Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-14T15:59:51-03:00
Estadão Conteúdo
Sob nova direção

Via Varejo tira diretora do Magazine Luiza

Roberto Fulcherberguer, presidente da companhia, prometeu reduzir o espaço que a dona da Casas Bahia e do Ponto Frio vem perdendo para o Magazine Luiza

3 de julho de 2019
8:04 - atualizado às 15:59
Fachada da loja Casas Bahia, rede pertencente à Via Varejo (VVAR3/VIIA3)
Casas Bahia é uma das redes de lojas operadas pela Via (ex-Via Varejo) - Imagem: Shutterstock

A Via Varejo, novamente sob o controle da família Klein, escolheu o executivo Roberto Fulcherberguer como presidente da companhia e começou a fazer uma ofensiva sobre executivos da concorrência, em especial do Magazine Luiza, rede que tem crescido e conquistado claramente a preferência do mercado financeiro.

Foi na rival que a Via Varejo encontrou o nome para tocar sua operação online: Ilca Sierra, que estava no Magazine havia 10 anos e comandava a área de marketing multicanais da varejista. A atuação online é considerada uma das principais deficiências da Via Varejo. A companhia anunciou ainda a contratação de cinco outros executivos, com passagens por varejistas como Walmart e Carrefour.

Em vídeo divulgado pela Via Varejo para funcionários na segunda-feira, Fulcherberguer, que atua no varejo há mais de 20 anos, com passagens por companhias como Arapuã e Pão de Açúcar, prometeu reduzir o espaço que a dona da Casas Bahia e do Ponto Frio vem perdendo para o Magazine Luiza.

Endereçando diretamente o fato de a Via Varejo ter cedido espaço nos últimos anos para a vice-líder do setor, Fulcherberguer afirmou que “tem alguma coisa errada” com a proprietária da Casas Bahia. “Vendemos R$ 10 bilhões a mais do que nossa principal concorrente, mas eles valem R$ 34 bilhões a mais na Bolsa”, disse.

Fulcherberguer também criticou a gestão do GPA. “Temos de voltar a fazer o básico bem feito”, disse. “Vamos ter um rumo certo e preciso porque a Via Varejo tinha um rumo a cada ano.”

Demandas

Desde 2013, quando deixou a vice-presidência comercial da Via Varejo, Fulcherberguer atuava só no conselho da varejista. Ele também afirmou que haverá mudanças na atuação online e prometeu reformas nas lojas, mas não “do dia para a noite”. “Sei que tem muita demanda por fachada nova, por ar condicionado, por reforma de piso”, afirmou.

Com a saída do Grupo Pão de Açúcar da sociedade da varejista de eletrodomésticos, um total de 12 altos executivos serão substituídos. O ex-presidente da Via Varejo Peter Estermann, que segue à frente do GPA, renunciou ao cargo após a saída do grupo do rol de acionistas da empresa de eletrodomésticos.

Tirar a atual vantagem do Magazine Luiza será uma corrida ladeira acima. Segundo dados de 2018, a Via Varejo é maior do que o Magazine Luiza, com receita bruta de mais de R$ 30 bilhões. Mas a empresa está bem atrás em lucratividade e relevância no mundo online: enquanto a concorrente arrecada 38% das receitas na internet, a Via Varejo só soma 19%.

Procurada, o Magazine Luiza não quis comentar.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Petrobras privatizada vira possibilidade, Itaú revisa projeções para o Brasil e outros destaques

A proximidade do ano eleitoral não aprofunda apenas as discussões sobre o aumento de gastos do governo com medidas assistencialistas, como o Auxílio Brasil e o auxílio aos caminhoneiros, confirmados na semana passada após uma manobra no teto de gastos. Com outubro engatando a reta final, restam poucas folhas no calendário de 2021 e oportunidades […]

privatização no radar

Petrobras (PETR4) pede que governo explique estudo para venda de ações; papéis dispararam mais de 6% com rumores sobre privatização

Mais cedo, Bolsonaro reafirmou que a privatização “entrou no radar” do governo, mas destacou que o processo é uma “complicação enorme” e não deve sair tão cedo

FECHAMENTO DO DIA

Petrobras na mira da privatização ajuda Ibovespa a recuperar parte das perdas recentes e bolsa sobe 2%; dólar cai a R$ 5,56

Os investidores começam a semana ainda digerindo a confirmação do rompimento do teto de gastos, mas como a situação deixou de ser especulativa, abriu espaço para uma recuperação puxada pela Petrobras

FINANCIAL PAPERS

Polêmica com vazamentos não afeta balanço do Facebook (FBOK34) e ações avançam em NY

Mais cedo, o noticiário sobre a empresa era dominado por notícias menos favoráveis com a divulgação dos “The Facebook Papers”

Vídeo

All time high do Bitcoin: como fica o mercado de criptos com a principal moeda em alta?

Analista de criptomercado comenta sobre a situação atual desse cenário

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies