Menu
2019-12-13T10:06:53-03:00
Estadão Conteúdo
impasse

China ainda não confirmou acordo comercial com EUA

Comunicado mostra imprevisibilidade de um processo de negociação que abala os mercados financeiros mundiais desde meados do ano passado

13 de dezembro de 2019
10:06
China e Estados Unidos
Imagem: Shutterstock

A China sinalizou que um acordo comercial preliminar com os EUA ainda precisa ser concluído, apesar da aprovação do presidente americano, Donald Trump, mostrando a imprevisibilidade de um processo de negociação que abala os mercados financeiros mundiais desde meados do ano passado, segundo o The Wall Street Journal.

Trump deu seu aval ontem à chamada "fase 1" de um pacto comercial que vai retirar tarifas impostas a importações chinesas e cancelar nova tarifação que entraria em vigor no domingo (15), em troca de uma promessa de Pequim de comprar dezenas de bilhões de dólares em produtos agrícolas dos EUA, entre outras concessões, segundo relatos da mídia americana e britânica.

Embora Trump tenha ficado "animado e entusiasmado com esse avanço", segundo Michael Pillsbury, assessor do presidente durante as negociações, o humor em Pequim é definitivamente mais moderado.

Nenhum dos órgãos de imprensa estatais ou agências econômicas da China envolvidos no diálogo sino-americano fez comentários públicos nesta sexta-feira sobre o acordo endossado por Trump.

Em coletiva de imprensa semanal, a porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China, Hua Chunying, comentou hoje apenas que notícias sobre um acordo ajudaram a impulsionar as bolsas de Nova York e europeias. Os rumores também deram força aos mercados chineses.

Hua, no entanto, não confirmou a existência de um pacto e disse apenas que "qualquer acordo deve ser mutuamente benéfico". Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

3º trimestre

Tesla: 5 números do balanço que surpreendeu o mercado

2020 tem sido um ano e tanto para as ações da montadora, que acumula uma alta superior a 420% e que pode fechar o seu primeiro ano no azul

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

2020 é o novo ‘ano dos IPOs’?

Se um viajante do tempo contasse à Julia de março ou abril que, bem antes do fim do ano, as bolsas americanas já teriam se recuperado e ultrapassado os patamares anteriores à crise, o Ibovespa já teria retornado ao patamar dos 100 mil pontos e que 2020 seria um grande ano de aberturas de capital […]

no zero a zero

Ibovespa zera ganhos no fim com queda em NY em meio à incerteza sobre estímulos

Dólar também encerra dia no zero a zero, demonstrando cautela dos investidores sobre pacote de ajuda à economia dos Estados Unidos, e juros futuros sobem com temor fiscal. Após pregão, saiu a notícia de que autoridades americanas estão mais próximas de um acordo

Dia de euforia

Bitcoin quebra recorde em reais e supera a marca dos R$ 70 mil

A moeda também rompeu a máxima do ano em dólar, cotada a mais de US$ 12 mil

Recorde

Arrecadação tem melhor resultado mensal em 6 anos

O resultado representa um aumento real (descontada a inflação) de 1,97% na comparação com o mesmo mês de 2019

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies