Menu
2019-11-01T09:35:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
bancão faz compras

Itaú Unibanco compra startup mineira por R$ 575 milhões

Com a aquisição da Zup, banco espera acelerar o desenvolvimento dos projetos de transformação digital e a oferta de produtos digitais

1 de novembro de 2019
9:28 - atualizado às 9:35
73342827_2683907618326271_2707705811857047552_n
Imagem: Zup / Divulgação / Facebook

O Itaú Unibanco anunciou nesta quinta-feira (31) que fechou a compra da Zup, uma startup de Minas Gerais que oferece serviços tecnológicos e já ajudou a desenvolver aplicativos para Vivo e Santander. O negócio é avaliado em R$ 575 milhões.

Com a aquisição, a empresa espera acelerar o desenvolvimento dos projetos de transformação digital e a oferta de novas funcionalidades e de produtos digitais aos seus clientes. Segundo o banco, a gestão e a condução dos negócios da Zup continuarão totalmente separadas e autônomas em relação ao Itaú.

A compra será em três etapas ao longo de quatro anos. Na primeira, o Itaú compra 51,0% do capital total e votante da Zup pelo valor aproximado de R$ 293 milhões, passando a deter o controle da companhia. No terceiro ano, após o fechamento da operação, o Itaú vai adquirir mais 19,6% de participação.

No quarto ano, o Itaú compra a participação restante dos acionistas de forma a alcançar 100% do capital total e votante da companhia. A conclusão da operação está sujeita às aprovações do Cade e do Bacen.

Olho nos negócios

Fundada em Uberlândia (MG) em 2011, a Zup oferece soluções tecnológicas de acordo com a necessidade de cada cliente. A startup tem mais de 900 colaboradores e sistemas que facilitam a integração de novos desenvolvimentos digitais com os sistemas corporativos legados.

O Itaú divulga os números do terceiro trimestre no próximo dia 4. No último balanço divulgado, o banco apresentou um lucro líquido de R$ 7,034 bilhões- alta de 10,2% em relação ao mesmo período do ano passado.

A empresa também manteve por mais um trimestre a posição de mais rentável entre os gigantes do varejo bancário. O retorno sobre o patrimônio foi de 23,5%. No entanto, o crédito seguiu em ritmo mais lento que o esperado: o Itaú encerrou junho com R$ 659,7 bilhões em financiamentos.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

seu dinheiro na sua noite

O IPO da Caixa Seguridade vem aí; vale a pena entrar?

Depois de algumas idas e vindas, o já mítico IPO da Caixa Seguridade finalmente vai sair. O processo de abertura de capital da holding de seguros da Caixa Econômica Federal foi paralisado duas vezes no ano passado, mas finalmente será concluído na semana que vem, com a estreia das ações na bolsa. O IPO da […]

plano do ipo

Espaçolaser compra lojas franqueadas em GO e PR por R$ 35,6 milhões

Rede de depilação já detinha opção de compra; no início do mês, companhia anunciou aquisição de outras 18 lojas

FECHAMENTO

Bolsa, dólar e juros terminam o dia no vermelho com repercussão do Orçamento e novo plano Biden

Plano de Biden de aumentar impostos não agradou o mercado e a perspectiva de nova injeção de estímulos puxou para baixo o dólar. Já os juros futuros recuaram de olho na sanção do Orçamento

dança das cadeiras

Carrefour muda alto escalão, em processo de integração com Grupo BIG

Sébastien Durchon deixa o cargo de vice-presidente de finanças e de relações com investidores; executivo ficará à frente do processo de integração com a companhia adquirida

Concorrência pesa

Lucro líquido da Intel despenca 41% no 1º trimestre

Apesar do resultado negativo, a receita da companhia caiu apenas 1% na comparação com os primeiros três meses do ano passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies