Menu
2019-12-03T19:25:05-03:00
Estadão Conteúdo

Petrobras venderá 10% da TAG em 2020 e Engie exercerá preferência, diz Bahr

A TAG foi adquirida em junho deste ano pela empresa de energia franco belga Engie e pelo fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ), pelo valor de R$ 33,5 bilhões

3 de dezembro de 2019
19:25
Petrobras
Imagem: shutterstock

O presidente da Engie Brasil, Maurício Bahr, estima que a Petrobras vai sair totalmente da Transportadora Associada de Gás (TAG) no primeiro semestre de 2020, e já manifestou o interesse de exercer o seu direito de preferência da maior parte da participação de 10% da estatal que será vendida.

Ex-subsidiária da Petrobras, a TAG foi adquirida em junho deste ano pela empresa de energia franco belga Engie e pelo fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ), pelo valor de R$ 33,5 bilhões. Segundo Bahr, a Engie tem direito a exercer entre 65% e 70% dos 10% que serão vendidos pela estatal brasileira.

Bahr informou que após seis meses de integração com a TAG, a Engie está na fase de retenção de funcionários, hoje cerca de 100 pessoas, sendo 50% funcionários da Petrobras. "Queremos ver quem são os funcionário desejosos de continuar na TAG e se desvincular da Petrobras para assumir um novo desafio na iniciativa privada", explicou.

De acordo com o executivo, o setor de transporte de gás deverá seguir na Engie o mesmo caminho do setor elétrico, que abriu as portas do Brasil para a empresa na década de 1990.

"A gente quer vivenciar nos próximos 20 anos o que vivenciamos há 20 anos no setor elétrico, quando setor se abriu e a gente começou a atender a clientes livres e abrir o mercado. Tínhamos três a quatro clientes em 1998 e agora temos 800 clientes. A gente imagina que vai acontecer no setor de gás exatamente isso, hoje temos um cliente, que é a Petrobras, e espero que daqui a 20 anos alguém dê uma entrevista confirmando isso", brincou.

Bahr explicou ainda que, para expandir o alcance da TAG, terá que contratar no mínimo "algumas centenas de funcionários" daqui a três anos, prazo em que a atual operadora do gasoduto, Transpetro, deixará suas funções.

"Com a entrada do gás do pré-sal e o aumento da oferta, o preço do gás vai cair e vai ter demanda maior, algumas atividades industriais vão migrar de um combustível para outro e o gás vai exercer papel importante na energia elétrica", aposta o executivo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Auxílio Emergencial

PEC que autoriza auxílio pode deixar ajuste de gastos para 2025

A contenção de despesas pode vir com o acionamento automático de gatilhos, congelamento de salários e proibição de novos subsídios

NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Mortes somam mais de 255 mil e casos, quase 10,6 milhões

Em 24 horas, foram registrados 778 óbitos e 35.743 novos infectados pela covid-19, segundo Ministério da Saúde

Bitcoin no mundo

Sem meio termo: bitcoin pode virar moeda universal ou implodir, afirma Citibank

Entre as dificuldades de adoção da moeda, estão a melhoria dos sistemas digitais e a alta especulação em torno do ativo

DINHEIRO NO BOLSO

Rede D’Or e Irani vão pagar JCP e dividendos; saiba como receber

JCP não são isentos de imposto de renda para os acionistas, sendo tributados na fonte a uma alíquota de 15%

Esquenta dos Mercados

Alteração na regra de contribuição sobre o lucro dos bancos pode afetar bolsa hoje

Exterior pouco favorável e cenário interno caótico podem ser um entrave para o investidor no dia de hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies