Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-04-05T15:49:06-03:00
Seu Dinheiro na sua noite

Tem que manter isso?

No aniversário de Bolsonaro, prisão de Temer agita Brasília e a Faria Lima

21 de março de 2019
18:50 - atualizado às 15:49
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Não é toda hora que você vê um ex-presidente ser preso. A menos que você esteja no Brasil. A notícia da prisão de Michel Temer em mais um desdobramento da Lava Jato provocou um tremor de grande magnitude no meio político e chegou ao mundo financeiro da Faria Lima.

A ficha de inquéritos aos quais o ex-presidente responde é grande. Ele foi acusado pelo Ministério Público de ser o líder de uma organização criminosa que pode ser responsável pelo desvio de até R$ 1,8 bilhão.

Por mais que Temer esteja enrolado, a necessidade da prisão preventiva decretada pelo juiz Marcelo Bretas é o grande ponto de questionamento sobre a operação de hoje.

Lembrando que Lula só foi parar atrás das grades depois da condenação em segunda instância. Até mesmo o PT cobrou “fatos consistentes” para o pedido de prisão de seu adversário político.

Michel Temer assumiu a presidência após o impeachment de Dilma Rousseff em um discurso que teve direito até a uma mesóclise (“Quando menos fosse, sê-lo-ia pela minha formação democrática e pela minha formação jurídica").

Mas o ex-presidente provavelmente passará para a história por outra frase, o “tem que manter isso, viu?” da conversa nada republicana que teve com o empresário Joesley Batista na garagem do Palácio do Jaburu.

Aliás, o “Joesley day” que enterrou a proposta de reforma da Previdência de Temer voltou mais vivo do que nunca na memória do mercado hoje. Tanto que a bolsa chegou a cair 2,63% na mínima do dia.

Aos poucos, porém, os investidores foram assimilando o golpe (sem trocadilho), o que reduziu a queda do Ibovespa para 1,34%. Agora faltam 3.271 pontos para os 100 mil que ainda não foram atingidos no fechamento. Saiba como foi o dia tenso nos mercados com o Victor Aguiar.

Tá, mas e a reforma?

A prisão de Temer embaralhou as cartas do jogo político que o governo tentava organizar para dar sequência à tramitação da Previdência. Então nada mais natural que a reação negativa dos investidores na bolsa hoje. Mas a julgar pelo histórico recente de prisões de políticos, a preocupação sobre o impacto da notícia para a aprovação da reforma pode ser exagerado. O Edu Campos conta por que nesta matéria.

Dia 80 de Bolsonaro - À sombra do ex

O noticiário do dia girou em torno não do presidente Jair Bolsonaro, que aliás está de aniversário, mas sim do ex-presidente Michel Temer, preso no âmbito da operação Lava-Jato. Como não poderia ser diferente, a repercussão política foi grande, ainda mais que outro preso, o ex-ministro Moreira Franco, é sogro do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Mas ainda é cedo para avaliar algum resultado prático sobre... (leia mais)

Em boa hora

Pouco antes da notícia da prisão do ex-presidente Michel Temer, o Tesouro Nacional anunciou a volta ao mercado internacional de dívida. Mas a turbulência política não atrapalhou a captação de US$ 1,5 bilhão em títulos de dívida, com vencimento em maio de 2029. A situação da dívida externa do país é bem confortável, mas as emissões do Tesouro ajudam a dar uma referência de preço para as empresas brasileiras com planos de captar recursos fora do país. Saiba os detalhes da operação.

Pegou mal

A Lojas Americanas e a B2W decepcionaram os investidores ao divulgarem números anuais bem abaixo das expectativas. O resultado dessa história foi uma queda de mais de 5% nas ações das duas empresas, que lideraram as perdas do Ibovespa hoje. Saiba como os analistas que acompanham as empresas avaliaram os balanços.

Esse tal shopping center

Estão rolando nos bastidores do mercado negociações importantes que podem trazer grandes mudanças no mercado de shoppings centers. Aliansce e Sonae Sierra Brasil estão em contato para tentar uma combinação de seus negócios, o que criaria uma gigante do setor, com valor de mercado de R$ 6 bilhões e 39 shoppings administrados. Eu trago nesta matéria os detalhes dessa história, que movimentou as ações das duas empresas na bolsa.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

COLUNA DO PAI RICO PAI POBRE

Alfabetização financeira para crianças: quando é a hora de falar sobre dinheiro?

As idades entre nove e quinze anos são cruciais no desenvolvimento de uma criança. Muito do que vivem como adultos vem das fórmulas vencedores que aprendem quando crianças.

Novo nome no MEC

Bolsonaro anuncia pastor Milton Ribeiro como novo ministro da Educação

Decreto presidencial nomeou professor para o cargo nesta sexta-feira

Investimento para o cliente

Corretora Warren recebe aporte de R$ 120 milhões para investimento em plataformas digitais

Fintech visa multiplicar por cinco patrimônio sob gestão até o fim de 2021 e aumentar alcance da marca: ‘Nossa meta é seguir investindo em tecnologia’

Chegou lá

E o Ibovespa, quem diria, voltou aos 100 mil pontos. O que isso significa?

Depois de mais de quatro meses, o Ibovespa finalmente reconquistou o patamar dos três dígitos. Algumas boas notícias da economia doméstica ajudam a explicar o otimismo na semana, mas há mais fatores que influenciaram esse movimento

Crise se afastando?

Barômetros globais sinalizam retomada gradual da economia mundial, diz FGV

Melhoras ainda estão condicionadas a um ‘grau elevado’ de incerteza diante da pandemia, pondera pesquisador

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu