⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-01-30T08:20:20-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Esquenta dos mercados

Agenda cheia compete com noticiário em torno do coronavírus

Enquanto aguardam a decisão da OMS sobre o risco de uma emergência global por conta do coronavírus, investidores ficam de olho na agenda de indicadore s

30 de janeiro de 2020
7:51 - atualizado às 8:20
Ampulheta e calendário
Imagem: Brian A Jackson/Shutterstock

O dia caminha para ser mais um pautado pelas notícias envolvendo o coronavírus e seu avanço pelo mundo. Mas, a agenda recheada de indicadores econômicos, principalmente no exterior, divide a atenção dos investidores.

Primeiramente, a convocação de uma reunião de emergência pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para decidir se declara emergência global fica no radar.

No Brasil, temos a divulgação do IGP-M de janeiro (8h). O ministro Paulo Guedes e o presidente da Câmara Rodrigo Maia participam de evento do Centro de Ldierança pública, em São Paulo.

Nos Estados Unidos, é dia da leitura preliminar do PIB do 4º trimestre e o número de pedidos semanais de auxílio-desemprego. A agenda de divulgação de balanços corporativos também estará movimentada no país.

Antes de iniciar oficialmente o processo do Brexit, o BC inglês divulga a sua decisão de política monetária.

Nada muda

Ontem, o Federal Reserve confirmou que irá manter o juro na faixa entre 1,5% e 1,75%. Segundo Jerome Powell, presidente do Fed, a política monetária do país dependerá da volta da inflação à meta ofical de 2%.

O Ibovespa repercutiu pouco a decisão do BC americano e caiu 0,94%, aos 115.384,84.

A ameaça do coronavírus também foi endereçada pela instituição e o tom cauteloso não agradou os mercados. Powell disse acreditar que haverá implicações, mas disse ser cedo para determinar o tamanho do estrago a ser causado na economia pela doença.

Mais um dia vermelho

Conforme a epidemia do coronavírus avança, os mercados continuam refletindo cautela com o cenário. A doença já ocasionou mais de 170 mortes na China e 7.711 pessoas foram infectadas.

Na Ásia, as bolsas registraram perdas significativas. Vale lembrar que o mercado acionário chinês segue fechado e só volta a funcionar na segunda-feira (03).

Sinalizando o que parece ser mais um dia complicado para os mercados globais, os índices futuros das bolsas de Nova York amanhecem em queda.

Na Europa, as bolsas caem na abertura e aguardam a decisão do Banco Central inglês sobre a taxa de juros.

Foco nos balanços

Lá fora, hoje é dia de conhecer os resultados de Coca-Cola, Verizon, Amazon e Visa.

Ontem foi dia do Santander Brasil divulgar os seus resultados do quarto trimestre de 2019.

O banco reportou um lucro gerencial de R$ 3,726 bilhões, uma alta de 9,43% na base anual. No acumulado do ano o ganho foi de R$ 14,55 bilhões. Um avanço de 17,4% em relação a 2019.

Depois de subir 3,01% no começo do dia, as ações SANB11 fecharam em queda de 1,86%.

Plantão Petrobras

A Petrobras pediu desligamento do Programa Destaque em Governança de Estatais da B3, do qual fazia parte desde 2017.

A petroleira também informou que a indicação de Maria Claudia Guimarães foi aprovada para o conselho.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) contestou a Petrobras sobre a ilegalidade da greve marcada para o próximo sábado. A FUP reafirmou os seus argumentos de que a petroleira descumpriu a cláusula 26 do acordo coletivo de trabalho (ACT). A greve continua marcada para ter início no próximo sábado.

Fique de olho

  • Ânima precificou seu follow on em R$ 36,25 e captou R$ 1,1 bilhão.
  • A assembleia de credores da Odebrecht Finance foi marcada para 12 de fevereiro e prometeu um plano de recuperação judicial até 13 de março.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

CENTRAL DAS ELEIÇÕES

Eleições 2022: Confira as agendas de campanha de Lula e Bolsonaro nesta quinta-feira

6 de outubro de 2022 - 8:02

Acompanhe a cobertura ao vivo das eleições 2022 com as principais notícias sobre os principais candidatos à Presidência e nos Estados

DE OLHO NA BOLSA

Esquenta dos mercados: Eleições pressionam Ibovespa enquanto bolsas no exterior aguardam ata do BCE e dados de emprego nos EUA

6 de outubro de 2022 - 7:39

Os investidores aguardam os números de emprego nos Estados Unidos antes do payroll de sexta-feira

ESTRADA DO FUTURO

Uma nova safra de balanços vem aí: o que esperar dos resultados das maiores empresas de tecnologia do mundo?

6 de outubro de 2022 - 6:39

Há uma enorme diferença entre as expectativas para Amazon, Apple, Google e Microsoft; o mais importante é o que elas têm a dizer sobre os próximos trimestres

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Embate entre Opep+ e Biden, nova pesquisa do Ipec e a pedra no sapato da Oi (OIBR3); confira os destaques do dia

5 de outubro de 2022 - 19:16

A decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) de cortar a produção em dois milhões de barris por dia (bpd) para manter o mercado estável não agradou o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. Com a inflação batendo insistentemente em sua porta e uma resistência da alta dos preços aos remédios […]

CONSOLIDAÇÃO

Líder em consolidação no setor de saúde, Hapvida (HAPV3) compra operadora de baixo custo por R$ 120 milhões

5 de outubro de 2022 - 18:57

A compra será feita por meio da subsidiária Intermédica e custará cerca de R$ 120 milhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies