Menu
2019-04-05T10:16:45-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Evento feito na bolsa de SP

Neoenergia é destaque em leilão de transmissão da Aneel ao levar os principais lotes ofertados

Empresa levou quatro lotes que, somados, possuem receita anual permitida acima dos R$ 500 milhões

20 de dezembro de 2018
17:14 - atualizado às 10:16
neoenergia
Neoenergia vai responder por aproximadamente R$ 6,1 bilhões dos investimentos viabilizados com o leilão - Imagem: Divulgação

A Neoenergia foi o destaque do leilão de transmissão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta quinta-feira, 20, na sede da B3, em São Paulo. A companhia levou os principais lotes da disputa, incluindo o maior deles, o lote número 1, e também os lotes 2, 3 e 14. A receita anual permitida da companhia nesses quatro projetos supera os R$ 500 milhões.

Ao todo, foram 16 lotes ofertados pela agência, que apresentaram um deságio médio de 46%. A Receita Anual Permitida (RAP) de todos os projetos chega a R$ 1,153 bilhão, ante uma RAP máxima de R$ 2,139 bilhões.

Dos R$ 13 bilhões em investimentos viabilizados com o leilão, a Neoenergia vai responder por aproximadamente R$ 6,1 bilhões.

Empresas listadas também abocanharam fatias

Dentre as principais empresas de energia que levaram algum dos lotes ofertados, destaque para CPFL, que venceu os lotes 5 e 11, Energisa, com o lote 4 e Taesa, vencedora do lote 12. Na bolsa, o impacto da vitória das companhias foi tímido. Ordinárias da CPFL subiam 0,29% no fim do pregão, enquanto UNITs da Taesa ganhavam 0,67%.

Também participaram da disputa CTEEP, Engie, EDP e Alupar, que, no entanto, não obtiveram sucesso com suas propostas. As UNITs da Engie amargavam queda de quase 2%.

Confira os vencedores de cada lote:

  • Lote 1: Neoenergia (Receita Anual Permitida de R$ 194,1 milhões)
  • Lote 2: Neoenergia (Receita Anual Permitida de R$ 117 milhões)
  • Lote 3: Neoenergia (Receita Anual Permitida de R$ 69,1 milhões)
  • Lote 4: Energisa (Receita Anual Permitida de R$ 62,8 milhões)
  • Lote 5: CPFL Energia (Receita Anual Permitida de R$ 26,38 milhões)
  • Lote 6: Consórcio EMTEP (Receita Anual Permitida de R$ 11,5 milhões)
  • Lote 7: Zopone Energia (Receita Anual Permitida de R$ 20,69 milhões)
  • Lote 8: Consórcio IG Transmissão (Receita Anual Permitida de R$ 8,15 milhões)
  • Lote 9: Consórcio EMTEP (Receita Anual Permitida de R$ 11,5 milhões)
  • Lote 10: Consórcio Chimarrão (Receita Anual Permitida de R$ 219,5 milhões)
  • Lote 11: CPFL Energia (Receita Anual Permitida de R$ 33,8 milhões)
  • Lote 12: Taesa (Receita Anual Permitida de R$ 58,9 milhões)
  • Lote 13: Sterlite (Receita Anual Permitida de R$ 74,72 milhões)
  • Lote 14: Neoenergia (Receita Anual Permitida de R$ 120,92 milhões)
  • Lote 15: Consórcio EMTEP (Receita Anual Permitida de R$ 4,35 milhões)
  • Lote 16: Celeo (Receita Anual Permitida de R$ 120,12 milhões)

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

BILIONÁRIO NA ÁREA

Sócio da 3G Capital entra para o mundo da infraestrutura investindo na Light

Convidado por Ronaldo Cezar Coelho, Beto Sicupira alcança participação de 9,9% no capital social da distribuidora de energia

Esquenta dos mercados

Será que vai sextar? ‘Otimismo cauteloso’ nos mercados sugere abertura em alta no Ibovespa

Bons resultados de bancos e montadoras na Europa, aprovação do remdesivir pela FDA e debate civilizado nos EUA aliviam pressão sobre ativos de risco

INICIATIVA

Governo revoga normas trabalhistas e apresenta eSocial simplificado

Foram revogadas 48 portarias trabalhistas consideradas obsoletas e assinada nova norma regulamentadora de saúde e segurança na área rural

BOLETIM OFICIAL

Covid-19: Brasil tem 24,8 mil novos casos e mais 497 mortes em 24h

Depois de São Paulo, Estados com mais mortes provocadas pelo novo coronavírus são Rio de Janeiro, Ceará, Minas Gerais e Pernambuco

Sextou com o Ruy

Quem precisa de shopping centers? E como ficam as ações do setor?

Tem gente dizendo que os shoppings estão com os dias contados e que 2020 pode ser o último ano que eles nos serão úteis para as compras de fim de ano. Será que isso é verdade?

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies