Menu
2020-01-23T07:45:17-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
RECUPERAÇÃO EXTRAJUDICIAL

Recuperação extrajudicial da Triunfo é suspensa pela 1ª Câmara do Tribunal de Justiça de São Paulo

Hoje, os papéis da companhia terminaram o dia cotados em R$ 2,07, o que representa uma alta de 11,29%. Apenas em janeiro, os papéis da Triunfo já subiram 22,49%

22 de janeiro de 2020
21:06 - atualizado às 7:45
triunfo
Imagem: YouTube

A Triunfo Participações (TPIS3), que opera várias concessões de infraestrutura no País, informou hoje (22) ao mercado que os seus planos de recuperação extrajudicial serão suspensos, a partir de amanhã. A medida passará a valer após decisão da 1ª Câmara Reservada de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Segundo o fato relevante, os votos dos julgadores dos recursos de apelação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e InfraBrasil levaram à reforma da sentença de primeira instância que havia homologado os planos. Com isso, ambos foram suspensos.

"Dessa forma, com efeito a partir de 23 de janeiro de 2020, os PREs da Companhia e outras, bem como o da Concer, encontram-se suspensos, fazendo com que os créditos abrangidos retornem às condições precedentes. Adicionalmente, os credores contemplados no Leilão Reverso realizado em 20 de março de 2018 deverão depositar judicialmente os valores recebidos", destacou a empresa no comunicado.

Hoje, os papéis da companhia terminaram o dia cotados em R$ 2,07, o que representa uma alta de 11,29%. Apenas em janeiro os papéis da Triunfo já subiram 22,49%.

Entenda o processo

A Triunfo Participações e Investimentos (TPI) teve o seu pedido de recuperação extrajudicial homologado pela Justiça em fevereiro de 2018. A companhia tenta reestruturar mais de R$ 2,4 bilhões em dívidas financeiras, segundo informações do jornal Valor Econômico e que são referentes a 2017.

Na época, também foram aprovados os planos de recuperação extrajudicial de outras empresas como a da subsidiária Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora - Rio (Concer).

O BNDES é o maior credor da TPI e tem mais de R$ 1 bilhão a receber. Já a InfraBrasil tem uma fatia menor, de R$ 65 milhões, de acordo com informações do jornal.

Hoje, a TPI possui entre os seus negócios a concessão rodoviária da BR-153, em São Paulo, e uma parte da Tijoá, que é responsável pela operação da usina hidrelétrica de Três Irmãos (SP).

Além disso, o grupo Triunfo controla - juntamente com a UTC -, o aeroporto de Viracopos, uma concessão que está em recuperação judicial, mas que as dívidas não têm qualquer tipo de relação com o processo da TPI.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Seu Dinheiro na sua noite

Mamãe eu quero, mamãe eu quero dólar…

Quem me acompanha há algum tempo aqui na newsletter já deve me conhecer o suficiente para não se chocar com a revelação que vou fazer a seguir: eu não sou um grande fã de Carnaval. Mas se você curte sair nos blocos que vão invadir as ruas da cidade e fazer outras estripulias nos próximos […]

De olho no comércio

Procon vê irregularidades em preços e nos estacionamentos de lojas da Swift, da JBS

Produtos apresentavam apenas o valor do quilo, obrigando consumidor a fazer cálculos para saber quanto custa cada peça

Recorde atrás de recorde

Dólar sobe pelo quinto dia, cruza pela primeira vez os R$ 4,40 e avança mais de 2% na semana

Pressionado pela aversão ao risco no exterior e pela cautela com o cenário político doméstico, o dólar à vista atingiu novas máximas na semana e rompeu a barreira dos R$ 4,40 no momento de maior tensão. O Ibovespa também teve uma semana de maior estresse, recuando 0,61% desde segunda-feira

Enfim, consenso

Petrobras sela acordo com funcionários e põe fim à greve que durou 20 dias

Acordo foi possível após reunião de conciliação que começou na manhã desta sexta-feira

ONDE INVESTIR

Vale a pena investir em Ações Microcaps?

Max Bohm explica por que ele acredita que comprar as pequenas notáveis da bolsa é o melhor investimento do mundo.

Epidemia mundial

Coronavírus aumenta impacto sobre produção do setor eletroeletrônico, diz Abinee

57% das empresas associadas já enfrentam problemas no recebimento de materiais, componentes e insumos

Texto pronto!

Bolsonaro assina proposta de reforma administrativa que enviará após o carnaval

Presidente retirou do texto analisado a proibição ao servidor público de se filiar a partido político

Ouça o que bombou na semana

Podcast Touros e Ursos: O peso do dólar a R$ 4,40

No Podcast Touros e Ursos dessa semana, a equipe do Seu Dinheiro discute a nova onda de valorização do dólar à vista, levando a moeda americana ao nível inédito de R$ 4,40. Os repórteres também falam sobre o clima mais tenso visto nos mercados globais e os balanços de Petrobras, Vale e IRB. Confira os […]

Abrindo capital

Ambipar registra pedido de IPO na CVM

Serão realizadas ofertas públicas de distribuição primária e secundária de ações ordinárias da empresa, com esforços de colocação no exterior

De qualquer jeito

Governador de MG diz que segue firme na ideia de aderir ao regime de recuperação fiscal

Ideia é aderir ao plano mesmo com os reajustes previstos aos servidores da segurança pública no Estado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements