Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-02-19T14:54:20-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Ajuste das contas públicas

Em relatório para milionários, Itaú diz que reforma da Previdência poderia economizar R$ 1,05 tri em 10 anos; mas previsão realista do banco é bem diferente…

Economia trilionária só é possível se proposta não for desidratada. Ela seria 20% superior à da proposta original do governo Temer e 80% maior que a da última versão, que ficou parada na Câmara

19 de fevereiro de 2019
10:44 - atualizado às 14:54
Agência do banco Itaú
Imagem: Divulgação

Depois de o governo de Bolsonaro anunciar os primeiros pontos da proposta de reforma da Previdência, que deve ser entregue ao Congresso amanhã (20), analistas do Itaú calcularam que a economia gerada seria de R$ 1,05 trilhão ao longo de dez anos, cerca de 2,5% do PIB. Mas isso só se a proposta não for desidratada ou sofrer alterações. As informações constam em relatório divulgado hoje (19) para os clientes private, com no mínimo R$ 5 milhões no banco.

A visão mais realista do Itaú, no entanto, prevê que a economia seria menor, de 1,5% do PIB, cerca de R$ 630 bi, conforme o repórter Vinícius Pinheiro mostrou nesta matéria. A cifra está mais próxima da economia prevista para a última versão da reforma da Previdência do governo Temer.

No mundo perfeito

Na visão dos especialistas da instituição, a mudança da idade mínima de 65 para homens e de 62 anos para mulheres, ao fim de um período de transição de 12 anos pode trazer uma economia 20% superior à proposta original do governo Temer, se não houver desidratações.

Na primeira versão apresentada ao Congresso, o documento estabelecia idade mínima de 65 anos para ambos os sexos e uma transição diferente. Nela, os trabalhadores teriam que cumprir um "pedágio" de 50% sobre o período para completar o tempo de contribuição. Para os homens, a regra de transição seria a partir dos 50 anos e para as mulheres a partir de 45.

O relatório do Itaú também destaca que a economia prevista com a nova proposta de Bolsonaro poderia gerar uma economia 80% superior à proposta atual que estava parada na Câmara desde 2017. Nela, a idade mínima seria igual a prevista agora (65 anos para homens e 62 anos para mulheres).

Já nas regras de transição, os trabalhadores também deveriam cumprir um "pedágio", só que de 30% sobre o tempo que faltasse para completar a contribuição. E a idade mínima para se aposentar na regra de transição seria de 55 anos para homens e 53 anos para mulheres.

As projeções do Citi com relação à Previdência, divulgadas ontem à imprensa, também se encontram próximas da economia prevista para a última versão da proposta do governo Temer.

Perspectivas macroeconômicas

No documento, os especialistas disseram que ainda não observaram nenhuma recuperação consistente da economia e que projetam um crescimento de 2% em 2019, com uma aceleração da atividade nos próximos meses.

Para eles, o mercado recebeu bem os primeiros detalhes da reforma da Previdência com as taxas pagas pelos títulos de renda fixa caindo bastante e a Bolsa voltando ao patamar de 98 mil pontos. Aliado a isso, a lenta recuperação da atividade econômica vem ajudando a reduzir as taxas dos títulos pré-fixados com vencimentos mais curtos.

O relatório destaca também que os desdobramentos positivos com relação às negociações entre Estados Unidos e China sobre tarifas comerciais contribuíram para a boa performance dos ativos locais.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Olimpíadas da bolsa

Ibovespa acima dos 140 mil pontos? Para a maioria dos assessores da XP, isso deverá ocorrer ainda em 2021

A pesquisa entrevistou profissionais do ramo para obter a visão dos assessores e, principalmente, dos seus clientes sobre os rumos da bolsa brasileira

Um olho no peixe...

EUA: Casa Branca comemora avanço do PIB no 2º trimestre, mas alerta para incertezas econômicas

O governo defendeu sua proposta de investimentos em infraestrutura como instrumento importante para manter o ritmo de crescimento

roxinho com mais crédito

Nubank promete aumentar limite em cartão de crédito de 35 milhões de clientes

Segundo a companhia, até o final de 2021, 10 milhões de clientes serão impactados pela novidade do cartão; três milhões em agosto

A vida depois da pandemia?

Ações da Multiplan sobem 5% após balanço que mostra recuperação dos shoppings

Resultados mostram avanço nas vendas e nas receitas de aluguel, à medida que a vacinação avança e os shoppings reabrem

Balanço sólido

Lucro líquido da Mastercard dispara 46% e vai a US$ 2 bilhões no segundo trimestre; resultado superou previsões dos analistas

O resultado foi impulsionado, segundo o CEO da empresa, pela contínua recuperação dos gastos domésticos e internacionais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies