Menu
2019-12-18T14:40:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
na agenda

Presidente do Senado anuncia Comissão de análise da reforma tributária

Presidente da Câmara dos Deputados disse que a intenção é que o projeto seja aprovado ainda no primeiro semestre

18 de dezembro de 2019
14:06 - atualizado às 14:40
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária - Imagem: Moreira Mariz/Agência Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) anunciou a criação de uma comissão mista para analisar a reforma tributária. A comissão será instalada na quinta-feira (19) e terá 90 dias de duração, funcionando, inclusive, durante o recesso parlamentar. A comissão mista é formada por 15 deputados federais e 15 senadores.

O anúncio foi feito depois de uma reunião com parlamentares e o ministro da Economia, Paulo Guedes. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que também estava no encontro, disse que a intenção é que a reforma tributária seja aprovada ainda no primeiro semestre.

"A criação da comissão mista é importante para termos um texto logo após carnaval. É importante termos ainda no primeiro semestre um novo sistema tributário", afirmou.

Segundo Alcolumbre, a ideia na comissão é conciliar as propostas sobre o tema que tramitam na Câmara dos Deputados e no Senado e as ideias do governo. "Vamos apresentar uma proposta conciliatória no primeiro semestre. Não adianta discussão sem proposta do governo", completou.

O presidente ressaltou que Maia já vem trabalhando na construção de um texto para "desburocratizar o País". Alcolumbre lembrou a discussão no Congresso da reforma da Previdência que foi feita em conjunto com o governo e disse que o parlamento teve "compreensão do momento econômico" e enfrentou pautas importantes em 2019.

Maia repetiu que a ideia da reforma tributária é simplificar a cobrança de tributos sobre consumo e tributar mais quem tem mais renda. Segundo o presidente da Câmara, o governo vai enviar ao Congresso uma proposta para "organizar o imposto sobre a renda".

Ele ressaltou que a discussão conjunta de projetos entre Câmara e Senado já vem sendo feita em outros temas, como o pacto federativo, para acelerar votações.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Dirceu Gardel, CEO da Boa Vista

Lições da pandemia: em meio às incertezas, há de se ter convicções

Apostamos em medidas que nos proporcionam, agora, segurança em nossos esforços de gerar transformações benéficas para o mercado de crédito do país

na agenda

Questões sobre MP da privatização da Eletrobras serão decididas nesta quarta, diz Pacheco

Senado deve discutir inclusive os requerimentos de impugnação de jabutis – como são chamados as emendas com temas estranhos à proposta original

seu dinheiro na sua noite

De carona no trem das commodities

Quando falamos em ações que se beneficiam da reabertura da economia pós-covid, logo se destacam os papéis de empresas ligadas à produção de commodities. Quem vem apostando nesses ativos neste ano está se dando bem. Mas é bem verdade que a “tese da reabertura” já está em andamento. Para quem perdeu esse trem, ainda dá […]

aquisição via controlada

Ambipar compra 100% da Ecológica Nordeste

Negócio está em linha com seu plano estratégico de crescimento, com captura de sinergias e potencial maximização das margens e retorno, diz a empresa

denúncia da fup

Médicos da Petrobras receitam remédio sem eficácia a funcionários com covid-19

A estatal segue o comportamento do governo federal, que liderado pelo presidente Jair Bolsonaro, defende o tratamento precoce do covid-19 via medicamentos não aceitos pela OMS

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies