira a disponibilizar a integração automática com o aplicativo de sincronização de ativos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies