Menu
2019-07-02T12:38:42-03:00
Estadão Conteúdo
com ajudinha do pré-sal

Produção de petróleo e gás natural no Brasil bate recorde em maio

Em maio, a produção atingiu 3,473 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), contra 3,433 milhões de boe/há cerca de três anos

2 de julho de 2019
12:38
Plataforma de petróleo
Bacia - Imagem: Fábio Motta/Estadão Conteúdo

A produção de petróleo e gás natural do Brasil bateu recorde em maio, informou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), superando o recorde de dezembro de 2016. Em maio, a produção atingiu 3,473 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), contra 3,433 milhões de boe/há cerca de três anos.

Levando em conta só a produção de petróleo a produção alcançou 2,731 milhões de barris por dia, também superando o recorde anterior de dezembro de 2016. Comparado a abril, o volume de petróleo produzido subiu 4,9%, informou a agência. Já a produção de gás natural foi de 118 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d), superando o recorde anterior de 117 milhões de metros cúbicos por dia registrado em outubro de 2018. Em relação ao mês anterior o crescimento foi de 4,4% e de 5,4% em relação a maio de 2018.

Além do aumento da produção da Petrobras, de 2,437 milhões de b/d em abril para 2,548 milhões de b/d em maio, a Equinor, segundo maior produtora também teve acréscimo, de 53,2 mil b/d para 65,4 mil b/d e a terceira colocada Shell, de 36,9 mil b/d para 41,3 b/d na mesma comparação.

A produção foi puxada pelo alto desempenho do pré-sal brasileiro, explorado pela Petrobras e parceiras, que já representa 60,7% da produção da commodity no País. Em maio, a produção de petróleo em 97 poços da região foi de 1,674 milhão de b/d de petróleo e 68,7 milhões de m3/d de gás natural, também um recorde, segundo a ANP. O campo de Lula, na bacia de Santos, foi o responsável pela maior produção, com média de 910 mil de b/d de petróleo e 39,1 milhões de m3 de gás por dia. Apenas uma plataforma instalada em Lula (FPSO Maricá) produziu 149,9 mil b/d.

O Rio de Janeiro continua sendo o maior produtor de petróleo e gás natural do País, com 2,041 milhões de b/d, seguido de São Paulo, com 306,9 mil b/d. Já a bacia de Santos lidera a produção com 17 campos produtores e produção de 1,5 milhão de b/d, contra 1,064 milhão de b/d da bacia de Campos, obtida em 33 campos.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Entrevista

‘Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos’, diz presidente da Whirlpool

CEO da fabricante das marcas Consul e Brastemp diz estar cauteloso para investir em produção e em relação à sustentabilidade da demanda, por conta de desemprego e da situação fiscal

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Recorde

Estrangeiros põem R$ 30 bilhões na bolsa brasileira em novembro

Trata-se de recorde de entrada de recursos estrangeiros em um mês, impulsionado pela migração de recursos para bolsas emergentes; movimento por aqui, porém, pode ser passageiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies