Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-10-14T14:22:17-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: O que você vai ser quando crescer?

22 de junho de 2019
12:30 - atualizado às 14:22
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Na época em que frequentei a faculdade de jornalismo, o diploma era obrigatório para quem quisesse exercer a profissão.

Como o ofício não exige muito mais do que curiosidade e boa redação, sempre achei que esse requisito não passava de uma burocracia desnecessária.

De todo modo, só consegui o registro para atuar como jornalista depois de enfrentar os quatro anos da faculdade.

A obrigatoriedade do diploma só caiu em 2009, por uma decisão do STF. Mas não representou o fim da burocracia.

Se eu desejasse, por exemplo, me unir a um grupo de amigos para criar uma agência de notícias, ainda dependeria de uma autorização oficial.

A tutela ao empreendedorismo, que não se restringia ao jornalismo, felizmente chegou ao fim. Pelo menos para as 287 atividades que agora podem ser exercidas sem a necessidade de um aval prévio do Estado.

A reportagem do Eduardo Campos sobre a medida da "liberdade econômica" do governo conseguiu a proeza de ser a mais lida do Seu Dinheiro pela segunda semana consecutiva.

Como já é tradição por aqui, antes de você curtir as favoritas da audiência, recomendo a leitura da entrevista que a Marina Gazzoni fez com o Eduardo Gouveia.

O homem que criou os programas de fidelidade Multiplus e Livelo e comandou a Cielo contou para a nossa editora tudo sobre o novo (e promissor) negócio no qual está investindo.

Falando em bom investimento, agradeço aos leitores que foram ligeiros e já me mandaram suas opiniões sobre Os Jogadores, o meu novo livro. Você pode encontrá-lo nas principais livrarias ou receber diretamente em casa.

Veja as 5 notícias mais lidas da semana:

1 - Mais de 280 profissões podem ser exercidas sem autorização do Estado

2 - Nada de Bitcoin: criptomoeda que subiu 330% em 2019 tem outro nome

3 - Larry Page, o bilionário que criou o Google, ama carros voadores e tem o salário de US$ 1

4 - Bolsonaro fala em privatizar Correios, mas diz que medida passa pelo Congresso

5 - Procon notifica Gol sobre promoção de passagem a R$ 3,90

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Retomando a pauta

Votação do marco do saneamento deve ser retomada no Senado

O novo marco do saneamento — projeto que facilita a atuação da iniciativa privada no setor — tende a voltar à pauta no Senado em julho

Atrasou demais

Conselho diz que não há tempo hábil para privatizar Cedae

Um estudo aponta que a Cedae, a companhia de água e esgoto do Rio de Janeiro, deverá parar nas mãos do governo federal por falta de tempo para conclusão do processo de privatização

Pouco atraente

Participação do Brasil na carteira do investidor estrangeiro cai a 0,3%

Os diversos riscos associados à alocação de recursos no Brasil fizeram o peso do Brasil na carteira dos investidores estrangeiros — a incerteza política e a fraqueza econômica aparecem como importantes fatores

SEU DINHEIRO NO SÁBADO

MAIS LIDAS: Crise? Que crise?

O recente rali da bolsa pegou todo mundo de surpresa — e, não à toa, a matéria elencando cinco razões que explicam essa onda de otimismo foi a mais lida do Seu Dinheiro nesta semana

Crise setorial

Indústria deve deixar de vender mais de 1,3 milhão de veículos neste ano

A crise do coronavírus afetou as linhas de produção de veículos e também diminuiu as vendas em todo o país. Como resultado, o setor prevê uma queda de 40% no total vendido no ano

Seu mentor de investimentos

Um filme de terror: inflação volta a ter destaque no cenário brasileiro

Ivan Sant’Anna faz um paralelo entre a inflação galopante do fim dos anos 80 e o atual cenário de virtual estabilidade na variação dos preços — e mostra preocupação com o comportamento do mercado nesse novo panorama

Recuperação na bolsa

Até onde vai o Ibovespa? Para a XP, o índice voltará aos 112 mil pontos ao fim de 2020

A XP Investimentos revisou para cima sua projeção para o Ibovespa ao fim de 2020, passando de 94 mil pontos para 112 mil pontos — um patamar que implica num potencial de alta de mais de 18% em relação aos níveis atuais da bolsa

COLUNA DO PAI RICO PAI POBRE

Como se preparar para a nova Era do Empreendedorismo

Quando as coisas mudam tão drasticamente quanto nos últimos meses, pode ser difícil perceber, mas esses momentos criam as maiores oportunidades.

Dados atualizados

Mortes por coronavírus no Brasil vão a 34.973; infectados são 643.766

Na quinta-feira, havia 34.021 mortes registradas, segundo o Ministério da Saúde. O balanço diário totalizava 614.941 infectados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu