Menu
2019-06-19T13:12:41-03:00
Estadão Conteúdo
Nova Previdência

Substitutivo da reforma da Previdência tem impacto fiscal relevante, diz Marinho

Texto de Moreira foi criticado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que disse que o Congresso acabou cedendo a pressões externas e a equipe econômica tenta reverter alguns pontos que foram alterados pelo relator

19 de junho de 2019
13:12
Rogério Marinho
Rogério Marinho - Imagem: Wilson Dias/Agência Brasil

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse que o texto do relator da reforma, Samuel Moreira (PSDB-SP), tem impacto fiscal relevante e ainda preserva parte importante das mudanças propostas pelo governo. "Evidente que essas alterações que foram feitas são frutos dessas tratativas feitas dentro parlamento e têm de ser respeitadas", afirmou.

Ele, no entanto, acredita que outras mudanças ainda podem ser feitas no relatório. "O jogo ainda está sendo jogado. Temos aí um período para que o relator possa se debruçar e fazer outras mudanças. O processo ao fim e ao cabo vai ser satisfatório", disse ele nesta quarta-feira, 19, na audiência pública na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado.

O texto de Moreira foi criticado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que disse que o Congresso acabou cedendo a pressões externas e a equipe econômica tenta reverter alguns pontos que foram alterados pelo relator.

Antes destes comentários sobre o relatório, porém, Marinho falou sobre a situação fiscal dos Estados, que acabaram ficando de fora do texto do relator. "A situação dos Estados está cada vez mais difícil de se administrar", disse. "Os Estados não têm condições de fazer o que a população peticiona", afirmou, citando saúde, infraestrutura, emprego e renda.

Devedor contumaz

O secretário especial da Previdência e do Trabalho afirmou também que o deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-BA), pode relatar na Câmara, o projeto de lei 1646/19, do Executivo, que tem o objetivo de punir o devedor contumaz da Previdência. Segundo Marinho, a matéria engloba o conjunto de medidas enviadas pelo governo para acompanhar a reforma da Previdência, assim como a medida provisória 871 sobre fraudes no INSS.

"O PL recrudesce a cobrança contra grandes devedores", disse o secretário. "Esperamos que essa lei permita agilizar esse tema", comentou.

Arthur Maia foi o relator da reforma da Previdência que tramitou na legislação passada na Câmara.

Uma comissão especial para tratar do projeto já foi criada na Câmara, mas ainda não foi instalada. O colegiado está recebendo a indicação e partidos para os membros para composição.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

gestão segue independente

Holding do BTG Pactual compra consultoria de energia PSR

Um dos principais objetivos da parceria é propiciar a expansão da companhia no mercado global de energia

recursos contra a doença

Câmara aprova liberação de R$ 1,9 bilhão para compra de vacinas contra Covid-19

Dinheiro vai custear contrato entre a Fiocruz, vinculada ao Ministério da Saúde, e o laboratório AstraZeneca; recursos virão da emissão de títulos públicos

permissão especial

Anvisa divulga regras para autorização emergencial de vacina contra covid-19

Modo simplificado terá menos exigências do que os registros de outros medicamentos e tratamentos, mas a agência declarou que serão garantidos requisitos de segurança

seu dinheiro na sua noite

Uma previsão (conservadora) para a bolsa em 2021

Depois de tudo que passamos em 2020 (e o ano ainda não acabou), eu admiro a coragem de quem se arrisca a fazer previsões para o desempenho dos investimentos. As estimativas podem parecer mero chute — e às vezes são mesmo — mas no geral têm fundamento. Com algum trabalho, é possível calcular o fluxo […]

emissão de dívida em dólar

Tesouro capta US$ 2,5 bilhões no exterior com títulos de 5, 10 e 30 anos

Houve forte demanda pelos títulos de dívida externa, que superou a oferta em mais de 3 vezes, diz instituição; volume emitido com bônus de 10 anos foi o maior, de US$ 1,25 bi

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies