Menu
2019-08-28T16:49:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
COBROU EXPLICAÇÕES, MAS NÃO VETOU

Associação volta atrás e nega que importadores barraram couro brasileiro por queimadas na Amazônia

Presidente do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), José Fernando Bello, corrigiu informação que consta em carta enviada ao ministro do Meio Ambiente

28 de agosto de 2019
16:48 - atualizado às 16:49
Botas da Timberland em loja
Botas da Timberland: empresa suspendeu importação de couro do Brasil - Imagem: Shutterstock

O presidente-executivo do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), José Fernando Bello, negou em entrevista ao Broadcast Agro a informação divulgada em carta da própria entidade de que um grupo de importadores suspenderam a compra de couro brasileiro devido à repercussão negativa sobre as queimadas na Amazônia. A informação está em carta direcionada ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Segundo Bello, a associação corrigirá a informação junto ao governo federal. O Seu Dinheiro publicou a notícia da suspensão, com base nas informações da carta tornada pública.

A importação de couro brasileiro continua normalmente, mas os clientes estrangeiros pediram esclarecimentos sobre a origem e rastreabilidade do produto após a situação da Amazônia ganhar os holofotes.

Na carta divulgada anteriormente, a CICB citou 18 marcas, como Timberland e The North Face.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Radiocash

“Quando comecei a criar o Me Poupe, eu queria transformar finanças em mainstream”, conta Nathalia Arcuri

A plataforma de conteúdo e educação financeira tem uma CEO com uma jornada polêmica e impactante; confira no RadioCash

Economia na defesa

Privatização da Eletrobrás é ‘entrega elevadíssima’, afirma secretário de Guedes

Segundo associações do setor, o texto aprovado vai aumentar o custo da energia para consumidores em R$ 84 bilhões nas próximas décadas

Entre a cruz e a espada

Bitcoin se aproxima da “Cruz da Morte”: O que isso significa para a criptomoeda?

O bitcoin tocou essa linha imaginária no último final de semana, o que deve determinar o futuro da moeda para os próximos meses

Buscando confiança

Números de abril mostram melhora do IRB, mas queda da ação mostra que desconfiança persiste

Estratégia de rever contratos, principalmente no exterior, diminuiu as receitas fora do Brasil, mas ajudou sinistralidade e resultado final

Economia dos eua

Dirigente do Fed admite inflação alta, mas defende contínuo apoio monetário

Presidente da distrital do banco admitiu que as leituras recentes de inflação estão “altas” e devem ser monitoradas de perto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies