Menu
2019-08-27T14:43:17-03:00
Partido de Bolsonaro

PSL paulista dá o sinal mais claro até agora sobre quem será seu candidato à prefeitura de SP em 2020

Convite para que Joice Hasselmann seja cabeça de chapa ocorre no momento em que o governador de São Paulo, João Doria, assedia quadros do PSL

27 de agosto de 2019
14:42 - atualizado às 14:43
Senador Major Olimpio (PSL-SP)
Imagem: Geraldo Magela/Agência Senado

O PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, deu a largada para as eleições municipais do ano que vem. Em evento voltado para empresários da área de infraestrutura nesta terça-feira, 27, o senador Major Olímpio (PSL-SP), convidou a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), de quem era desafeto, para ser a candidata à Prefeitura de São Paulo pelo partido.

O convite ocorre no momento em que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), tem assediado quadros do PSL. O deputado Alexandre Frota (SP) e o suplente de senador Paulo Marinho (RJ) são os dois primeiros que deixaram o partido de Bolsonaro para se aliar a Doria.

Joice é amiga pessoal do governador de São Paulo, participou de sua campanha em 2018 e é alvo de ataques de setores do bolsonarismo nas redes sociais por conta dessa proximidade.

O acordo significa uma trégua entre Olímpio e Joice, que têm um histórico de disputas e atritos desde a pré-campanha de 2018, quando ambos se alinharam a Bolsonaro. "Está na hora de colocarmos as divergências de lado em nome de um interesse maior que é o partido", disse Olímpio.

Segundo ele, Bolsonaro não participou do acordo. Fontes do PSL de São Paulo disseram que a costura contempla interesses tanto do senador quanto da deputada. Olímpio retira obstáculos para a candidatura de Joice à Prefeitura e em troca a deputada não atrapalha a pretensão do senador de disputar o governo de São Paulo em 2022.

Em um discurso repleto de afagos ao ex-desafeto, Joice falou como candidata. "Perdão pelo atraso. É falta de infraestrutura em São Paulo", disse ela, meia hora atrasada para a abertura do evento. Olímpio retribuiu as gentilezas e lançou um desafio para que a deputada aceite a candidatura à Prefeitura em 2020.

"A Joice está nessa luta como líder no Congresso, queremos que ela continue nessa luta até o meio do ano que vem, mas a partir daí queremos fazer um desafio à Joice. Todo mundo sabe que tivemos atritos, até com dificuldade de lembrar do que foram os atritos, mas o PSL e o presidente Bolsonaro têm procurado candidaturas fortes no ano que vem. Então fica o desafio, Joice, para que você possa amadurecer a ideia e pense com muito carinho na possibilidade de se colocar como pré-candidata à Prefeitura de São Paulo", disse o senador.

À reportagem, Joice respondeu afirmativamente. Segundo ela, o apoio de Olímpio e a unidade do PSL paulista eram detalhes necessários para a candidatura.

"Tudo caminha para o sim. Não poderia dizer sim sem que a executiva estadual de São Paulo estivesse unida", afirmou.

Segundo ela, a candidatura foi objeto de uma conversa com Bolsonaro um mês e meio atrás, quando o presidente fez um balanço da eleição municipal nas principais cidades e sugeriu que gostaria de ter uma mulher no comando do terceiro maior orçamento do País.

Para viabilizar a candidatura, no entanto, o PSL vai ter que enfrentar problemas com a Justiça Eleitoral. O partido está proibido de formalizar um diretório em São Paulo por não ter prestado contas da movimentação financeira entre 2009 e 2018.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Disputa com a Stone

Linx se recusa a assinar protocolo de oferta da Totvs, que sobe tom contra conselheiros da empresa

Totvs ainda não desistiu do negócio, mas disse que os conselheiros independentes da Linx trataram a oferta da companhia de forma desigual em relação à proposta feita pela Stone

seu dinheiro na sua noite

A segunda onda (e o primeiro teste)?

A bolsa brasileira ganhou 1 milhão de pessoas físicas nos últimos seis meses. São novos investidores que praticamente não sabem o que é perder dinheiro na renda variável. O Ibovespa registrou uma alta de respeitáveis 40% entre março — o epicentro do terremoto nos mercados provocado pela crise do coronavírus — e agosto. O ganho […]

abertura de capital

Bradesco planeja IPO da Ágora e corretora deve se separar do banco até o fim do ano

Analistas do Goldman Sachs tiveram conferência com os diretores do Bradesco, Leandro Miranda e Carlos Firetti. O plano é realizar o IPO depois de a Ágora conquistar o segundo lugar do setor em termos de participação de mercado — o que é previsto para acontecer dentro de 4 ou 5 anos

Tenebrosas transações

Ibovespa fecha em queda e dólar sobe com escândalo envolvendo bancos da Europa e dos EUA

Aumento de casos de covid-19 na Europa e morte de juíza federal norte-americana constituíram ingredientes adicionais à forte aversão ao risco nos mercados globais

INDO PARA A BOLSA

CSN autoriza IPO da parte de mineração e atualiza projeções

CSN decidiu pelo IPO da unidade de mineração “à luz das condições favoráveis e perspectivas positivas do mercado de minério de ferro”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements