Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-06-28T19:07:02-03:00
Seu Dinheiro na sua noite

Anos incríveis

28 de junho de 2019
19:07
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Fiquei um tanto desnorteado ao receber nesta semana uma mensagem de uma amiga que quer promover um encontro da nossa turma da faculdade. O mais chocante para mim nem foi o convite, mas o tema da festa: nossos 20 anos de formatura agora no fim de 2019.

Nem preciso dizer a você quantas coisas aconteceram e mudaram nessas duas décadas que se passaram desde que me tornei jornalista. Até porque não são as coisas que mudam, nós é que mudamos, para citar a famosa frase atribuída ao filósofo Henry Thoreau.

Por isso, prefiro me concentrar hoje no que não mudou nesses 20 anos. Quando os representantes do Mercosul e da União Europeia se sentaram pela primeira vez para discutir um acordo de livre comércio, em junho de 1999, eu nem sequer havia me formado.

Nos anos que se passaram, esse foi um dos vários temas na cobertura econômica que entraram para as pautas “esotéricas”, digamos assim. Chegou a ser motivo de piada quando surgia a notícia de que as delegações dos dois blocos estavam em uma nova rodada de conversas.

Eu mesmo não botava muita fé em um avanço nas negociações, até porque a União Europeia enfrenta seus próprios desafios, como a estabanada saída do Reino Unido do bloco. Isso sem falar na longa crise enfrentada pelos hermanos Brasil e Argentina e no nosso histórico de economia fechada.

Mas eis que nesta sexta-feira enfim saiu o anúncio de um acordo, feito em conjunto por nada menos que três ministérios: Economia, Agricultura e Relações Exteriores. Vale a pena conhecer as linhas gerais do tratado, que tem tudo para ser histórico.

Resoluções de semestre novo

No universo dos investimentos não é só no 31 de dezembro que as pessoas param para refletir sobre o ciclo que se fechou. Todo fim de semestre é um bom momento para analisar do que deu certo e errado nas aplicações. O Ibovespa enfrentou muitos solavancos, mas passou com louvor e fechou os primeiros seis meses do ano com uma valorização de quase 15%. Mas é claro que dentro da cesta de ações que compõem o principal índice da bolsa algumas subiram bem mais, enquanto outras foram ladeira abaixo. O Victor Aguiar fez um balanço do desempenho dos principais ativos e traz esta ótima análise para você.

E falando em resoluções…

A dica de hoje vem do banco suíço UBS, que fez um panorama completo das principais classes de ativos brasileiros. Em um relatório para clientes, o banco recomendou um aumento na exposição dos investidores em bolsa. Mas já falamos muito sobre o que você deve fazer, e quero agora contar o que você não deve fazer. Nesse mesmo relatório do UBS, os analistas mostram a grande cilada que você deve urgentemente fugir. E um spoiler: ela vem justamente dos títulos públicos.

Você vem sempre aqui?

No que diz respeito à política, os holofotes nesta sexta-feira estavam voltados para o (re)encontro de Donald Trump com Jair Bolsonaro, agora lá no Japão, durante a reunião do G20. A reunião dos dois presidentes teve clima de “segunda edição”, com a discussão de temas que já haviam sido colocados na mesa durante a viagem oficial que Bolsonaro fez aos Estados Unidos meses atrás. Saiba todos os detalhes do encontro nesta matéria.

Gás para todos

O pacote lançado pelo governo na última segunda-feira para baratear o custo do gás na indústria parece que vai ter mais tentáculos do que se imaginava. Décio Oddone, diretor-geral da ANP, sinalizou hoje que os efeitos desse projeto vão poder ser sentidos inclusive no preço da conta de luz. Como isso é (ou será) possível? A resposta você confere na entrevista que ele concedeu.

#Sextou ou #semestrou?

O clima no happy hour do Seu Dinheiro está especial não só pelo fim da semana, mas também porque chegou o fim do semestre. Agora é aquela a hora de fazer um balanço dos últimos seis meses e, principalmente, começar a planejar os próximos. No Podcast Touros e Ursos de hoje, o Victor Aguiar convidou a Julia Wiltgen e o Eduardo Campos para uma análise do mercado financeiro nesse período. E na roda de conversa você vai ouvir desde os movimentos do Copom até o ranking dos melhores investimentos. Não perca mais tempo, aperte o play e embarque nessa!

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite", a newsletter diária do Seu Dinheiro. Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Estamos em um novo ciclo de alta de commodities?

Por que está se falando tanto em commodities? Isso é o que Matheus Spiess te explica no vídeo de hoje. Observando o histórico de ciclos de alta de commodities, presenciamos ciclos de altas de preços nas matérias primas. E estudos dizem que estamos na beira de um SUPERCICLO. Vamos ao passado: Início de 1900: 2º […]

Controle total

Petrobras: Cade aprova venda da participação da estatal em eólica para FIP Pirineus

Após a assinatura do acordo de R$ 32,97 milhões, o FIP Pirineus passa a deter o controle unitário do empreendimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies