Menu
2019-01-20T17:32:38-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Segue a polêmica

Onyx Lorenzoni defende que militares fiquem fora da reforma da Previdência

Em entrevista ao SBT, ministro-chefe da Casa Civil disse ainda que reforma não será desidratada como no governo Temer, que tinha um pacote “obeso”, que foi “desmilinguindo” e “acabou em um ‘pacotinho fit'”

20 de janeiro de 2019
8:59 - atualizado às 17:32
Onyx Lorenzoni
Onyx Lorenzoni, ministro-chefe da Casa Civil, disse que em todo o mundo os militares têm tratamento diferente - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, defendeu que os militares fiquem de fora da reforma da Previdência. "Temos que ter clareza que em todos os países do mundo os militares têm um tratamento diferente, porque eles são diferentes, na medida em que nunca se aposentam, vão para a reserva, em permanente disponibilidade", disse ele em entrevista ao SBT gravada e transmitida na noite deste sábado, 19.

Lorenzoni afirmou que a intenção do novo governo é não desidratar a reforma como ocorreu como o texto no governo de Michel Temer. "Não é como foi no governo Temer, que tinha um pacote obeso, aí foi desmilinguindo, e acabou em um 'pacotinho fit' que não resolvia nada", disse na entrevista ao SBT.

O ministro disse que o Congresso vai fazer ajustes no texto, mas não tem "margem muito grande" para estes ajustes.

A reforma da Previdência é importante para garantir "previsibilidade" ao investidor, local ou estrangeiro, que queiram aportar recursos no Brasil, afirmou Onyx Lorenzoni.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, vai participar entre os dias 22 e 25 do Fórum Econômico Mundial na Suíça e falar da reformas e da atratividade do Brasil para os investidores. "O país tem que ter previsibilidade", disse o ministro ao SBT.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

negócio em foco

BofA vê negócio entre Linx e Totvs com sinergias de R$ 3,8 bi

Acionistas da Linx receberiam diretamente 40% do valor das sinergias da fusão com Totvs, diz banco

seu dinheiro na sua noite

Vitória do Ibovespa (no segundo tempo)

“O time no segundo tempo ganhou de 2 a 1.” Foi assim que Fernando Diniz, o técnico do São Paulo, reagiu depois da derrota por 4 a 2 para a LDU no meio da semana e que praticamente eliminou a equipe da Libertadores. Diniz preferiu ignorar os 3 a 0 que o time levou na […]

Que modorra!

Bolsa passa por correção, mas zera perdas na reta final do pregão; dólar retoma alta

Principal índice de ações da B3 passou por correção e ignorou durante a maior parte do dia o impulso do setor de tecnologia à bolsa de Nova York

setor público

Reforma administrativa economiza R$ 400 bi até 2034, aponta estudo

Mesmo restringido a reforma apenas a novos servidores, o setor público poderia economizar pelo menos R$ 24,1 bilhões em 2024 com a aprovação das mudanças no seu RH, liberando o governo para investir mais em saúde, educação e segurança pública, segundo centro de estudos

retomada em pauta

Recuperação está longe de concluída, diz presidente do Fed do Kansas

Esther George fez a declaração durante discurso sobre os bancos comunitários, no qual enfatizou o papel destes para dar estabilidade na crise e apoiar a recuperação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements