🔴 [TESTE GRÁTIS] NOVO APP PODE GERAR ATÉ R$ 680 POR DIA COM 3 CLIQUES – CONHEÇA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Antes do balanço

Após Brumadinho, Vale registra queda de 92,8 milhões de toneladas em sua produção

Produção de pelotas também foi impactada em 11 milhões de toneladas, representando 20% da produção anual. Números relativo ao minério de ferro teve crescimento de 4,9% no ano.

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
26 de março de 2019
11:44 - atualizado às 11:59
Celular mostra tela com logo da mineradora Vale
Imagem: Shutterstock

A Vale divulgou o seu primeiro relatório de produção após o rompimento da barragem de Brumadinho, em janeiro. Em documento liberado hoje (26), a empresa estimou o impacto de 92,8 milhões de toneladas na produção anualizada de minério de ferro. O balanço da mineradora deve ser divulgado nesta quarta-feira (27).

No detalhamento, a empresa quantifica as perdas, sendo 40 milhões referentes aos complexos de Vargem Grande, Fábrica e da mina Córrego do Feijão, 30 milhões de toneladas da mina de Brucutu, 12 milhões da mina de Timbopeba e 10 milhões de toneladas referentes a mina Alegria.

A produção de pelotas também foi impactada em 11 milhões de toneladas após a paralisação das plantas de Fábrica e Vargem Grande, totalizando 20% da produção anual.

Produção do quarto trimestre

A companhia adiantou os números referentes a sua produção e volume de vendas no 4º trimestre de 2018. Minério de ferro totalizou 101,0 milhões de toneladas no 4º trimestre, fechando o ano com o total de 384,6 milhões de toneladas em 2018. A produção do trimestre ficou 3,8% abaixo do apresentado no período anterior, mas fechou o ano com um crescimento de 4,9% no comparativo com 2017.

A produção trimestral de pelotas ficou em linha com as estimativas, totalizando 15,8 milhões de toneladas. No anual, a produção foi de 55,3 Mt , com crescimento de 9,9% relativo ao ano anterior. Manganês cresceu 2,7% com relação ao  terceiro trimestre, mas apresentou queda de 15,7% no anualizado.

A produção de carvão caiu 2,7% com relação ao 3º trimestre de 2018, mas apresentou um crescimento de 20,7% ante ao mesmo período do ano passado. O crescimento anual foi de 3,1%.  Com queda de 9,8% com relação a 2017, o cobre teve um crescimento de produção de 16,2% comparado ao 3º trimestre de 2018. O negócio de níquel passou por um processo de transição, totalizando uma produção de 244,6 toneladas em 2018, 15,1% menor do que em 2017.

Ouro, cobalto e cobre também apresentaram quedas na comparação anualizada com 2017, com queda de 1,6%, 12,4% e 9,8%, respectivamente.

Quanto ao volume de vendas, finos de minério de ferro e de pelotas totalizaram 96,5 milhões de toneladas no 4º trimestre. O volume de vendas de minério de ferro ficou 4,1% abaixo do apresentado no terceiro trimestre pela adiamento de vendas para fins de otimização de margem no 1º trimestre de 2019, mas fechou 2018 com um volume de 308,9 milhões de toneladas. Venda de pelotas teve crescimento de 12,2% em comparação ao período anterior. Os produtos premium representaram 84% do total das vendas do 4º trimestre e 82% na média anualizada.

 

Compartilhe

ESTÁGIO E TRAINEE

Twitter, Vale e Americanas têm processos seletivos abertos para estágio e trainee; veja oportunidades com bolsas-auxílio de até R$ 7 mil

12 de setembro de 2022 - 13:35

Os processos seletivos aceitam candidaturas até outubro, com início previsto a partir de janeiro de 2023

A SEMANA NA B3

Vale (VALE3) dispara mais de 10% e anota a maior alta do Ibovespa na semana, enquanto duas ações de frigoríficos dominam a ponta negativa do índice

10 de setembro de 2022 - 13:40

Por trás da alta da mineradora e da queda de Marfrig (MRFG3) e Minerva (BEEF3) estão duas notícias vindas da China

A NATA DA B3

Assaí (ASAI3) é a ação mais recomendada para setembro por 13 corretoras; veja a lista dos papéis preferidos dos analistas

5 de setembro de 2022 - 7:03

A empresa, que antes fazia parte da do grupo Pão de Açúcar, estreou na B3 em março do ano passado e acumula ganhos de quase 34% desde então

ALÔ, ACIONISTAS

A coroa é dela: Petrobras (PETR4) vence Nestlé e se torna a maior pagadora de dividendos do mundo; Vale (VALE3) deixa o top 10

24 de agosto de 2022 - 13:02

Segundo o Índice Global de Dividendos da gestora Janus Henderson, a petroleira superou gigantes como a Microsoft e a Apple

Exclusivo Seu Dinheiro

Depois de bons resultados nos setores de gás e energia, gigante de infraestrutura está conquistando espaço, também, na mineração – e promete assustar a Vale (VALE3)

22 de agosto de 2022 - 11:00

Um crescimento mínimo de 50%: é isso que time de analistas espera para uma ação que custa, hoje, 20% a menos do que sua média histórica; saiba como aproveitar

Não brilha mais?

Vale (VALE3) perdeu o encanto? Itaú BBA corta recomendação de compra para neutro e reduz preço-alvo do papel

17 de agosto de 2022 - 12:34

Queridinha dos analistas, Vale deve ser impactada por menor demanda da China, e retorno aos acionistas deve ficar mais limitado, acredita o banco

FECHAMENTO DO DIA

Ajudado pela Petrobras (PETR4), Ibovespa sobe hoje e encerra o mês com alta de 4,7%; dólar recua 1,1% em julho

29 de julho de 2022 - 18:19

Veja tudo o que movimentou os mercados nessa sexta-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo e as ações com o melhor e o pior desempenho do Ibovespa

FEITAS DE FERRO E AÇO

Ações de Vale e Usiminas são castigadas após balanço, mas não é hora de vender VALE3 e USIM5

29 de julho de 2022 - 14:37

As duas gigantes do setor de siderurgia divulgaram resultados financeiros do segundo trimestre nas últimas 24 horas e os investidores não gostaram do que viram — entenda por que a recomendação é de ter esses papéis em carteira

BALANÇO

Lucro líquido da Vale (VALE3) cai quase 50% no segundo trimestre, mas mineradora anuncia mais de R$ 16 bilhões em dividendos — veja os destaques do balanço

28 de julho de 2022 - 18:32

A bolada, que equivale ao valor bruto de R$ 3,572056566 por ação, será destinada aos detentores de papéis da companhia em 11 de agosto

ATENÇÃO, ACIONISTA

Vale (VALE3) vai pagar mais de R$ 16 bilhões em dividendos e data de corte está próxima; veja como receber

28 de julho de 2022 - 18:18

O pagamento está marcado para 1º de setembro, no caso das ações VALE3, e 9 de setembro para os ADRs; confira os detalhes

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar