Menu
2019-08-28T16:49:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
COBROU EXPLICAÇÕES, MAS NÃO VETOU

Associação volta atrás e nega que importadores barraram couro brasileiro por queimadas na Amazônia

Presidente do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), José Fernando Bello, corrigiu informação que consta em carta enviada ao ministro do Meio Ambiente

28 de agosto de 2019
16:48 - atualizado às 16:49
Botas da Timberland em loja
Botas da Timberland: empresa suspendeu importação de couro do Brasil - Imagem: Shutterstock

O presidente-executivo do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), José Fernando Bello, negou em entrevista ao Broadcast Agro a informação divulgada em carta da própria entidade de que um grupo de importadores suspenderam a compra de couro brasileiro devido à repercussão negativa sobre as queimadas na Amazônia. A informação está em carta direcionada ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Segundo Bello, a associação corrigirá a informação junto ao governo federal. O Seu Dinheiro publicou a notícia da suspensão, com base nas informações da carta tornada pública.

A importação de couro brasileiro continua normalmente, mas os clientes estrangeiros pediram esclarecimentos sobre a origem e rastreabilidade do produto após a situação da Amazônia ganhar os holofotes.

Na carta divulgada anteriormente, a CICB citou 18 marcas, como Timberland e The North Face.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Conselhos do bilionário

Warren Buffett está otimista com o mercado de ações — e continua em busca de uma grande aquisição

Warren Buffett, um dos homens mais ricos do mundo, divulgou sua carta anual aos acionistas da Berkshire Hathaway, seu conglomerado de investimentos

Impactos no Brasil

Coronavírus faz empresas exportadoras perderem R$ 48 bilhões em valor de mercado

Os temores de que o surto de coronavírus possam afetar a economia global trouxeram impactos às ações de exportadoras de commodities no Brasil

China em foco

BC da China considera mais medidas para aliviar o impacto do coronavírus na economia

A China considera medidas adicionais de flexibilização de políticas para ajudar a aliviar o impacto do novo coronavírus em sua economia, incluindo um ajuste das taxas de depósito de referência, disse Liu Guoqiang, vice-presidente do Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês). A China planeja liberar mais liquidez para o sistema financeiro, […]

Recuperação mitológica

Para o Credit Suisse, a Via Varejo é a fênix que renasce das cinzas

O Credit Suisse ainda vê espaço para que as ações ON da Via Varejo (VVAR3) continuem subindo, mesmo após a forte valorização dos últimos meses. Segundo o banco, a reformulação na estratégia e os ganhos de eficiência no e-commerce colocam a companhia à beira de uma virada

O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: Cuidado com a ‘perda fixa’

A matéria a respeito da queda da rentabilidade das aplicações mais conservadoras com o novo corte da Selic, jogando-as ao campo da ‘perda fixa’, foi o destaque desta semana no Seu Dinheiro

LIÇÕES DO PAI RICO

Existem quatro tipos de inteligência – e uma delas é a mais importante para ser Dono e Investidor

Uma lição de um curso de fim de semana mudou a minha vida e me ajudou a me preparar para ser dono e investidor – em vez de empregado ou autônomo.

O cliente voltou

EUA retomam importação de carne in natura do Brasil

Até o momento, os americanos vinham comprando apenas carne enlatada do Brasil

Mudou de vez

Grupo Pão de Açúcar conclui migração para o Novo Mercado da B3 e ações PN deixarão de ser negociadas

Empresa anunciou ainda o início da negociação de ADRs na Bolsa de Valores de Nova York

Enfim, a decisão

Azul fecha acordo para a compra da TwoFlex por R$ 123 milhões

Proposta já havia sido comunicada ao mercado em 14 de janeiro deste ano, mas só agora foi definida

Seu Dinheiro na sua noite

Mamãe eu quero, mamãe eu quero dólar…

Quem me acompanha há algum tempo aqui na newsletter já deve me conhecer o suficiente para não se chocar com a revelação que vou fazer a seguir: eu não sou um grande fã de Carnaval. Mas se você curte sair nos blocos que vão invadir as ruas da cidade e fazer outras estripulias nos próximos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements