Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-10-14T14:22:09-03:00
Seu Dinheiro na sua manhã

Diga-me com quem andas

21 de junho de 2019
11:27 - atualizado às 14:22
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Recebi várias mensagens de leitores desde quarta-feira à noite, a maioria comentando sobre o recorde de 100 mil pontos do Ibovespa (até que enfim!) alcançado na véspera do feriado.

Muita gente também quer saber “qual é a boa” da bolsa ou qual o melhor momento de comprar ou vender ações.

Se eu pudesse dar apenas um conselho para quem deseja se tornar sócio de uma empresa com ações na bolsa, seria: “diga-me com quem andas e te direi quem és”.

Em outras palavras, procure conhecer quem está por trás das companhias. Ou seja, os executivos que estão na gestão e, principalmente, quem são os controladores.

Afinal de contas, eles são os responsáveis por trazer os resultados. Além da competência e da experiência, pesquise se a empresa tem um bom histórico na relação com os minoritários.

A figura de um bom acionista controlador se revelou fundamental nos negócios de fusões e aquisições fechados nas últimas semanas.

Mas que lições podemos aprender da venda da Netshoes para o Magazine Luiza ou da volta do empresário Michael Klein para o comando da Casas Bahia, com a compra das ações da Via Varejo?

O nosso colunista Alexandre Mastrocinque se debruçou sobre esse tema e traz as respostas para você. Como sempre, a leitura é mais do que recomendada!

O futuro já começou?

Política é assim mesmo, meu caro leitor. Mal passa uma eleição e já se começa a pensar na próxima (ou nas próximas). O presidente Jair Bolsonaro fez ontem uma maratona de eventos públicos e pela primeira vez deixou escapar sua intenção de disputar a reeleição em 2022. Pode parecer cedo, mas no xadrez de Brasília cada movimento e cada gesto contam (e muito) para definir as próximas jogadas. Saiba tudo o que disse o presidente lá no Seu Dinheiro.

E por falar em xadrez…

O capitão voltou a mover suas peças dentro do governo. Dessa vez o alvo foi o general Floriano Peixoto (mais um general?), que deixou a Secretaria de Governo. Mas engana-se quem pensa que Peixoto abandonou o barco. Muito pelo contrário! O militar deve assumir um cargo-chave e que rendeu polêmicas nas últimas semanas, como você confere nesta matéria.

A minha, a sua, a nossa reforma

Mesmo no feriado e com agenda cheia, Bolsonaro não abandonou sua já tradicional live de quinta-feira no Facebook. Por lá, o presidente falou de assuntos variados, como o decreto de armas e a situação do ministro Sergio Moro. Mas desta vez o capitão também investiu na pauta econômica. Ele não só voltou a defender a reforma da Previdência como dividiu a paternidade do projeto com todos nós. Confira os detalhes.

A não-resposta

Embora aqui no Brasil o feriado de Corpus Christi tenha acalmado os ânimos dos investidores, lá fora a situação foi bem diferente. Depois que o Irã derrubou um drone dos Estados Unidos, os mercados passaram o dia atentos a todos os movimentos de Donald Trump, que sinalizava uma rápida resposta militar do exército norte-americano. E no fim das contas ela veio logo, mas não como muita gente esperava.

Nos extremos do mercado

Quando falamos aqui no Seu Dinheiro que diversificar carteira é a melhor escolha que você pode fazer temos um objetivo claro: evitar que seus rendimentos sofram com o sobe e desce do mercado. E é exatamente sobre esse sobe e desce que o Fausto Botelho resolveu falar. No vídeo de hoje, ele vai analisar o desempenho de três ativos do mercado internacional (o ouro, o bitcoin e o índice Dow Jones da bolsa de Nova York), e vai mostrar que cada um deles segue caminhos bem diferentes.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

foco no nordeste

Desenvolvimento Regional autoriza R$ 30,7 milhões para saneamento em 17 Estados

Segundo a pasta, a maior fatia dos recursos foi destinada ao Nordeste (R$ 15,8 milhões), seguida pela região Norte (R$ 6,5 milhões)

caso das rachadinhas

Presidente do STJ decide colocar Queiroz em prisão domiciliar

O caso tramita sob segredo de Justiça. Preso desde 18 de junho, Queiroz é apontado como operador de um suposto esquema de “rachadinhas” – apropriação de salários de funcionários – no antigo gabinete do senador Flávio Bolsonaro

O dia dos mercados

Com cautela em NY, bolsa fecha em queda de 0,6% após voltar aos 100 mil pontos; dólar recua

Em sessão de volatilidade, bolsa retorna ao patamar de 100 mil, mas não consegue manter fôlego com cautela em bolsas americanas. Dólar tem leve queda e se aproxima de R$ 5,30

ALÉM DE MORTOS E FERIDOS...

Os ‘falidos’ do coronavírus: veja as empresas que quebraram na pandemia

Companhias aéreas foram as primeiras a sentir o baque, seguidas por empresas que dependem também do turismo ou de viagens corporativas. Varejistas com fraca presença no e-commerce também sofreram com a ausência de clientes.

dados do ministério da Economia

Estatais apresentaram resultado líquido de R$ 109,1 bilhões em 2019, alta de 53%

De acordo com balanço apresentado nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia, isso representa um aumento de 53% em relação ao lucro de 2018 e é o maior valor desde 2008

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu