Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2019-08-19T10:12:59-03:00
tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Lições dos chefes dos CEOs

19 de agosto de 2019
10:12
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O CEO é o executivo número um das empresas. Assim como um maestro precisa comandar com primor uma orquestra, é trabalho dele garantir que todas as áreas da companhia funcionem em perfeita harmonia. E, claro, entregar um bom resultado no final do trimestre. Mas o CEO está longe de ser um líder supremo. Ele também precisa prestar contas para o seu “chefe”.

Quem cobra o líder da empresa é o conselho de administração, um grupo de profissionais experientes escolhido pelos acionistas. Eles trabalham nos bastidores para orientar a estratégia das empresas.

O Seu Dinheiro dá voz a alguns dos membros do conselho de grandes empresas na série “Os Conselheiros”, que estreia hoje. Ao longo das próximas segundas-feiras, você vai conhecer as lições de nomes que já estiveram na cadeira do CEO e hoje influenciam o futuro das companhias a partir do conselho de administração.

Marcelo Silva, vice-presidente do conselho de administração do Magazine Luiza
Marcelo Silva, vice-presidente do conselho de administração do Magazine Luiza - Imagem: Eduardo Nicolau/Seu Dinheiro

O primeiro entrevistado é Marcelo Silva, vice-presidente do conselho de administração do Magazine Luiza. Ele foi presidente da companhia entre 2009 e 2015 e fez a ponte entre as gestões de Luiza Helena Trajano e de seu filho Frederico, atual CEO da empresa. Foi Marcelo quem colocou o Magalu na bolsa, em 2011, o primeiro passo para um dos maiores cases de valorização de ações da bolsa brasileira.

À repórter Daniele Madureira, Silva falou sobre o futuro do varejo, a estratégia do Magazine Luiza e os desafios da empresa de entregar bons resultados em um cenário de economia fraca.  Confira a entrevista completa.

A Bula da Semana: A tensão em Jackson Hole

mercado financeiro deve permanecer tenso ao longo dos próximos dias, por conta de um encontro entre presidentes dos principais bancos centrais do mundo, que acontece no fim desta semana na cidade de Jackson Hole, no Wyoming (EUA). No evento, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, pode dar sinais sobre os próximos passos na condução da taxa de juros norte-americana.

Hoje, o peso fica por conta do noticiário do fim de semana. Na Argentina, o ministro da Fazenda renunciou. Em Hong Kong, houve mais protestos pacíficos. E, nos EUA, Donald Trump declarou que o país está “indo muito bem com a China e conversando”.

Com isso, as principais bolsas asiáticas encerraram a sessão com fortes ganhos. Tóquio subiu 0,7%, enquanto Xangai e Hong Kong tiveram altas de mais de 2%. Em Nova York, os índices futuros amanheceram em alta e, na Europa, as principais praças da região abriram no azul.

Para ter um panorama dos principais eventos que vão mexer com a bolsa nos próximos dias, acesse a edição semanal da Bula do Mercado. É um conteúdo gratuito, exclusivo para os leitores Premium. Para acessá-lo é preciso apenas fazer um cadastro aqui e indicar esta newsletter para cinco amigos. Os conteúdos serão liberados assim que eles aceitarem o convite.

Na sexta-feira, o Ibovespa teve alta de 0,76%, aos 99.805,78 pontos, mas acumulou perda de 4,03% na semana. O dólar avançou 0,33% no dia, a R$ 4,0031. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

Fique tranquilo, Bolsonaro

Depois de deixar os mercados em pânico na Argentina ao vencer as prévias da eleição presidencial do país, o candidato da oposição, Alberto Fernández, levantou a bandeira branca - e teve recado ao governo daqui. Em entrevista ao jornal La Nación, o kirchnerista disse para Bolsonaro “ficar tranquilo”, pois ele não fechará a economia. Ele ainda afirmou que o “Mercosul é um lugar central” e que a Argentina continuará a ser parceira do Brasil.

Um tiquinho melhor

Deixando de lado o cenário externo, o mercado fica com as projeções atualizadas para a economia brasileira. O boletim Focus divulgado hoje estima um avanço de 0,83% do PIB neste ano, um pouco acima do esperado na semana anterior (0,81%). A projeção para a Selic em 2019 permaneceu em 5% ao ano, segundo a publicação do Banco Central que reúne estimativas de economistas. Saiba mais.

Dinheiro na conta

A segunda-feira pode ser um pouco mais animada para os correntistas da Caixa ou do Banco do Brasil. É que ambas instituições começam hoje a pagar os recursos do PIS/Pasep. Têm direito ao saque todos os cotistas da iniciativa privada cadastrados no PIS e servidores públicos cadastrados no Pasep até 4 de outubro de 1988. Confira como sacar o dinheiro.

Chegamos ao topo

Jeff Bezos, fundador da Amazon e o homem mais rco do mundo
Jeff Bezos, fundador da Amazon e o homem mais rco do mundo - Imagem: Shutterstock

Centenas de milhares de leitores acompanharam no Seu Dinheiro as trajetórias dos 10 homens mais ricos do planeta ao longo de quase três meses na série Rota do Bilhão. Ontem chegamos ao topo com a história de Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, dono de uma fortuna de cerca de US$ 150 bilhões.

Numa época em que a internet ainda engatinhava, Bezos investiu em uma desacreditada livraria online e transformou o pequeno negócio num conglomerado que, só no ano passado, faturou US$ 233 bilhões. Seu grande trunfo foi a execução impecável de um plano de negócio muito bem pensado e a paciência de esperar pelo lucro. Saiba mais sobre a história de Bezos nesta reportagem da Naiana Oscar e leia aqui todos as histórias da série Rota do Bilhão.

Agradeço sua companhia nessa jornada. Diante do sucesso da série, já estamos trabalhando em uma próxima temporada, com novas histórias inspiradoras. Fique ligado!

Um grande abraço e ótima segunda-feira!

Agenda 

Indicadores
- FGV: segunda prévia do IGP-M de agosto
- Secex: balança comercial semanal
- No Chile, PIB do segundo trimestre

Bancos Centrais
- BC: Boletim Focus

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Meta ambiental

Vale triplica para até US$ 6 bi previsão de investimentos para reduzir emissões de carbono

O objetivo da empresa é reduzir 33% das emissões diretas e indiretas de carbono até 2030

Conheça a proposta

Biden anuncia acordo com republicanos para investir US$ 1,2 trilhão em infraestrutura

O valor final é menor do que a soma proposta pelo presidente democrata, mas marcará o maior investimento de longo prazo em infraestrutura em quase um século

novo sistema operacional

Microsoft apresenta o Windows 11 — aqui estão 7 novidades que você precisa conhecer

Nova versão do sistema operacional para computadores tem aplicativos de Android, novo design e Microsoft Teams melhorado; confira

Quem não arrisca...

Jive Investments aposta em agentes autônomos e educação para atingir varejo após aporte da XP

Sócio da gestora de investimentos alternativos, Guilherme Ferreira revela os motivos da preferência por operação privada ao invés de abrir capital

Aperto nas contas

Gastos extras vão reduzir ‘folga’ do teto de gastos em 2022, prevê governo

O avanço nas despesas obrigatórias, estimado em R$ 105,2 bilhões, é o que limita o “espaço livre” do governo para novos gastos no próximo ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies