Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2019-01-28T10:44:28-02:00
TUDO QUE VAI MEXER COM SEU DINHEIRO HOJE

A conta da tragédia

28 de janeiro de 2019
10:44
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Caro leitor,

É impossível começar a semana sem falar na tragédia da Vale, em Brumadinho, que dominou o noticiário por aqui e lá fora. Pelas últimas apurações, divulgadas na madrugada desta segunda-feira, o número de desaparecidos chegou a 305 e o de mortos, 58.

Se as primeiras informações apontavam que os danos ambientais não seriam tão grandes, a conversa muda quando se fala no número de mortos. Este deve ser o maior acidente trabalhista da história do Brasil, superando o desabamento de um pavilhão em construção também em Minas Gerais que matou 69 pessoas em 1971.

Essa tragédia não vai sair barato para a Vale. Por enquanto, ela tem R$ 11 bilhões bloqueados na Justiça - e essa conta muda toda hora a cada nova ação que a empresa sofre. Esses valores representam cerca de 45% do que a Vale tinha em caixa no fim do terceiro trimestre do ano passado, último dado disponível.

No curto prazo, não há muitas dúvidas do que vai acontecer com a ação da empresa. Os ADRs da Vale caíram 8% na bolsa americana na sexta-feira e o pré-market aponta para um novo tombo nesta segunda-feira. O investidor brasileiro ainda não reagiu à tragédia, já que a bolsa brasileira estava fechada na sexta-feira em função do feriado municipal em São Paulo. Mesmo quem não é acionista da Vale deve sentir o baque - o peso da ação da empresa é relevante no Ibovespa e sua queda deve puxar o índice para baixo. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar da bolsa hoje.

Mas e como será o dia seguinte? Essa é a pergunta que deve ser feita e que ainda precisa de resposta. Como o mestre Ivan Sant’anna muito bem lembrou em sua coluna na Inversa Publicações, a Vale tem um tremendo passivo intangível para lidar nos próximos anos. Multas, processos judiciais e passivos trabalhistas, além de custos para ajustar a segurança de várias outras barragens da empresa espalhadas pelo mundo. A companhia anunciou nesta madrugada que vai suspender os pagamentos de dividendos. Sim, vai doer no seu bolso, acionista.

E ainda tem mais: as cenas de corpos retirados da lama e de famílias chorando (ou esbravejando contra a Vale) por seus parentes são capazes de fazer chorar até coraçõezinhos de pedra como o dessa que vos escreve. Veremos uma onda de comoção nacional que acompanha as tragédias nos próximos dias. E tudo isso ocorre em um contexto em que temos um governo novo no Brasil e no abalado Estado de Minas Gerais.

Como Jair Bolsonaro e Romeu Zema vão responder a essa tragédia? A população comovida também espera uma atitude de quem faz as leis. E, geralmente, ela aumenta ainda mais a conta.

Doe o seu lucro

Você deve ter visto comentários nas redes sociais de que quem estava vendido em Vale vai ganhar dinheiro com a tragédia de Brumadinho. O Felipe Miranda, CEO da Empiricus e colunista do Seu Dinheiro, recomendou a operação em um de seus relatórios no dia 16 de janeiro. Pois bem. Ele, em nome da Empiricus, decidiu fazer uma doação para as vítimas e recomendou que seus leitores que acataram a recomendação do Felipe façam o mesmo. Quer saber mais? O Felipe Miranda vai explicar tudo ao vivo no Seu Dinheiro às 11h30 neste link.

Não teve muro (ainda), mas a operação voltou

O governo norte-americano deve voltar a trabalhar 100% nesta segunda-feira (finalmente!) após o presidente norte-americano suspender a paralisação parcial (shutdown) do governo na última sexta-feira. Trump vem se utilizando da paralisação para pressionar os democratas a aprovar um orçamento de US$ 5,7 bilhões para construir seu muro na fronteira com o México.  Ele disse que vai conseguir esse valor de qualquer forma. Até agora, os prejuízos dessa brincadeira devem chegar a US$ 6 bilhões, atingindo diversos setores da economia dos EUA, segundo estimativas da Standard & Poor’s. Saiba mais.

Olha o balanço aí!

A temporada de balanços para encerrar de vez 2018 chegou! E, logo de cara, a gigante dos pagamentos Cielo apresentará seus números hoje. Mas a semana ainda será marcada pelo resultado de dois bancões, Santander e Bradesco. O repórter Fernando Pivetti levantou as expectativas dos analistas para as três instituições. Veja o que esperar dos balanços da semana.

Desacelerando

O mercado financeiro reduziu as estimativas de alta da inflação e do PIB para 2019. As estimativas são do boletim “Focus”, do Banco Central, divulgado hoje cedo. Os economistas acreditam em um avanço do PIB de 2,50% em 2019 ante 2,53% previstos anteriormente. Leia mais.

Um grande abraço e ótima segunda-feira!

Agenda

Índices 
- México divulga resultado de sua balança comercial em dezembro

Balanços 4º trimestre de 2018
- No Brasil: Cielo
- Lá fora: Caterpillar e Whirlpool

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Reverteu prejuízo

Vale termina 2020 com lucro de US$ 4,9 bilhões e aprova dividendos

Mineradora conseguiu reverter prejuízo do ano anterior e aprovou distribuição de dividendos, mas lucro trimestral veio abaixo do esperado pelo mercado

Risco fiscal

Efeito de fatiamento da PEC emergencial seria extremamente perverso, diz secretário do Tesouro

“Se for fatiado será pior para todos. Queremos dar o auxílio aos vulneráveis, mas também precisamos de um ambiente fiscalmente organizado para que a economia melhore”, disse Bruno Funchal

Nível pré-pandemia

Governo Central tem superávit de R$ 43,219 bilhões em janeiro

Após 11 meses consecutivos de rombos causados pelos gastos de enfrentamento à pandemia, contas do Governo Central voltam a ter superávit

Pagamentos e maquininhas

Lucro do PagSeguro soma R$ 430 mi no trimestre, maior da história da companhia

Entretanto, companhia com ações negociadas na Nasdaq teve queda no lucro em 2020

o melhor do seu dinheiro

Lá vem o Leão de novo…

Estamos naquela época do ano de novo: temporada de prestação de contas ao Leão! A Receita Federal acaba de divulgar as regras de preenchimento da declaração de imposto de renda 2021, que neste ano deverá ser entregue entre 1º de março e 30 de abril. Parece que foi ontem que estávamos fazendo o exercício cívico […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies