⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2019-09-11T18:11:41-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Acabou!

Bolsonaro enterra possibilidade de nova CPMF

Presidente Jair Bolsonaro diz que a recriação da CPMF ou aumento da carga tributária estão fora da reforma tributária por determinação dele

11 de setembro de 2019
17:55 - atualizado às 18:11
Auxílio Brasil
Ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente Jair Bolsonaro. - Imagem: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro, que se recupera de cirurgia em São Paulo, usou sua conta no “Twitter” para encerrar as discussões e desencontros envolvendo a possível criação de um imposto nos moldes da antiga CPMF.

O tuíte do presidente veio depois da exoneração do secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, depois da apresentação feita ontem, por subordinado dele, de uma proposta tratando de um imposto nos moldes da CPMF, que incidira sobre pagamentos e recebimentos.

A saída de Cintra, no entanto, não tinha acabado de vez com a história, já que o apoio a um imposto sobre transações financeiras sempre foi defendido pelo próprio ministro da Economia, Paulo Guedes.

Em nota sobre a exoneração de Cintra, o Ministério da Econômica tinha dito que não há um projeto de reforma tributária finalizado e que a proposta seria apresentada após aval de Guedes e de Bolsonaro.

Com o esse tuíte, Bolsonaro põe fim à questão, pois desautoriza a continuidade ou discussões envolvendo um imposto sobre movimentações financeiras, que vinha sendo defendido por Guedes como uma forma de reduzir o imposto sobre a folha de pagamentos, estimulando a criação de empregos.

Resta agora esperar qual será a postura de Guedes, que defende tem algum tempo essa modalidade de tributação como substituição e simplificação do modelo tributário atual.

Nesse episódio prevaleceu a "conta política", mesmo com Bolsonaro começando a mostrar alguma simpatia pelo tema. A CPMF sempre despertou raiva na população e tinha aberto espaço para ataques políticos contra Bolsonaro e ministros. Como falamos anteriormente, por mais que a equipe se esforçasse, dificilmente o tributo escaparia da relação com o antigo imposto do cheque e toda a ira que ele desperta.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa fecha setembro no azul, o potencial da Weg (WEGE3) e a semana do bitcoin; confira os destaques do dia

30 de setembro de 2022 - 19:19

O último pregão do mês foi também o último antes da definição do primeiro turno das eleições presidenciais de 2022. Apesar disso, levou um tempo até que a política fosse o principal gatilho para os negócios.  Isso porque o debate final entre os candidatos à chefia do Executivo não trouxe grandes mudanças no cenário-base, já […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa fecha setembro no azul por um triz após nova onda do ‘efeito Meirelles’; dólar vai a R$ 5,39

30 de setembro de 2022 - 18:53

O Ibovespa deixou a política parcialmente de lado no último pregão antes do pleito de domingo

Balanço do mês

Os melhores investimentos de setembro: dólar tem a maior alta do mês, e Brasil vai na contramão do mundo com valorização de quase todos os ativos

30 de setembro de 2022 - 18:42

Títulos prefixados vêm logo em seguida, beneficiados pelo fim do ciclo de alta da Selic no Brasil. Veja o ranking completo dos melhores e piores investimentos do mês

EFEITO MEIRELLES 2.0

Bolsa amplia alta e Magazine Luiza (MGLU3) dispara com novo rumor sobre Henrique Meirelles no governo em caso de vitória do petista

30 de setembro de 2022 - 16:01

Descolando de seus pares internacionais, a bolsa brasileira opera em forte alta, mas o grande destaque fica com a curva de juros e a disparada de ações do setor de consumo

É HORA DE COMPRAR?

Morgan Stanley altera recomendação da Weg (WEGE3) de venda para compra e papel sobe mais de 6%

30 de setembro de 2022 - 15:51

Na avaliação dos analistas, a Weg (WEGE3) tende a se beneficiar das tendências de automação, eletrificação e descarbonização do mercado e pode subir 29,3%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies