A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2019-10-14T14:22:00-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Novo método

PT quer prévia entre partidos de centro-esquerda para escolher candidato a prefeito em SP

Sugestão foi apresentada pelo vereador Eduardo Suplicy em uma reunião dos diretórios zonais do PT de São Paulo

25 de junho de 2019
17:40 - atualizado às 14:22
Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil
Imagem: Shutterstock

O PT de São Paulo discute internamente abrir negociação com os demais partidos de centro-esquerda (PSB, PDT, PSOL e PCdoB) a indicação de um candidato único à Prefeitura de São Paulo. A ideia é reunir os partidos em torno de um programa comum e, a partir disso, escolher o candidato por meio de prévias que envolveriam todos as legendas.

A sugestão foi apresentada pelo vereador Eduardo Suplicy em uma reunião dos diretórios zonais do PT de São Paulo, cerca de duas semanas atrás, e ganhou o apoio de outras lideranças petistas como o deputado Carlos Zarattini (PT-SP), um dos pré-candidatos do partido à sucessão de Bruno Covas (PSDB).

"Primeiro os partidos discutem um programa para a cidade. Depois chegam a um acordo para a escolha do nome permitindo que todos partidos apresentem nomes. Pode ser uma prévia ou uma consulta", disse Zarattini. "É claro que o PT teria mais vantagem por causa do tamanho e da força, mas não podemos fechar a porta".

Além dele, outros dois nomes se colocam como pré-candidatos no PT: o deputado Paulo Teixeira e o ex-deputado Jilmar Tatto. Em reunião realizada na semana passada, o Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) do PT nacional avaliou que nenhum dos três tem chances reais de vencer a eleição.

Outros nomes como o do ex-ministro Aloizio Mercadante e da professora Ana Estela Haddad, mulher do ex-prefeito Fernando Haddad, foram sondados mas se recusaram. O próprio Haddad foi citado pela presidente do PT, Gleisi Hoffmann, como possível candidato, mas tem dito que não vai concorrer.

A falta de nomes competitivos fez com que dirigentes do PT cogitassem a possibilidade de o partido pela primeira vez em sua história não lançar candidato próprio à prefeitura da maior cidade do Brasil, governada três vezes pela legenda.

Lideranças próximas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendem que o PT apoie o ex-governador Marcio França (PSB). Forças ligadas à Gleisi preferem Guilherme Boulos (PSOL).

Zarattini negou que o PT não tenha nomes competitivos para disputar a prefeitura. "O PT tem nome. Queremos a unidade e queremos um programa comum", disse ele.

A proposta de prévias entre os cinco partidos é vista com ceticismo entre os aliados. Todos eles já têm estratégias avançadas para a disputa municipal do ano que vem. O PCdoB deve lançar candidato próprio (a ex-vice-prefeita Nadia Campeão ou o deputado Orlando Silva) como parte da tática para vencer a cláusula de barreira. O PSOL deve lançar Boulos e o PSB, França, que teve grande votação na capital paulista na disputa pelo governo. E o PDT tenta convencer a deputada Tábata Amaral, um dos destaques da nova legislatura, a concorrer pelo partido.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Balanço

Oi (OIBR3) sai de lucro para prejuízo no 2T22, mas dívida líquida desaba

12 de agosto de 2022 - 6:45

Sem adiamentos desta vez, a Oi (OIBR3) divulgou no fim da noite da quinta-feira (11) o resultado financeiro do segundo trimestre. E embora tenha buscado enfatizar os resultados da nova Oi, a empresa de telecomunicações saiu de lucro para prejuízo no período. A companhia de telecomunicações reportou prejuízo líquido de R$ 320,8 milhões entre abril […]

SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL

De olho no dinheiro de investidores, 15 clubes de futebol viraram SAF, mas só três acharam parceiro; veja quais

12 de agosto de 2022 - 6:22

Botafogo, Cruzeiro e Vasco já colhem os frutos da SAF, mas outros 12 times ainda não acharam parceiro; clube tradicional recusou a SAF mesmo com investidor interessado

SEXTOU COM O RUY

Investir em estatal vale a pena? Uma reflexão sobre como o Banco do Brasil (BBAS3) subverteu as máximas dos manuais de investimentos

12 de agosto de 2022 - 5:57

Banco do Brasil (BBAS3) negocia com múltiplos baixos demais para a qualidade dos resultados que tem apresentado e ainda guarda um bom potencial de valorização

NOITE CRIPTO

Cansou? Alta do bitcoin (BTC) perde força, mas semana deve encerrar com ganhos

11 de agosto de 2022 - 20:28

Mais cedo, o BTC subiu mais de 6%, embalado pelos dados de inflação dos EUA, que sinalizaram que um aperto monetário mais agressivo pode não acontecer

Balanço do 2º tri

Cenário difícil para os ativos de risco pesa sobre o balanço da B3 no 2º trimestre; confira os principais números da operadora da bolsa

11 de agosto de 2022 - 19:56

Companhia viu queda nos volumes negociados e também nas principais linhas do balanço, tanto na comparação anual quanto em relação ao trimestre anterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies