Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
2019-11-08T11:14:00-03:00
tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

R.I.P. renda fixa

8 de novembro de 2019
10:12 - atualizado às 11:14
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Os juros no Brasil nunca estiveram tão baixos, e parece que este será o nosso novo normal, pelo menos até onde a vista alcança. Este cenário inédito traz uma verdadeira mudança de paradigma para o investidor brasileiro, que não está mais conseguindo ter ganhos fáceis na renda fixa conservadora.

Antes, era possível ganhar dinheiro sentado em cima de títulos públicos. Um deles, em especial, era considerado o canivete suíço dos investimentos: o Tesouro IPCA+, também conhecido como NTN-B.

Em tempos de juros altos, esses papéis pagavam elevadas taxas acima da inflação, tornando-se excelentes geradores de renda por prazos longos. Depois do recente movimento de queda nos juros, quem comprou NTN-B a taxa altas ainda viu uma formidável valorização nos seus títulos, podendo inclusive optar por vendê-los antecipadamente e realizar logo os ganhos.

Só que isso ficou para trás. Estamos presenciando, ao menos até segunda ordem, a morte da renda fixa conservadora como nós a conhecíamos. Investimento de baixo risco atrelado ao CDI agora é só para reserva de emergência, investimentos de curto prazo e para quem já é bem mais velho e deseja apenas preservar patrimônio - e ainda tem que tomar cuidado para não pagar taxas altas e acabar perdendo da inflação!

Quanto à NTN-B, as rentabilidades agora estão minguadas, e as valorizações recentes não devem se repetir, pelo menos não tão cedo. Pode até ser que esses títulos ainda se valorizem um pouco mais, mas no mercado o consenso é de que o “grosso” já foi.

E pode ter certeza de que você não é o único preocupado. Os fundos de previdência, como os grandes fundos de pensão, também andam quebrando a cabeça para resolver o seu desafio de casar ativo - os investimentos - com passivo - as obrigações de pagar as aposentadorias aos seus participantes, coisa que a NTN-B resolvia muito bem.

Quem fará esse papel de gerar um retorno mais robusto para a carteira de investimentos, tanto das pessoas físicas quanto dos investidores institucionais? Eu trago a resposta para você nesta matéria.

China, Lula e os balanços

O mercado financeiro busca hoje clareza sobre a reversão das tarifas de importação entre Estados Unidos e China. Por ora, os índices futuros em Nova York apresentam viés levemente negativo. A incerteza em torno do acordo entre os dois países pesou no pregão asiático, mas os investidores ainda digerem os dados encorajadores da balança comercial chinesa.

Por aqui, a decisão do STF de voltar a barrar a prisão em segunda instância pode mexer com o mercado. A preocupação dos investidores é com uma possível soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pode alimentar a polarização política.

O mercado local tem ainda mais um dia de balanços empresariais para calibrar suas apostas. Entre a noite de ontem e a manhã de hoje, quatro companhias do Ibovespa divulgaram seus números do terceiro trimestre: Cyrela, Iguatemi, B3 e BRF. Você pode conferir os principais números nesta matéria.

Ontem, o Ibovespa encerrou o dia com alta de 1,13%, aos 109.580,57 pontos. O dólar fechou em alta de 0,25%, a R$ 4,0930. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

O foguete bitcoin

Uma série de elementos gráficos aponta para uma nova explosão do bitcoin. O nosso colunista Fausto Botelho não poderia perder a chance de te mostrar por que ele acha que a mais famosa criptomoeda deve continuar subindo. Ah! Ele também analisa nove moedas digitais alternativas para você não perder nenhuma boa oportunidade. Está imperdível.

O dia depois do leilão

Depois de a Petrobras dominar o megaleilão do pré-sal, o investidor tenta encontrar os motivos da participação minguada de companhias estrangeiras no certame. O presidente da estatal, Roberto Castello Branco, disse que o resultado do leilão deve fazer com que o governo reflita sobre a estrutura regulatória no Brasil. Em entrevista ao jornal Estadão, ele reafirmou a postura pró-mercado da sua gestão. Saiba mais. 

Sextou com dinheiro na conta!

Quem nasceu em abril ou maio vai sextar em grande estilo. A Caixa começa hoje uma nova etapa da liberação dos saques do FGTS, desta vez para não correntistas do banco. Algumas agências funcionarão em horários especiais e até mesmo no sábado para atender ao público que já pode colocar as mãos em até R$ 500 por conta, ativa ou inativa. Veja como retirar os valores. 

Agenda

Indicadores
- FGV divulga indicador antecedente de emprego de outubro
- IBGE divulga pesquisa industrial mensal regional
- China divulga balança comercial e inflação de outubro
- Alemanha divulga balança comercial de setembro

Bancos Centrais
- BC faz leilão de até US$ 600 milhões em contratos de swap cambial reverso
- BC faz leilão de venda à vista de até US$ 600 milhões

Balanços do 3º trimestre
- No Brasil: BRF
- No exterior: Telecom Italia e Crédit Agricole

Política
- Ministros das Finanças da zona do euro se reúnem em Bruxelas para o Conselho de Assuntos Econômicos e Financeiros
- Ministro da Economia, Paulo Guedes, participa de seminário 'Reavaliação do Risco Brasil', no Rio de Janeiro

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Rebatendo as críticas

Nenhum governo tem prática tão liberal quanto este, diz Salim Mattar

Secretário responsável pelas privatizações do governo Bolsonaro disse que gasta 80% do tempo para “descontruir o legado” que foi deixado por gestões anteriores

Nova cartada do bilionário

Warren Buffett vende seu império de jornais por US$ 140 milhões e deixa o setor de imprensa

A Berkshire Hathaway, conglomerado de investimentos administrado por Warren Buffett, vendeu hoje sua divisão de jornais à Lee Enterprises

Caixa vai fazer “road show” de IPO da Caixa Seguridade em todos os Estados

O banco pretende fazer a abertura de capital das subsidiárias de seguridade e de cartões neste ano. As outras duas unidades – loterias e gestora de fundos – devem demorar um pouco mais

martelo batido

CVM fecha acordo de R$ 450 mil em caso envolvendo executivos da Biosev

Processo era movido contra três ex-executivos da processadora de cana-de-açúcar; cada um vai ter que pagar R$ 150 mil

pingos os is

Investigação não encontrou irregularidades e não há mais nada a esclarecer, diz presidente do BNDES

Auditoria custou R$ 42,7 milhões; investigações internas do banco não encontraram nenhuma irregularidade nas operações

hora do balanço

Bancos liberam mais crédito no Brasil, mas custo segue elevado

Taxas de juros cobradas de empresas e famílias seguiram em níveis elevados. segundo dados do BC

Painel com gestores

Stuhlberger vê bolha se formando na bolsa, mas segue aplicado

Lendário gestor da Verde Asset diz que “olha porta de saída” da bolsa, mas vê boas perspectivas com avanço do PIB de consumo

olho nos números

Taxa do cheque especial cai para 302,5% em dezembro

Desde julho de 2018, os bancos estão oferecendo um parcelamento para dívidas no cheque especial. A opção vale para débitos superiores a R$ 200.

balanço

Crise do 737 Max faz Boeing ter o primeiro ano de prejuízo desde 1997

Empresa perdeu US$ 636 milhões em 2019, após apresentar prejuízo de US$ 1,01 bilhão no quarto trimestre – analistas esperavam por lucro de US$ 636 milhões no período

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements