Menu
Richard Camargo
Aposente-se aos 40 (ou o quanto antes)
Richard Camargo
Formado em Economia pela Universidade de São Paulo, Richard trabalhou por 5 anos na área tecnológica até chegar na Empiricus.
2020-12-14T09:52:52-03:00
O MUNDO DOS GAMES

Mais que um jogador, um investidor: como os games podem te fazer ganhar dinheiro

Talvez o papo seja de adolescente, mas o dinheiro envolvido é de gente grande.

13 de dezembro de 2020
5:50 - atualizado às 9:52
Gamer
Imagem: Shutterstock

Olá, seja bem-vindo ao nosso papo de domingo sobre Aposentadoria FIRE® (Financial Independence, Retire Early). 

Sempre respeitando a tolerância de cada um, é muito difícil pensar num plano de aposentadoria precoce (independência financeira) sem incluir vetores de risco que possam multiplicar por várias vezes o capital investido. 

Vetores não faltam: ações, fundos imobiliários, criptomoedas, câmbio… 

Porém, desde Richard Thaler, sabemos que nem sempre é bom ter tantas opções assim. 

Escolhas demais podem nos paralisar. É o problema de passar 45 minutos escolhendo um filme de 1h30 no Netflix.

Isso sem falar na eterna síndrome de vira-lata, de correr atrás do próprio rabo, trocando de ações toda semana, sempre chegando atrasado nas narrativas que dominam o mercado.

Se você procura por um vetor de risco, num dos segmentos com maior potencial de crescimento para os próximos anos, eu vou te ajudar a passar pela etapa de seleção. 

A seguir, faço uma dupla filtragem para você: o setor e o veículo de investimento.

Os consumidores de amanhã

No esporte, o segundo lugar é muitas vezes visto como o primeiro dos perdedores. Especialmente em esportes coletivos, como futebol. 

No mercado financeiro, pelo contrário, a segunda, a terceira, a quarta e todas as demais grandes valorizações são idolatradas pelos investidores. Não à toa. 

Esse nunca é um jogo de soma zero, em que um único vencedor captura todo o retorno possível no mercado. 

Por isso, eu não quero que você encare isso como um “all in”, um tudo ou nada, mas o setor que mais anima para os próximos 5 anos é o setor de games. 

Como assim? 

Talvez o papo seja de adolescente, mas o dinheiro envolvido é de gente grande. 

Muito grande. 

A indústria de games, diferente por exemplo da música, passa por ciclos de inovações viabilizados pela tecnologia. 

A maneira como ouvimos música hoje não é muito diferente do como o fazíamos há 10 anos. O produto é o mesmo, mudou apenas a maneira como pagamos por ele.

Na música, os modelos de negócio, ao longo do tempo, foram combativos, e não acretivos.  

O jukebox morreu pelas mãos do rádio, que sucumbiu ao serviço em “on demand” do discman. Depois veio o Ipod, o MP3 e chegamos ao Spotify. Em cada uma dessas etapas, o mesmo produto tornou-se cada vez mais barato. 

Na indústria de games, pelo contrário, a tecnologia tem criado, e não destruído mercados.  

Além dos tradicionais consoles, os games são negócios milionários monetizáveis de inúmeras formas diferentes: anúncios, assinaturas, conteúdos customizáveis, pay to win…

Um dos jogos mais rentáveis do mundo (estima-se) é gratuito. O Fortnite.

Rentável e gratuito?

Sim.

O modelo de negócios em que o jogo é gratuito, mas a monetização é feita com canais indiretos, como propaganda, acessórios e eventos, mudou o patamar da indústria.

Do Fortnite ao Candy Crush, o mundo dos jogos têm movimentado dezenas de bilhões de dólares anualmente, num ritmo de crescimento similar ao da infraestrutura em nuvem.

Mesmo modelos de negócios “tradicionais”, em que você paga uma única vez pelo jogo, continuam em crescimento.

O gráfico abaixo compila o retorno das ações da Take Two, proprietária da RockStar Games, que por sua vez, é dona da franquia GTA.

Claro que retornos passados não são garantia de retornos futuros, mas o futuro da indústria de games anima investidores no mundo inteiro.

O jogo certo

É sempre tentador procurar o próximo grande sucesso.

Nesse universo, o equivalente do próximo Minecraft ou Roblox.

Por natureza, esse próximo grande sucesso, ou está incubado num dos maiores estúdios e publishers da indústria (listados em Bolsa), ou está sendo desenvolvido exatamente agora, num fundo de garagem.

Na minha opinião, o melhor cavalo para esta corrida é apostar no maior número possível de cavalos.

Um fundo temático que seleciona ações de empresas do setor no mundo inteiro é o Tech Games, da gestora Vitreo.

Além dele, existem ETFs diversos para quem puder acessar uma corretora estrangeira.

No fundo da Vitreo, o investimento mínimo é de R$ 5 mil e você consegue se expor a esse vetor de enorme crescimento.

Disclaimer: eu mesmo, na minha pessoa física, possuo investimentos no fundo Tech Games da Vitreo. 

Um abraço!

Disclaimer:

A Empiricus é uma Casa de Análise, que produz e entrega publicações periódicas, regularmente constituída e credenciada perante CVM e APIMEC, e detém participação societária na Seu Dinheiro. Esta coluna reproduz a opinião de seu autor. A Empiricus e a Vitreo têm uma relação comercial pautada na transparência e na independência, e estão em processo de celebração de transação societária, para tornarem-se parte do mesmo grupo econômico. Esta operação está sujeita à aprovação do BACEN. Retornos passados não são garantia de retornos futuros. Investimentos envolvem riscos e podem causar perdas ao investidor.

 
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Confiança em alta

Casa Branca não vê fator gerador de inflação que Fed não possa controlar

A presidente do Conselho de Consultores Econômicos do governo ressaltou que é importante focar nas tendências para os índices ao invés de oscilações semanais ou mensais

Política monetária em detalhes

Diretor do BC afirma que Selic em 2% não era mais necessária e defende centro da meta inflacionária

Bruno Serra explicou que a retomada da atividade econômica foi mais rápida do que se imaginava e justificou a elevação da taxa básica de juros

ESTRADA DO FUTURO

O que rola nos bastidores de uma startup de sucesso: uma conversa com Paulo Veras, ex-CEO e fundador da 99Taxi

Na edição desta semana do Tela Azul, recebemos o Paulo Veras, ex-CEO e fundador da 99Taxi.

Receita Federal dos EUA

Binance é investigada por manter contas suspeitas de lavagem de dinheiro nos EUA

Desde 2019, a Binance não oferece mais serviços de trading de criptomoedas para quem mora nos Estados Unidos

Sobe e desce da commodity

Dia de correção: minério de ferro cai forte e derruba ações da Vale e siderúrgicas

As ações da Vale, Gerdau, Usiminas e CSN estão entre as maiores baixas do Ibovespa hoje, influenciadas pela cotação do minério de ferro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies