Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-24T08:09:13-03:00
Estadão Conteúdo
Na onda das fintechs

Santander avança na oferta de novos negócios digitais

Seguindo os exemplos das fintechs, o banco criará uma plataforma digital para renegociar dívidas e seguro de automóveis

24 de julho de 2019
8:08 - atualizado às 8:09
Sede do Santander Brasil
Sede do Santander Brasil - Imagem: Shutterstock

O Santander vai lançar em setembro uma plataforma online que permitirá aos clientes pegar empréstimos usando uma variedade de garantias, de imóveis a motocicletas, disse ontem Sergio Rial, presidente executivo do banco, ao divulgar o balanço de resultados da instituição financeira. A exemplo das fintechs, o banco terá, até o fim do ano, plataformas digitais para renegociar dívidas e seguro de automóvel. “O Santander é uma incubadora de novos negócios, em meio ao crescimento das fintechs”, disse Rial.

No balanço divulgado na última terça-feira, 23, referente ao segundo trimestre, o Santander registrou lucro líquido de R$ 3,63 bilhões, 20,2% maior que o mesmo período do ano passado. O resultado ficou em linha com a expectativa projetada por analistas. No mesmo período, a carteira de crédito cresceu 2,2%, totalizando R$ 317,6 bilhões. O aumento foi impulsionado principalmente por empréstimos ao consumidor, já que a demanda de empresas continua fraca. Com os bons resultados, durante o dia, os papéis do banco chegaram a registrar alta de 2,4%.

Plataforma digital

De olho no movimento das fintechs, a plataforma de crédito digital do Santander, batizada de Sim, será lançada no dia 23 de setembro. O atrativo, segundo Rial, será a taxa de juros menor e o processo de aprovação mais ágil. “A Sim vai competir com o próprio Santander”, disse Rial. “O empréstimo com garantia de imóvel será apenas um deles. Há espaço para mais uma plataforma digital de crédito e vamos competir nisso.”

O Santander, por meio do seu fundo InnoVentures, já investe na Creditas, fintech de crédito com garantia.

Rial anunciou na terça também que o banco vai lançar, até o fim do ano, uma plataforma digital de renegociação de dívidas. A ideia é atender todos os clientes, mesmo os que não tenham conta no Santander. Em seguros, o banco oferecerá a partir de agosto uma ferramenta online voltada ao segmento de automóveis com a seguradora HDI, que priorizará o consumidor final.

‘Exportação’

Rial disse ainda que o banco tem a ambição de levar sua operação de microcrédito, a Prospera, para a América do Sul e sinalizou a possibilidade de alcançar um total de 10 milhões de clientes. O Santander tem hoje 368 mil clientes, base que mais que dobrou em dois anos. Além disso, o banco vai encerrar o ano com 99 agências físicas do Prospera.

Outro negócio com potencial de ser exportado para a América do Sul é a parceria de conta digital com a Natura, que prioriza as revendedoras da marca. Por meio da Avon, adquirida pela brasileira, segundo Rial, é possível até mesmo oferecer a conta digital na operação global da marca.

O mesmo deverá feito com a Getnet, empresa de meios de pagamentos da instituição financeira. Até o segundo semestre de 2020, a empresa de maquininhas chegará ao México. A intenção do banco é replicar depois o modelo para os países sul americanos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Sextou com o Ruy

Investindo em startups: empresas iniciantes podem trazer ganhos absurdos com uma grande tacada, mas ela precisa ser certeira

Antes destinado para milionários, hoje em dia já existe plataforma aberta para você investir em startups com grande potencial de valorização. E com aportes tão pequenos quanto R$ 1 mil.

Mais de 200 empresas

A temporada de resultados vem aí: confira o calendário de balanços do quarto trimestre de 2021

A temporada de resultados do quarto trimestre começa nesta terça (1º). Confira o calendário de balanços feito pelo Seu Dinheiro

OFERTA ADIADA

Por que Petrobras (PETR4) e Novonor decidiram suspender a venda bilionária de participação na Braskem (BRKM5)

As duas empresas adiaram a oferta que poderia movimentar mais de R$ 8 bilhões com a venda de até 154,9 milhões de ações da petroquímica

FIM DA SUSPENSÃO

Volta do sistema do Banco Central para consulta de dinheiro ‘esquecido’ em bancos já tem data marcada; veja quando o SVR estará novamente no ar

Quem tiver valores a receber também será informado sobre a data em que poderá solicitar a transferência dos recursos para sua conta

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa resiste em alta, as ofertas de ações da Arezzo e da Equatorial e uma pedra no sapato dos FIIs: veja as principais notícias desta quinta

Após o discurso duro do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, na tarde de ontem, o que desencadeou uma forte queda nas bolsas americanas, hoje foi dia de ajuste nas bolsas globais. O Ibovespa começou o dia novamente com uma alta substancial, ainda movido pela entrada de recursos estrangeiros na bolsa brasileira, aproveitando-se dos descontos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies