Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T13:55:58-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Bolsa

Quais ações estão puxando o Ibovespa neste começo de ano?

Bolsa brasileira ganhou 6,6% em oito pregões e analistas do BTG foram ver quem lidera o rali. Das 67 ações do índice, apenas 13 têm queda em 2019

14 de janeiro de 2019
12:49 - atualizado às 13:55
Placa indica alta no Ibovespa
Placa indica alta no Ibovespa - Imagem: Shutterstock

O início do governo Jair Bolsonaro está sendo acompanhado de um forte movimento de alta do Ibovespa, principal índice de ações da B3. Em oito pregões desde a virada do ano, o índice acumula alta de 6,6% ou 5.814 pontos. Nesta segunda-feira, o índice testou os 94 mil pontos.

Os analistas do BTG Pactual fizeram uma breve avaliação de quem está liderando esse movimento. Das 67 ações que compõem o índice apenas 13 apresentam variação negativa.

As ações do Itaú são destaque respondendo por 610 pontos, seguidas por Petrobras PN, com 604, Bradesco (563), Petrobras ON (515) e Ambev (510). Na ponta oposta, mas nada muito relevantes, Lojas Renner tira 31 pontos, seguida de CVC, com 20 pontos.

Mesmo com esse rali, o BTG nota que bolsa segue negociada abaixo de médias históricas de Preço/Lucro. “Acreditamos que o Ibovespa pode negociar, tranquilamente, a um desvio padrão acima de sua média histórica com o novo governo realizando as reformas”, diz o relatório. Isso colocaria o Ibovespa ao redor dos 111 mil pontos.

Os analistas também fizeram uma avaliação do movimento da bolsa entre 7 de outubro e o fim de 2018, pegando o mês eleitoral e o desfecho das urnas. Nesse período, o Ibovespa subiu 6,8% ou 5.036 pontos. Nesse período, três grandes bancos – Itaú, Bradesco e Banco do Brasil – foram responsáveis por 3.916 pontos de alta. Outros ativos com relevante participação foram Ultrapar, com 436 pontos, Itausa (389 pontos) e Lojas Renner (353 pontos). Na ponta oposta, as ações ordinárias da Vale tiveram contribuição negativa de 1.441 pontos.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Alta da Selic, bons números da Weg, IPO do Nubank e dividendos da Gerdau: veja o que marcou o mercado hoje

Há cerca de um mês, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou que a autoridade não mudaria o “plano de voo” a cada novo dado da economia brasileira. Mas, veja só, a realidade obrigou a instituição a recalcular a rota: há pouco, o Copom elevou a Selic em 1,50 ponto percentual, ao […]

Referência em SP

Na corrida do setor de saúde, Rede D’Or (RDOR3) garante fôlego com a compra do Hospital Santa Isabel

O ativo está avaliado em R$ 280 milhões. Porém, conforme explica a empresa, seu endividamento líquido será deduzido na conta final da transação

Ser conservador compensa

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 7,75%

Agora até a poupança ganha da inflação projetada. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom sobre a Selic

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado do Copom a respeito da Selic; a taxa básica de juros foi elevada ao patamar de 7,75% ao ano

CRYPTO NEWS

Sobrevivendo aos altos e baixos do bitcoin: veja sete ensinamentos para os ciclos de criptomoedas

Manter a saúde mental e financeira é um desafio para os investidores do mundo cripto, especialmente em meio ao bull market atual

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies