Menu
Imposto de Renda 2019
2019-07-08T10:26:48-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
de olho na grana

Receita abre hoje consulta ao 2º lote de restituição do Imposto de Renda 2019

Cerca de 3,07 milhões de contribuintes que declararam Imposto de Renda este ano vão receber dinheiro do Fisco

7 de julho de 2019
16:58 - atualizado às 10:26
Filhotes de leão
Imagem: Theodore Mattas/Shutterstock

Receita Federal libera nesta segunda-feira, 8, a partir das 9h, a consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2019. O lote contempla ainda restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018.

Além de pode ser feita pelo site da Receita, a consulta pode ser realizada pelo número 146. Há também um aplicativo em que é possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do Imposto de Renda e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

O crédito bancário será feito em 15 de julho. As restituições terão correção de 2,01%, para o lote de 2019, a 110,29% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a data de entrega da declaração até este mês. O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração.

A Receita lembra que a restituição do Imposto de Renda ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor do Imposto de Renda não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento.

O número da central é 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) - para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Se você foi um dos primeiros a entregar a declaração e não se enquadra no grupo das prioridades (pessoas idosas ou com doenças graves), é bem possível que seu nome esteja neste lote. Acesse este link para consultar

Se você ficar de fora dessa segunda turma e também não estava na primeira, vale a pena conferir o calendário das próximas restituições.

R$ 5 bi

Cerca de 3,07 milhões de contribuintes que declararam Imposto de Renda este ano vão receber dinheiro do Fisco. Ao todo, serão desembolsados R$ 4,72 bilhões do lote deste ano.

A Receita também pagará R$ 280,6 milhões a 90.449 contribuintes que fizeram a declaração entre 2008 e 2018, mas estavam na malha fina.

Considerando os lotes residuais e o pagamento de 2019, o total gasto com as restituições chegará a R$ 5 bilhões para 3.164.229 contribuintes.

* Com Agência Brasil

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

HOMEM NEGRO ESPANCADO

Carrefour reitera que está tomando medidas após morte de João Alberto de Freitas

Empresa divulga comunicado um dia após perder quase R$ 2 bilhões em valor de mercado por conta do episódio

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

abertura dos negócios

Ibovespa sobe 1% com bancos e Petrobras e busca 109 mil; dólar tem queda firme

Investidores reagem com busca por ativos da renda variável em meio a uma menor percepção de risco político nos Estados Unidos e ao otimismo com vacina

no topo do ranking

Elon Musk ultrapassa Gates e se torna o segundo homem mais rico do mundo

Essa é apenas a segunda vez em oito anos que Gates perde posições no ranking

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

9 notícias para começar o dia bem informado

A discussão de que a bolsa americana está cara rola desde o ano passado, muito antes de alguém sonhar que o mundo viveria uma pandemia. Mesmo com o coronavírus e seu impacto na receita de várias empresas, o S&P 500, índice que reúne as 500 principais companhias listadas nas bolsas dos EUA, continuou a testar […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies