🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
tem espaço pra mais

Mais um unicórnio: brasileira Loggi confirma aporte de US$ 150 mi e agora é avaliada em US$ 1 bi

Ao contrário de outras iniciativas do mesmo setor, como iFood e Rappi, que voltam sua operação a entregas expressas, o forte da empresa são envios de documentos e comércio eletrônico

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
6 de junho de 2019
8:36 - atualizado às 8:39
loggi
Ao contrário de empresas como iFood e Rappi, que voltam sua operação a entregas expressas, o forte da Loggi são envios de documentos e comércio eletrônico - Imagem: Loggi/Divulgação/Instagram

O setor de entregas vai tão bem no País que vem dele o mais novo unicórnio. A startup Loggi confirmou ter recebido uma nova rodada de investimentos de US$ 150 milhões, liderada pela SoftBank e pela Microsoft.

Com o aporte, a empresa passou a ser avaliada por fundos estrangeiros (como GGV, Fifth Wall e Velt Partners, também participaram da rodada de investimentos) em US$ 1 bilhão. 

Ao contrário de empresas como iFood e Rappi, que voltam sua operação a entregas expressas, o forte da Loggi são envios de documentos e comércio eletrônico. A empresa atua também na entrega de refeições com parceiros específicos, como McDonald’s, por exemplo, numa área menor.

Os recursos, segundo a startup, serão utilizados para desenvolver o time de pesquisa e desenvolvimento da Loggi. Em comunicado, a empresa diz que pretende montar uma equipe com mais de mil funcionários na área de tecnologia - em especial, em inteligência artificial e robótica.

Ao todo, hoje a startup tem cerca de 700 pessoas. Num futuro próximo, almeja chegar a 1,5 mil.

Entrega no dia seguinte

Outro objetivo da empresa é promover, para todo o território brasileiro, o que chama de "entrega no dia seguinte" - o usuário faz uma compra pela internet em um dia e recebe o produto no próximo.

Hoje, a empresa faz 100 mil entregas diárias no País, único mercado no qual atua - em 2017, realizava metade disso. Nos próximos cinco anos, a meta é de chegar a até 5 milhões de entregas diárias.

Atualmente, a Loggi consegue enviar entregas a partir de 23 cidades ou macrorregiões brasileiras, com 25 mil entregadores espalhados pelo País.

Sexta vez é ainda melhor?

ALoggi já levantou seis rodadas de aportes, cuja soma chega a US$ 295 milhões. Entre os investidores da empresa, há ainda fundos como Monashees, Kaszek Ventures e Qualcomm Ventures.

Em outubro, o Vision Fund, também liderado pelo grupo japonês, aportou US$ 100 milhões na startup brasileira. Foi o primeiro investimento da japonesa no País, antes de iniciar o Innovation Fund, que vai aportar US$ 5 bilhões em startups latinas nos próximos anos.

A reportagem do jornal Estadão informa que procurou pela SoftBank, que não comentou o novo investimento.

Sem surpresas

Para o empreendedor Felipe Matos, autor do livro 10 Mil Startups, o movimento não surpreende - estudos recentes, como o realizado pelo Distrito Fintech, já apontavam a empresa como potencial unicórnio.

"É algo que demonstra a força do uso de tecnologia no setor de entregas no Brasil, que ainda tem muito o que crescer", diz Matos.

O especialista lembra que a empresa é o terceiro unicórnio que surge do setor - o iFood e o Rappi, que é colombiano,  também ocupam espaço das entregas.

Na visão de Amure Pinho, presidente da Associação Brasileira de Startups (ABStartups), o investimento mostra que o setor de entregas "está longe de estar saturado" e que a "era dos unicórnios no Brasil só começou".

*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Compartilhe

CAPACITAÇÃO TECH

iFood oferece 80 bolsas para capacitação em tecnologia; veja como participar

14 de julho de 2022 - 17:24

A iniciativa faz parte do compromisso do iFood de formar e e empregar profissionais de tecnologia; as inscrições vão até 17 de julho

DE BARRIGA CHEIA

Refeição garantida: iFood oferece seguro para restaurantes com valor mínimo de R$ 10; conheça os planos

2 de abril de 2022 - 13:00

A documentação para a contratação da proteção é enviada por e-mail para que o segurado assine digitalmente, e a apólice é emitida em até 24 horas

MERCADO DE TRABALHO

Dependendo da gorjeta: Uber, iFood e Rappi não oferecem remuneração adequada, revela pesquisa

17 de março de 2022 - 17:52

Levantamento feito pelo projeto Fairwork Brasil, ligado à universidade de Oxford, revelou que quem depende do trabalho por meio de plataformas não encontra as melhores condições

ENTREGAS DO FUTURO

Não é coisa de filme: iFood poderá fazer delivery de alimentos e produtos por drones em todo o Brasil

24 de janeiro de 2022 - 10:20

A empresa será a primeira da América Latina a realizar entregas através de drones não tripulados por todo o território nacional

Negócio em expansão

Dona do iFood recebe R$ 1 bilhão para investir em crescimento – conheça os planos da empresa

3 de agosto de 2021 - 9:53

A Movile recebeu o seu maior investimento primário em única rodada desde a sua fundação e quer focar em expansão

Mochila rosa-choque

Merqueo: um rival colombiano para o Rappi e o iFood

29 de julho de 2021 - 18:26

A companhia tem um diferencial em relação às outras: da compra e armazenamento dos produtos até a entrega, tudo passa pela startup

plataformas digitais

Cade proíbe iFood de celebrar novos contratos de exclusividade com restaurantes

10 de março de 2021 - 20:16

Em denúncia, apresentada em setembro do ano passado, a Rappi alegou que a iFood estava usando sua posição dominante no mercado de pedidos on-line para restringir a concorrência

empresa pode recorrer

Procon-SP multa iFood em R$ 2,5 milhões por ‘golpe da maquininha’

19 de agosto de 2020 - 6:42

Entidade ainda considerou que a empresa insere cláusulas abusivas em seu contrato com os clientes

disputas da crise

Desembargadora derruba liminar que obrigava iFood a pagar mínimo a entregadores

8 de abril de 2020 - 14:16

Benefício seria concedido aos entregadores que estivessem sob suspeita ou com diagnóstico confirmado de covid-19 e também aqueles que fazem parte do grupo de risco

abrangência nacional

Justiça determina que Rappi e iFood deverão dar auxílio financeiro a entregadores afastados por coronavírus

6 de abril de 2020 - 7:24

Juiz estabeleceu que as plataformas digitais terão que repassar o equivalente à média dos valores diários pagos nos 15 dias anteriores à decisão

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies