IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2019-04-04T13:55:58-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Bolsa

Quais ações estão puxando o Ibovespa neste começo de ano?

Bolsa brasileira ganhou 6,6% em oito pregões e analistas do BTG foram ver quem lidera o rali. Das 67 ações do índice, apenas 13 têm queda em 2019

14 de janeiro de 2019
12:49 - atualizado às 13:55
Placa indica alta no Ibovespa
Placa indica alta no Ibovespa - Imagem: Shutterstock

O início do governo Jair Bolsonaro está sendo acompanhado de um forte movimento de alta do Ibovespa, principal índice de ações da B3. Em oito pregões desde a virada do ano, o índice acumula alta de 6,6% ou 5.814 pontos. Nesta segunda-feira, o índice testou os 94 mil pontos.

Os analistas do BTG Pactual fizeram uma breve avaliação de quem está liderando esse movimento. Das 67 ações que compõem o índice apenas 13 apresentam variação negativa.

As ações do Itaú são destaque respondendo por 610 pontos, seguidas por Petrobras PN, com 604, Bradesco (563), Petrobras ON (515) e Ambev (510). Na ponta oposta, mas nada muito relevantes, Lojas Renner tira 31 pontos, seguida de CVC, com 20 pontos.

Mesmo com esse rali, o BTG nota que bolsa segue negociada abaixo de médias históricas de Preço/Lucro. “Acreditamos que o Ibovespa pode negociar, tranquilamente, a um desvio padrão acima de sua média histórica com o novo governo realizando as reformas”, diz o relatório. Isso colocaria o Ibovespa ao redor dos 111 mil pontos.

Os analistas também fizeram uma avaliação do movimento da bolsa entre 7 de outubro e o fim de 2018, pegando o mês eleitoral e o desfecho das urnas. Nesse período, o Ibovespa subiu 6,8% ou 5.036 pontos. Nesse período, três grandes bancos – Itaú, Bradesco e Banco do Brasil – foram responsáveis por 3.916 pontos de alta. Outros ativos com relevante participação foram Ultrapar, com 436 pontos, Itausa (389 pontos) e Lojas Renner (353 pontos). Na ponta oposta, as ações ordinárias da Vale tiveram contribuição negativa de 1.441 pontos.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Governo eleito

Alckmin avisa que anúncio de novo ministro da Fazenda está próximo

26 de novembro de 2022 - 16:11

Em evento com empresários, vice-presidente eleito prometeu ajuste fiscal permanente e conjunto de reformas

Troca ou devolução

Comprou na Black Friday e se arrependeu? Veja quais são seus direitos

26 de novembro de 2022 - 11:59

O excesso de compras para aproveitar as oportunidades da Black Friday podem se transformar numa ‘ressaca’ no cartão de crédito

Recomendação de compra

Cielo (CIEL3) já dobrou de preço, mas ainda pode subir mais de 50% na bolsa, diz Santander. Confira detalhes

26 de novembro de 2022 - 9:48

Analistas do banco veem a Cielo (CIEL3) com vantagem competitiva em relação a adquirentes como Stone e PagSeguro

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: PIB do 3º trimestre no Brasil e payroll nos EUA são destaques de semana cheia

26 de novembro de 2022 - 8:11

A agenda econômica estará carregada nesta semana, com dados importantes de atividade e inflação a serem divulgados no mundo

Aperte o play!

Só acaba quando termina: Lula talvez não consiga gastar tanto assim; como isso mexe com seus investimentos?

26 de novembro de 2022 - 8:00

No podcast Touros e Ursos desta semana, PEC da Transição, Haddad na Fazenda, Petrobras e, é claro, futebol

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies