Como ter a chance de ficar milionário, começando em 2023; veja vídeo aqui

Cotações por TradingView
2019-03-08T18:22:34-03:00
Estadão Conteúdo
Montadoras com ICMS mais barato

Incentivo do governo de SP ajuda em busca por competitividade do setor, diz GM

Declaração da empresa veio em resposta ao programa Incentivauto, que dará descontos no ICMS para montadoras que investirem no Estado

8 de março de 2019
18:22
Fábrica da GM em São Caetano do Sul, no ABC Paulista
Fábrica da GM em São Caetano do Sul, no ABC Paulista - Imagem: Divulgação

A General Motors (GM) afirmou em nota que o incentivo fiscal anunciado nesta sexta-feira, 8, pelo governo do Estado de São Paulo vai contribuir na busca da indústria de veículos por competitividade. "A GM entende como positiva a ação do governo do Estado de São Paulo no sentido de fomentar novos investimentos", disse também a empresa.

O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta sexta-feira o programa Incentivauto, que dará descontos de até 25% no ICMS para montadoras que apresentarem planos de investir pelo menos R$ 1 bilhão e gerassem no mínimo 400 postos de trabalho no Estado. O desconto só valerá para novos investimentos e será aplicado em vendas de novos produtos lançados pelas marcas.

Para chegar ao desconto de 25%, a empresa terá de apresentar um investimento de pelo menos R$ 10 bilhões.

Os demais detalhes do programa serão divulgados no sábado, 9, em decreto que será publicado pelo governo. No anúncio de hoje, não foi divulgada nenhuma estimativa de impacto fiscal, nem de renúncia nem de arrecadação. O secretário da Fazenda, Henrique Meirelles, ressaltou que o impacto vai depender dos investimentos feitos.

O anúncio desta sexta foi feito um mês e meio após a GM, que tem duas fábricas no Estado e outra no Rio Grande do Sul, sinalizar a funcionários, em um comunicado, que poderia ficar inviável manter a operação brasileira se a empresa tivesse mais um ano de prejuízo em 2019, depois de três anos seguidos no vermelho, apesar de liderar a venda de carros no Brasil.

Após o comunicado, a GM passou a atuar em várias frentes para tentar reduzir custos, em negociações com os governos dos Estados e dos municípios onde está instalada, sindicatos, concessionários e fornecedores. Para convencê-los a ceder, a montadora tem prometido um programa de investimentos no valor de R$ 10 bilhões, para renovar a linha de produtos.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

LOTERIAS

Quina acumula, mas Lotofácil tem 2 acertadores; veja de onde eles são

7 de fevereiro de 2023 - 5:58

E enquanto a Lotofácil segue fazendo a festa dos apostadores, a Mega-Sena está acumulada desde o sorteio da virada

DIA 37

Da defesa ao ataque: Lula fala — de novo — da inflação, do BC e, agora, do BNDES

6 de fevereiro de 2023 - 20:32

Presidente solta o verbo mais uma vez e questiona o nível elevado da taxa de juros, ironiza os efeitos negativos de suas críticas à política monetária e ainda destaca o papel do BNDES para impedir que o Brasil “afundasse”

TENSÃO NO AR

Balão da discórdia: o recado que a China mandou para os EUA após nova crise de espionagem

6 de fevereiro de 2023 - 19:55

Embora tenha colocado panos quentes sobre o que chamou de incidente, Pequim também subiu o tom contra Washington

Montanha de endividamento

O novo calvário da Oi (OIBR3; OIBR4): empresa declara dívidas de quase R$ 30 bilhões à Justiça do Rio; Itaú BBA puxa a fila entre os bancos nacionais

6 de fevereiro de 2023 - 19:44

A Oi (OIBR3;OIBR4) diz ter dívidas de mais de R$ 9 bilhões só com o BNY Mellon; o Itaú BBA, com R$ 2 bilhões, é o principal credor nacional

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Tremores de terra em Brasília e na Turquia, o futuro das criptomoedas e mais destaques do dia

6 de fevereiro de 2023 - 19:34

Muitos desastres ambientais, como furacões e tormentas, são facilmente monitorados e previsíveis, mas abalos sísmicos e os seus inevitáveis tremores de terra são quase sempre uma surpresa indesejável.  Mas ao contrário do que dita a natureza, Brasília consegue sentir a aproximação de um terremoto que pode rachar as estruturas do Banco Central brasileiro e a […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies