Menu
2019-09-20T15:22:07-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Cara nova

José Barroso Tostes Neto substitui Marcos Cintra como secretário da Receita

Tostes começou a trabalhar na Receita Federal em 1982 e também atuou como secretário de Fazenda do Pará de 2011 a 2015, durante o governo Simão Jatene

20 de setembro de 2019
12:27 - atualizado às 15:22
José Barroso Tostes Neto.
José Barroso Tostes Neto. - Imagem: Pedro França/Agência Senado

O Ministério da Economia confirmou na tarde de hoje (20) que José Barroso Tostes Neto será o novo secretário especial da Receita Federal. Ele substituirá Marcos Cintra, demitido do cargo na semana passada (11) após divergências dentro do governo sobre uma proposta de criação de um imposto nos moldes da CPMF.

Segundo o ministério, ele assumirá o cargo de secretário da Receita Federal depois de ser nomeado por decreto do presidente da República.

Tostes entrou na Receita Federal em 1982, como auditor fiscal. O auditor aposentado também já foi secretário de Fazenda do Pará de 2011 a 2015, durante o governo Simão Jatene, e atuava como consultor de Gestão Fiscal e Municipal do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Em 2018 chegou a concorrer à lista tríplice para o cargo de secretário da Receita do Sindifisco (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil).

Na semana passada, uma apresentação feita por um subordinado de Cintra contendo a proposta de criação de um imposto nos moldes da CPMF teria sido o motivador da dispensa.

Em seu Twitter, o presidente Jair Bolsonaro chegou a comentar a polêmica envolvendo a possível criação do imposto. Além de expor as razões para a exoneração de Cintra, Bolsonaro também negou que a CPMF faça parte dos planos do governo.

Na nota em que informou a demissão de Cintra, o ministério da Economia esclareceu que ainda não existe um projeto finalizado de reforma tributária. “A equipe econômica trabalha na formulação de um novo regime tributário para corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento”.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Reformas

‘Vamos limpar a pauta, destravando o horizonte de investimentos’, diz Paulo Guedes

Ministro prometeu que o governo não irá aumentar impostos e reforçou que a atividade está se recuperando em ‘V’

Inflação

Brasileiros acreditam que inflação será de 5,2% nos próximos 12 meses

Em janeiro, 14,2% dos consumidores projetaram valores abaixo do limite inferior da meta de inflação para 2021 (3,75%)

Alta nos preços

Preço do diesel no Brasil está entre os que mais subiram no mundo, diz estudo

Segundo o documento, na 1ª semana deste mês, o diesel ficou mais caro em 6 dos 7 países analisados

Operações de crédito

BNDES: desembolsos de 2021 deverão ficar acima de R$ 60 bi, diz Bianca Nasser

“A retomada da economia vem sendo aguardada e esperamos que o BNDES continuará tendo papel contracíclico em 2021”, diz a diretora

Sob nova direção

BR Distribuidora anuncia Wilson Ferreira Junior, da Eletrobras, como novo presidente

O executivo vai ocupar o lugar de Rafael Grisolia, que deixará o comando da rede de postos de combustíveis no fim deste mês

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies